11.004 – Neil deGrasse Tyson, o Apresentador do Remake da Série Cosmos


Série Cosmos Remake
Série Cosmos Remake

Nascido a 5 de outubro de 1958,é um divulgador científico e astrofísico dos Estados Unidos. É atualmente o Diretor Frederick P. Rose do Planetário Hayden no Centro Rose para a Terra e o Espaço e investigador associado do departamento de astrofísica no Museu Americano de História Natural. De 2006 a 2011 foi apresentador do programa de televisão de educação científica NOVA scienceNOW, no canal de televisão PBS, e tem sido um convidado frequente dos programas The Daily Show, The Colbert Report, Real Time with Bill Maher e Jeopardy!
Neil deGrasse Tyson criticou James Cameron por este ter colocado o céu noturno errado numa das cenas finais do filme Titanic, exibido em 1997. Tyson enviou um e-mail a Cameron “um tanto quanto sarcástico dizendo que, em 1912, naquela época do ano, naquela posição no Atlântico, quando Rose (Kate Winslet) olhava as estrelas, aquele não é o céu estrelado que ela teria visto.” James Cameron acabou por corrigir o erro na reedição 3D do Titanic em 2012. Esta foi uma das poucas alterações que o realizador teria feito.

10.904 – Mega Retrospectiva 2014


Mortes de Famosos
O ator mexicano Roberto Gomez Bolaños, criador do personagem Chaves, e protagonista de série homônima, morreu aos 85 anos, em novembro.

O empresário Samuel Klein, que morreu aos 91 anos, foi o fundador da Casas Bahia, uma das maiores varejistas do país, posa para retrato em uma de suas lojas.

O estilista Oscar de La Renta, que morreu aos 82 anos, durante evento em Nova York. Estilista tornou-se famoso por assinar figurinos de Hillary Clinton.

O Pré-candidato à Presidência da República Eduardo Campos em evento com empresários. Ele morreu em trágico acidente envolvendo avião de pequeno porte, aos 49 anos.

Robim Williams
Robim Williams

O ator Robin Williams, vencedor do Oscar por “Gênio Indomável” e ator de filmes como “Patch Adams” e “Sociedade dos Poetas Mortos”, foi encontrado morto em sua casa em agosto de 2014 vítima de enforcamento, aos 63 anos.

antonio erminio livro

O empresário Antônio Ermírio de Moraes em seu escritório. Empresário foi o fundador do grupo Votarantim e morreu em consequência de problemas cardíacos, aos 86 anos.

O escritor Ariano Suassuna, autor de obras com “Auto da Compadecida” e “O Romance d’A Pedra do Reino e o Príncipe do Sangue do Vai-e-Volta”, foi membro da Academia Brasileira de Letras e morreu em julho, aos 87 anos.

O cantor Jair Rodrigues morreu 8 de maio de 2014, aos 75 anos, na sauna de sua casa, em Cotia, na Grande São Paulo em decorrência de um infarto agudo do miocárdio.

A vidente Mãe Dinah, durante festa de lançamento da nova MTV, na Casa Petra, em São Paulo (SP). A vidente morreu no dia 2 de maio de 2014, aos 83 anos, vítima de falência múltipla de órgãos.

Retrato de José Wilker, que morreu aos 69 anos, durante a Flip 2013, em Paraty. Atuou em filmes como “Xica da Silva” (1976) e “Dona Flor e Seus Dois Maridos” (1976) Além da carreira como ator, foi diretor-presidente da Riofilme.

O apresentador Luciano do Valle foi um locutor esportivo, apresentador de televisão e empresário brasileiro. Narrou várias Copas do Mundo e trabalhou em emissoras como a Rede Globo, a Rede Record e a Rede Bandeirantes. Morreu em Uberlândia, no dia 19 de abril de 2014, aos 66 anos.

Ministro no Nosso Lar
Ministro no Nosso Lar

O ator brasileiro Paulo Goulart, que teve atuações televisão e no cinema, ganhando o prêmio APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte). Morreu aos 81 anos e foi homenageado na 26º edição do Prêmio Shell de Teatro de São Paulo.

A atriz Shirley Temple, morreu em 11 de Fevereiro de 2014, com 85 anos, na Califórnia (EUA), de acordo com a imprensa local.

9991 – Mega Memória – A Década de 1980


Março de 1988 – Início do ☻ Mega Arquivo

De um trabalho rudimentar feito em cadernos, surgiu o ☻Mega Arquivo
De um trabalho rudimentar feito em cadernos, surgiu o ☻Mega Arquivo

Conhecida ainda como anos 80, foi o período de tempo entre 1 de janeiro de 1980 e 31 de dezembro de 1989. Foi um período bastante marcante para a história do século XX segundo o ponto de vista dos acontecimentos políticos e sociais: é eventualmente considerada como o fim da idade industrial e início da idade da informação, sendo chamada por muitos como a década perdida para a América Latina.
Nas guerras mais notáveis da época incluem-se:

A Guerra Fria (1945–1991)
Invasão soviética do Afeganistão (1979–1989) – uma guerra travada ente a União Soviética e a Resistência Islamista Mujahideen do Afeganistão. Os mujahideen tiveram o apoio de várias fontes que incluem Estados Unidos,Arábia Saudita, Paquistão e outras nações muçulmanas, em contexto com a Guerra Fria e o conflito regional Índia-Paquistão.
Invasão de Granada (1983) – a invasão de Granada em 1983 comandada pelos Estados Unidos, desencadeada por um golpe de estado militar que depôs um breve governo revolucionários. A invasão bem sucedida levou a uma mudança de governo, mas foi controversa devido a acusações de imperialismo americano, a política de Guerra Fria, o envolvimento de Cuba, o estado instável do governo de Granada e ao status de Granada como reino da Commonwealth.
Conflito Israelo-Árabe (Princípios do século XX – presente)
Guerra do Líbano de 1982 – O Governo de Israel ordenou uma invasão como resposta à tentativa de assassinato contra o embaixador israelita no Reino Unido, Shlomo Argov, pela organização e, devido aos ataques terroristas constantes, no norte de Israel, por parte de organizações sediadas no Líbano. Depois do ataque ao OLP, assim como a forças sírias, de esquerda e muçulmanas libanesas, Israel ocupou o sul do Líbano e mais tarde cercou o OLP em Beirute ocidental, submetendo-os a um bombardeamento pesado.
A Guerra Irão-Iraque decorreu entre 1980 e 1988. O Iraque era acusado de usar armas químicas ilegais contra forças iranianas e os seus próprios dissidentes curdos. Ambos os lados sofreram inúmeras baixas, mas o pobremente equipado exército do Irão sofreu mais por isso, sendo obrigado a usar jovens de 15 anos como soldados em ataques. O Irão finalmente concordou com o armistício em 1988.
A Argentina invadiu as Ilhas Falkland (ou Ilhas Malvinas, como são conhecidas nos países de língua castelhana), desencadeando a Guerra das Malvinas. Decorreu de 2 de Abril de 1982 a 14 de Julho de 1982, entre a Argentina e o Reino Unido, sendo que as forças britânicas lutaram de modo a recuperar a possessão das ilhas. O Reino Unido saiu vitorioso desta guerra e a sua posição na cena internacional e longa e decadente reputação de potência colonial recebeu um impulso inesperado. Por outro lado, a junta militar da Argentina foi humilhada pela derrota. E o seu líder, Leopoldo Galtieri, foi deposto três dias depois do fim do conflito. Uma investigação militar conhecida como relatório Rattenbach informou, mais, recomendou, que este deveria ser executado.
Os Estados Unidos lançaram um bombardeamento aéreo sobre a Líbia em 1986, em retaliação ao apoio da líbia a ataques terroristas a pessoal dos EUA na Alemanha e na Turquia.
A Guerra de fronteira sul-africana entre a África do Sul e a aliança entre Angola, Namíbia e Zâmbia terminou em 1989, pondo um termo a trinta anos de conflito.
Os EUA estiveram comprometidos com vários conflitos, directa ou indirectamente, durante a década de 80, fosse através de alianças com vários grupos num vasto número de países da América Central e do Sul, sob o pretexto de se opor à disseminação do comunismo e de por fim ao tráfico de drogas. O governo americano auxiliou as tentativas do governo colombiano de destruir a vasta rede de tráfico ilegal de cocaína do país e apoiou o governo militar de direita na guerra civil de El Salvador, que mais tarde gerou controvérsia, depois do massacre de El Mozote a 11 de Dezembro 1981, em que paramilitares salvadorenhos, treinados pelos Estados Unidos, mataram 1000 civis. Os EUA, juntamente com membros da Organização dos Estados das Caraíbas Orientais, invadiram Granada em 1983. Em 1986 irrompeu o caso Irão-Contras, no qual figuras chave da CIA facilitaram o tráfico de armas para o Irão, que estava sujeito a um embargo internacional de armamento, para assegurar a libertação de reféns e para financiar os Contras nicaraguenses. Em Dezembro de 1989 começou uma acção militar dos EUA para derrubar o seu presidente do Panamá, Manuel Noriega.
A Batalha de Cuito Cuanavale foi parte da Guerra Civil de Angola e da Guerra de fronteira sul-africana, e deu-se de 1987 a 1988. A batalha envolveu a maior luta em África desde a Segunda Guerra Mundial, entre forças militares de Angola, Cuba (forças expedicionárias) e Namíbia, contra forças militares da África do Sul e dos dissidentes angolanos da UNITA.
A Guerra de Nagorno-Karabakh entre o Azerbaijão e a Arménia começou em 1988 e durou 6 anos.

Os conflitos internos mais notáveis nesta década foram:

O Protesto na Praça da Tiananmen em 1989, na República Popular da China, em que manifestantes pró-democracia exigiam reformas políticas. Os manifestantes foram esmagados pelo Exército de Libertação Popular.
A Primeira Intifada na Faixa de Gaza e na Cisjordânia começou em 1987 quando Palestinianos montaram um protesto em larga escala contra a presença militar israelita nos dois territórios, que os palestinianos reclamam como seus. A Intifada depressa se tornou violenta quando o exército de Israel e os militantes Palestinianos lutaram pelo controle dos territórios em disputa. A Primeira Intifada continuaria até terem início as negociações de paz entre a Organização pela Libertação da Palestina (OLP) e o estado de Israel, em 1993.
Guerra Civil Libanesa (1975–1990) – Ao longo da década, o Líbano esteve debaixo de uma guerra civil entre a fação cristã e a muçulmana.
A Frente de Libertação Nacional Socialista Kanak deu início a uma campanha violenta pela independência da Nova Caledónia.
As tentativas da Greenpeace de monitorizar testes nucleares franceses em Moruroa foram interrompidas pelo afundamento do Rainbow Warrior.
A Segunda Guerra Civil Sudanesa irrompe em 1983, entre o governo muçulmano do Sudão, a norte, e os rebeldes seccionistas não-muçulmanos, no Sudão do Sul. O conflito continua até aos nossos dias através do genocídio do Darfur.
Peru enfrentou o início de um conflito interno pelo Movimento Revolucionário Túpac Amaru, de índole comunista, em 1980, que continuaria até aos finais da década de 90.
O ditador haitiano Jean-Claude Duvalier foi derrubado por uma revolta popular a 6 de fevereiro de 1986.

Os golpes de estado mais proeminentes da década incluem:

A Nigéria sofreu múltiplos golpes militares em 1983 e em 1985.
Sitiveni Rabuka encenou dois golpes militares nas Fiji em 1987 e declarou o país uma república no mesmo ano.
Operação Ópera – em 1981 um ataque aéreo israelita surpresa destruiu um reactor nuclear iraquiano em construção, em Osirak. A inteligência militar de Israel assumiu que este teria o propósito de produzir plutónio no programa de armas nucleares do Iraque. Os serviços secretos de Israel também acreditavam que o verão de 1981 seria a sua última hipótese de destruir o reactor antes de ele ser carregado com combustível nuclear.
A decisão do Presidente Reagan de estacionar misseis nucleares de médio alcance na Europa Ocidental provocou uma vaga de protestos que envolveram mais de um milhão de pessoas.

O Zimbábue torna-se independente e deixa de ser colónia do Reino Unido em 1980.
Acontece a Segunda guerra civil sudanesa.
Os Estados Unidos bombardeia a Líbia em 1986 por acusar o país de apoiar grupos terroristas.
O Presidente egípcio Anwar Sadat é assassinado em um desfile militar no Cairo, em 6 de outubro de 1981.
A Nigéria sofre vários golpes militares entre 1983 e 1985.
A Fome de 1984-1985 na Etiópia ocorre, resultando em esforços internacionais para ajudar o povo etíope, incluindo o famoso concerto Live Aid, em Julho de 1985.
A batalha de Cuito Cuanavale acontece durante a Guerra Civil Angolana e a Guerra da Fronteira Sul-africana.
A Guerra da Fronteira Sul-africana termina em 1989.

Dez mil cubanos procuram asilo político na embaixada peruana em Havana em 1980.
Inicia-se um conflito interno no Peru pelo movimento comunista Revolucionário Túpac Amaru em 1980 e continua até 1990
O famoso músico John Lennon é assassinado em 1980 nos Estados Unidos
É realizado um referendo no Canadá pela separação parcial ou não da província de Quebec do resto do país, em que acaba sendo decido por 59,56% pela não separação.
Acontece a Guerra das Malvinas.

Porta-Aviões usado na Guerra das Malvinas
Porta-Aviões usado na Guerra das Malvinas

Ciência e Tecnologia
Desenvolvido o [IBM PC] e o [Apple Macintosh] e as primeiras interfaces gráficas: o XFree86, [Windows] e o [MacOS];
Desenvolvimento do CD;
Lançamento da estação espacial MIR, da [União Soviética];
Popularização dos [BBS]s;
Início da fabricação dos [computadores pessoais], ou [Computador pessoal|PCs] (estes ainda muito primitivos), [walkman]s e [videocassete]s;
Início do Software Livre ([Projeto GNU], [Free Software Foundation]).
Descoberta da [AIDS]

Fundação do Partido dos Trabalhadores (1980).
Atentado do Riocentro (1981).
Rondônia, em 1981, Amapá e Roraima (em 1988) deixam de ser territórios e passam a ser estados da federação brasileira.
Movimento Diretas Já, que reivindicava a volta das eleições diretas para presidente do Brasil (1984).
Tancredo Neves é eleito, de forma indireta, presidente do Brasil. Porém, morre antes de assumir o cargo. Assume o vice-presidente José Sarney (1985).
Fim da ditadura militar no Brasil (1985).
Promulgação da Constituição brasileira de 1988, em vigor até os dias atuais.
Criação do estado de Tocantins (1988)
Revolução Educacional Brasileira.

John Lenon
A década de 80 inicia com a volta de John Lennon aos estúdios de gravação. O álbum Double Fantasy é considerado um dos melhores de sua carreira. Canções de sucesso como Woman e (Just Like)Starting Over devolvem o líder e fundador dos Beatles às paradas de sucesso após 5 anos sem lançar discos. Mas na noite de 8 de Dezembro ao voltar das sessões de gravação do seu próximo álbum, Lennon era esperado à entrada de sua residência no Edifício Dakota em Nova York por Mark David Chapman, um dos incontáveis fãs que sempre estavam de prontidão esperando por ele. Apenas algumas horas antes, Lennon havia autografado a capa do LP Double Fantasy para Chapman. Ao chegar a entrada do prédio, Lennon foi alvejado com cinco tiros dados pelas costas por Chapman, que dizia querer roubar a fama do ídolo. John Lennon morreu na traseira de um carro de polícia alguns minutos depois, aos 40 anos de idade, deixando dois filhos e milhões de fãs pelo mundo órfãos de seu talento musical e de seu legado pela paz.

michael jackson

mj

Os anos 80 são conhecidos também como a década da música eletrônica. Nesta época, o New Wave e o Synthpop se tornam os gêneros musicais mais vendáveis e populares, assim como toda a estrutura da Dance Music. Surge a MTV e o hip hop; advento da música eletrônica nas pistas de dança e as primeiras raves. No underground é criado o rótulo “música industrial” para bandas eletrônicas mais experimentais e obscuras, além de diversas bandas de rock de garagem que dariam origem ao grunge na década de 1990. Foi nos anos 80 que surgiu a vertente da música que mais originou variantes, a House music. Inspirada em experimentações sobre batidos dos anos 70, principalmente a disco music, teve como principais representante: Bomb the Bass, S’express, gino latino, Coldcut, entre outros. Logo no início dos anos 80 surgiu no underground a sub-cultura gótica.
Dentre os artistas internacionais mais carismáticos, destacam-se Michael Jackson, com o álbum Thriller, o mais vendido da história, que também inventou o videoclipe moderno, se tornando o maior artista da década, e arrastando prêmios por cima de prêmios, elevando a cultura pop toda a um patamar jamais visto; Madonna que mudou o cenário pop com seus álbuns like a virgin, true blue e like a prayer que tocaram em pontos pouco debatidos na época como aborto, feminismo e religião; dentre outras cantoras importantes da década estão Cher, Debbie Gibson e Cyndi Lauper, um dos principais ícones fashion de todos os tempos; Tina Turner voltou ao mundo da música lançando um novo álbum, Private Dancer, mega sucesso, além de apresentações eletrizantes ao redor do mundo. Outros cantores que se destacam nessa década são Kylie Minogue, Janet Jackson, George Michael, Boy George, Lionel Richie, David Bowie, Whitney Houston, Paula Abdul, Prince, Billy Idol, Bruce Springsteen, Laura Branigan, Roxette entre outros.

Nos Anos 80 era tempos de se jogar e usar o que desse vontade, roupas exageradas, as blusas se alargaram, os cabelos super volumosos.
No publico feminino a moda era usar e abusar das ombreiras dos babados e acessórios como Brincos e pulseiras. A Maquiagem era fundamental para dar um tom básico.
Já nos homens era lei as enormes jaquetas, os famosos shortinhos curtos que as meninas adoravam. Sem falar que o jeans de cintura alta era obrigação. Também entrou na moda os Blazer de ombreiras e os topetes com permanente.

Esporte
Olimpíadas de Moscou em 1980
Olimpíadas de Los Angeles em 1984
Olimpíadas de Seul em 1988

Copa do Mundo do México de 1986 – campeã: Argentina
Copa do Mundo da Espanha de 1982 – campeã: Itália
Los Angeles Lakers/Boston Celtics/Washington Bullets revelam para mundo talentos como Kareem Abdul-Jabbar, Magic Johnson, Michael Jordan, Larry Bird.
Na Fórmula 1 o Brasil vence quatro vezes o mundial, três com Nelson Piquet em 1981, 1983 e 1987 e uma com Ayrton Senna em 1988.
Hortência Marcari é eleita pela imprensa americana a “Rainha do Basquete”.
Brasil derrota URSS em partida histórica de voleibol no Maracanã em 1983.
Emerson Fittipaldi vence as 500 milhas de Indianápolis em 1989. Neste mesmo ano é campeão da CART.
Olimpíadas de Moscou, 1980, o ursinho Misha.

atari-300x178

Jogos Eletrônicos
Na década de 1980 a Sega e a Nintendo gradualmente substituíram o Atari, que monopolizava a indústria dos consoles e videogames no início da década, mas na metade desta começou a ser superado pelas duas empresas japonesas, finalizando a década com a Sega e Nintendo monopolizando o mercado de diversão eletrônica e iniciando uma espécie de corrida “armamentista” que marcaria a década seguinte. Nessa década jogos como Pac-Man, Super Mario Bros., The Legend of Zelda, Donkey Kong, Frogger, Digger, Tetris, Golden Axe e Sega Moonwalker tornaram-se populares e fazem sucesso até hoje. Foi também nessa década que ocorreu o crash dos videogames de 1983.

console-video-game-odyssey-philips-origina

9653 – Mega Documentário – A Enseada


Um documentário que faturou um Oscar e gerou polêmica no Japão

a enseada cartaz

Enredo:
Um grupo de ativistas enfrenta perigos como a máfia japonesa, policiais e pescadores para chegar a uma pequena baía em Taiji, no sul do Japão, e assim conseguir registrar o extermínio sangrento de golfinhos, usados para vários fins, entre eles comida para as crianças nas escolas, sem que observem o nível de toxinas presentes nas carnes. As cenas são reais e chocantes.

Os japoneses não gostaram nem um pouco do Oscar concedido ao documentário “A enseada”, que mostra a matança de golfinhos no sul do Japão. Para as autoridades locais, a caça faz parte de uma longa tradição cultural.
Para os ecologistas, o Oscar de melhor documentário foi uma vitória. Para muitos japoneses, mais uma derrota de suas tradições e hábitos culinários.
O prêmio foi para o filme “A enseada” que mostra a caça anual de golfinhos na cidade de Taiji, no sudeste do Japão. As fêmeas jovens eram capturadas e levadas para parques aquáticos de todo o mundo. Os que sobraram foram mortos, e a carne vendida em mercados da região. Depois do filme, passaram a ser soltos.
Processo contra produtores
Os moradores ficaram revoltados com o documentário e ainda mais, agora, com o Oscar. Eles ameaçam processar os produtores. Reclamam que não deram autorização para aparecer no filme, que acusam de ser parcial. Usar golfinho na alimentação está em decadência no Japão, poucas pessoas comem.
Mas no momento em que os japoneses enfrentam criticas por causa da caça de baleias e da pesca de atum, que ameaçam algumas espécies de extinção, os moradores de Taiji receberam apoio.

a enseada

9611 – Emissora britânica transmite programa ao vivo do espaço


estacao-espacial-internacional-

O Canal 4 britânico vai transmitir em março um programa ao vivo da Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês). O episódio de duas horas será um dos três da nova temporada da série Live from Space e será feito enquanto a estação dá uma volta de 90 minutos ao redor da Terra.
Trata-se do primeiro programa em tempo real a mostrar a rotina dos astronautas da ISS, que tem quinze anos e orbita a 385 quilômetros do nosso planeta – veiculações curtas na televisão, como a entrevista em 2006 do astronauta Marcos Pontes ao Jornal Nacional, são mais frequentes. Além das entrevistas com Rick Mastracchio e Koichi Wakata, que estão na estação, o episódio se conectará ao vivo com a missão de controle da Nasa em Houston, nos Estados Unidos, e terá a participação do físico inglês Stephen Hawking e do astronauta Tim Peake, que estará a bordo da estação em 2015. “É a primeira vez que a televisão britânica tem acesso à ISS concedido pela Nasa”.
Os produtores prometem imagens em alta definição da Terra e garantem que o programa dará uma visão realista da vida e dos problemas no espaço. “Vamos descobrir os espetaculares trabalhos feitos no espaço, um tema que para mim sempre foi fascinante”, disse o apresentador do episódio, Dermont O’Leary, conhecido por comandar desde 2007 o programa The X Factor.
Fora da Grã-Bretanha, o programa será transmitido em 170 países pelo canal National Geographic.

9361- Instituições Científicas – A National Geographic Society


national-geograhic
Criada em 1888 nos Estados Unidos por meio de uma ação conjunta entre 33 pessoas interessadas na organização de uma sociedade que difundiria o conhecimento geográfico, a National Geographic Society (Sociedade Geográfica Nacional) teve como primeiro presidente o filantropo e advogado Gardnier Greene Hubbard. Ele foi sucedido por Alexander Graham Bell, que fundou e inventou a companhia telefônica Bell. O objetivo inicial da organização era tornar mais acessível e ampliar o conhecimento de geografia no mundo, organizando expedições de exploração e iniciando a publicação da The National Geographic Magazine, uma das revistas mais importantes do segmento.
A publicação da National Geographic ocorreu após nove meses de funcionamento da sociedade. Notavelmente, a revista é conhecida no mundo todo por apresentar uma moldura na cor amarela enquadrando suas capas. Distribuída mensalmente, com a realização esporádica de edições específicas, a publicação contempla diversos temas como histórias sobre locais inóspitos da Terra e curiosidades sobre a geografia de cada região do globo, além das grandes reportagens realizadas pelos experientes e renomados profissionais e fotógrafos de seu corpo editorial. As fotografias, aliás, são um dos pontos altos do periódico, sendo que muitas se tornaram ícones das respectivas regiões que representam e da diversidade de etnias ao redor do mundo.
Essa característica da revista ganhou notoriedade na edição de 1984, quando foi publicada na capa a fotografia do rosto de uma jovem com olhos marcantes e bonitos, que era uma das refugiadas do Afeganistão. A imagem tornou-se tão famosa quanto a foto de Che Guevara (Guerrilheiro Heroico) e a de Marilyn Monroe com as saias levantadas pelo vento. Após a fama internacional, descobriu-se em 2002, após a invasão dos Estados Unidos ao Afeganistão, que a garota da foto chama-se Sharbat Gula. A história da vida da jovem foi apresentada em grande reportagem em uma edição de março de 2003 da National Geographic.
Entre outros elementos marcantes da National Geographic estão os minuciosos mapas publicados pelos exploradores de diversas regiões do planeta e a sua utilização pelo governo norte-americano, ajudando a ampliar os recursos de cartografia do país, que antes da revista apresentavam sérias limitações. Com milhares de assinantes e a tradição de ser uma publicação do final do século XIX, o periódico tornou-se um item de colecionador e suas edições mais antigas tem alto valor em sebos e lojas de antiguidades. Uma curiosidade é que, até 1960, as capas da revista apresentavam somente textos, sendo que as fotos começaram as ser estampadas na capa naquele mesmo ano.

8639 – Mega documentário- Stephen Hawking diz que médicos já cogitaram desligar seus aparelhos


Em novo documentário sobre a sua vida, com lançamento previsto para setembro deste ano, o cientista britânico Stephen Hawking diz já ter ficado tão doente que, em 1985, médicos sugeriram que os aparelhos que o mantinham vivo fossem desligados. Segundo reportagem publicada neste domingo no jornal The Sunday Times, nessa época o cientista estava escrevendo o best-seller Uma Breve História do Tempo, que já vendeu mais de 10 milhões de cópias em todo o mundo. No filme, Hawking revela que quase não conseguiu terminar a obra.
Stephen Hawking é considerado o cientista vivo mais famoso do mundo. Há cinco décadas, com 21 anos de idade, ele foi diagnosticado com esclerose lateral amiotrófica, uma doença degenerativa que paralisou todos os movimentos de seu corpo ao longo dos anos. Na ocasião, os médicos deram a Hawking somente dois anos de vida.
Em 1985, o cientista ainda vivia na Suíça quando contraiu uma forte pneumonia que o obrigou a passar semanas em uma UTI. A sugestão dos médicos sobre desligar os aparelhos foi feita à primeira esposa de Hawking, Jane, mas ela se negou e pediu que o físico fosse transferido para Cambridge, na Inglaterra. Hoje com 71 anos, Hawking considera que as semanas naquela UTI foram “os momentos mais obscuros” de sua vida.
Embora o cientista tenha melhorado e conseguido finalizar sua obra prima, a consequência do tratamento foi a perda da capacidade de falar. Desde então, ele se comunica através de um sofisticado aparelho sintetizador de sua voz.

Vida pessoal
No documentário, intitulado Hawking, o físico fala também de seus dois casamentos e dois divórcios. Hoje ele mantém uma boa relação com sua primeira mulher e mãe de seus três filhos, e dedica o filme a ela. Durante seu segundo casamento, com uma de suas enfermeiras, Elaine Mason, houve a suspeita de que o cientista teria sofrido violência doméstica por parte da esposa. Ele sempre negou e atribuiu as acusações a “invenções da imprensa”.
Hawking, durante o filme, diz não ter “nenhuma pressa” ou medo de morrer. Ele falou mais uma vez sobre um de seus sonhos: o de viajar para o espaço por meio de uma aeronave da Virgin Galactic, empresa de viagens interespaciais do milionário Richard Branson, que já convidou o físico para o voo inicial.

7082 – Mega Projeções – A Futurologia


É a ciência que estuda o futuro.
Apesar de uma elevada exatidão em pontos específicos, o trabalho de um futurólogo não é indicar o que vai acontecer, mas sim o que poderá acontecer. Em futurologia os cenários e eventos são, ou não, definidos como:
possíveis,
prováveis,
desejáveis.
A Futurologia demonstra-se assim como uma ajuda à tomada de decisões. Apresentando-nos com um conjunto de possibilidades e uma análise dos pontos determinantes (key points), ganhamos uma perspetiva claro de como construir o mundo que desejamos.
As áreas de aplicação da Futurologia situam-se sobretudo a nível político e de alta gestão, sendo que o objeto da Futurologia confunde-se por vezes com o de Estratégia. No limite as metodologias inovadoras da futurologia (planeamento de cenários/ scenario planing) vieram substituir os métodos clássicos de planeamento.
Apesar de a maioria das pessoas não estar familiarizado com o conceito de futurologia, em quase todas as áreas científicas existe alguma conhecimento da mesma.
Os sociólogos preveem como os povos irão reagir à globalização. Os gestores de marketing preveem as próximas necessidades do consumidor. Os historiadores encontram fatores e estruturas que tendem a ser semelhantes ao longo da história. Os demógrafos indicam-nos que o crescimento da população tende a estabilizar.
A construção de um bom trabalho de futurologia depende assim da transversalidade da sua pesquisa.
A previsão científica, que a futurologia propõem, se distingue das artes divinatórias pelo seu compromisso com a razão. Ela vai buscar as linhas do futuro não na leitura da palma da mão ou ao tarot, ou qualquer outra consulta aos oráculos, mas ali onde ele está sendo construído: no momento presente. Em lugar de profecias, a ciência trabalha com cenários – possibilidades reais, embora não garantidas por antecipação. Sua linguagem é direta, cristalina. Nada a ver com o palavrório enigmático de um Nostradamus, que deve a fama de adivinho a interpretações feitas depois de cumpridas as suas “profecias”.
Das diversas tentativas de fazer projeções racionais, a mais sistemática partiu do governo da Alemanha, com seu Projeto Delphi (de Delfos, cidade grega onde estava instalado o principal oráculo da Antiguidade). De tempos em tempos, são distribuídos questionários aos 900 mais importantes cientistas alemães. Cada um deles avalia as pesquisas em sua área do conhecimento e calcula quanto tempo se levará para alcançar determinada meta. Em que ano a terapia genética mostrará os primeiros resultados na cura do câncer? Em que ano a energia solar se tornará uma alternativa viável? E assim por diante. A agenda a seguir foi elaborada com base no Projeto Delphi em 1998, sem deixar de levar em conta os prognósticos de entidades e publicações de prestígio, como a Sociedade do Futuro Mundial e as revistas Science et Vie (francesa) e Wired (americana) e conceituados escritores de ficção científica.

Vejamos algumas previsões, que por enquanto são apenas ficção:

2012
Supercondutores permitem que a corrente elétrica seja transportada por longas distâncias sem perda de energia.
Os robôs já executam a maior parte dos trabalhos nos lares e nos hospitais.

2013
Miniaturização: transistores de tamanho atômico encontram uso generalizado.
Fotossíntese já pode ser feita artificialmente.

2014
É descoberta a vacina contra o câncer.
Os cientistas conseguem deter a expansão do buraco na camada de ozônio.
Trens impulsionados por oscilação magnética viajam a 1 000 quilômetros por hora.

2015
Pulmões e rins artificiais.
Anunciado o primeiro material supercondutor a temperatura ambiente. A novidade abre novas fronteiras para a produção de aparelhos elétricos cada vez menores e mais baratos.
A expectativa média da vida humana chega a 120 anos.
Decomposição e recomposição da estrutura molecular da água para produzir energia.

2016
A durabilidade dos bens de consumo já é cinco vezes maior do que era na virada do milênio.
Supercondutores fazem com que depósitos de energia armazenem grandes quantidades de energia elétrica
Chegam ao mercado os primeiros nanoprodutos viáveis comercialmente.
Um terço das 4 000 doenças de origem genética já está controlado, graças aos conhecimentos obtidos pelo Projeto Genoma e sua aplicação na Medicina.
O dióxido de carbono, causador do efeito-estufa, pode ser aspirado da atmosfera e armazenado em estado neutro.

2017
Microprocessadores usam células vivas.
Fabricado o primeiro computador quântico, capaz de armazenar no mesmo espaço as bases 0 e 1, o que multiplica a sua capacidade de cálculo.
Novas idéias já podem ser obtidas por meio de estimulantes químicos específicos para esse fim. Robôs já são capazes de consertar a si mesmos.
Início da utilização de cabos fabricados com novos materiais ultrafinos e extremamente resistentes por muitos quilômetros de extensão.

2018
O hidrogênio se torna um importante condutor de energia.
Chips implantados abaixo da pele permite a monitoração do organismo a partir de dispositivo portátil.
Naves espaciais voam com propulsão de reação magnética; planetas distantes ficam mais acessíveis.
A Estação Espacial Internacional deixa de funcionar, mas é logo substituída por uma outra.

2019
Gigantescas usinas solares nos desertos abastecem os países industrializados.
Proteínas e vitaminas são sintetizadas e produzidas em escala. Em breve não haverão mais criações de gado e peixes.
A genética traz do passado alguns vegetais extintos.
Os países democráticos já são a maioria no planeta.
2020
Usinas solares no espaço fornecem energia, que chega à Terra por meio de ondas eletromagnéticas.
Fígado artificial.
Televisão holográfica e videoconferências em três dimensões.
Animais domésticos dotados de cérebros artificiais.
Introduzida a memória molecular nos computadores, que adquirem uma capacidade de 1 terabit por centímetro quadrado, suficiente para prever o resultado de aleatoriedades de algumas dezenas de variáveis. As previsões do tempo e temperatura é para 10 dias com grande acerto.
Primeiras cidades subterrâneas.
Começa a instalação de colônias humanas permanentes na Lua.
Início do colapso do petróleo.
Dispositivo Tradutor universal é largamente usado.
Aprendizado através da indução de sonho é lançado.
Um furacão já pode ser neutralizado, desconstruindo-o com um efeito mecânico explosivo.

2030
O homem entra em simbiose com as máquinas.
Contato compreensível com os cetáceos é estabelecido.
A expectativa de vida atinge 140 anos em algumas sociedades. Fatores que contribuem para a ampliação da vida começam a atingir seus limites, como o saneamento básico e a alimentação funcional. Equipamentos e medicina continuam.
Viagem do homem à Marte com vários países participando.
Cura das doenças degenerativas e a medicina começa a deter o processo de envelhecimento.
Veículos elétricos são maioria nas ruas
Condomínios-Cidades chegam a abrigar 1 milhão de pessoas.
Extinção da maioria das doenças transmissíveis do século vinte é registrada.
Naves tripuladas decolam como avião e já podem contar com campos magnéticos.
Turismo espacial em larga escala é promovido por vários países.
Ciência traz de volta alguns animais extintos da fauna contemporânea.
Kit salva vidas ligado a um computador é implantado no ser humano.
A cultura da morte agora não é mais pelo enterro, mas pela preservação do corpo.
Algumas religiões entram em declínio permanente.
A reciclagem atinge 99% de todas as manufaturas e o consumo per capta dos recursos minerais extraídos do planeta já é menor do que no início do milênio.
Primeira obra considerada de “engenharia extrema” é concluída e logo se tornam corriqueiras.

2040
Veículos espaciais não tripulados atingem a velocidade da luz e uma primeira sonda tem como destino um alvo fora do sistema solar.
Primeiro objeto manufaturado fora da superfície terrestre contém componentes extraterrestres.
Medicina permite substituir ou reparar órgãos danificados ou destruídos. A retenção do processo de envelhecimento permite manter a adolescência até próximo dos 30 anos de idade.
Reversão de algumas causas mortis já é possível após 10 minutos.
Primeiros sinais eletromagnéticos de outras civilizações são detectados.
Computadores se tornam conscientes e atingem soluções para aleatoriedades com algumas centenas de variáveis. O tempo e a temperatura podem ser previstos por até um mês de antecedência.
Supermetais estáveis de número atômico acima de 118 da tabela periódica são confeccionados em grande escala.
População da Terra chega ao ápice.
Primeiras experiências de ligação do cérebro humano com memória computacional.
O homem domina e acondiciona a energia dos raios.
Manipulação genética permite que seres humanos possuam órgãos sensoriais além dos já conhecidos, como o de posicionamento global e o campo elétrico. A audição e a visão são ampliadas.
O homem chega a algumas luas de Júpiter e Saturno.
Repulsão e içamentos magnéticos de pequenos objetos são feitos largamente para uma órbita baixa da Terra.

2050
A ciência do momento zero do Big Bang é desvendada e a ciência atual não se adapta.
O dinheiro físico deixa de existir na maioria dos países.
A teoria do surgimento da vida é confirmada em laboratório.
A ciência permite prever terremotos e vulcanismos com precisão.
Colonização permanente de Marte.
Fusão nuclear predomina entre as matrizes energéticas.
Indústria de órgãos clonados é comum em alguns países.
A antimatéria é aprisionada.
Expectativa de vida chega a 160 anos para algumas sociedades e a colaboração mecânica para a ampliação da vida também começa a atingir seus limites. A medicina genética prossegue ampliando.
Últimos resquícios do petróleo são extraídos para a indústria química.
População da Terra começa a declinar.
O conhecimento já é transmitido em grandes quantidades a partir de dispositivos que interagem com o cérebro humano.

2060
A linguagem de alguns primatas já é compreensível para o ser humano.
Gravidade artificial é aperfeiçoada e o raio trator já é uma realidade em naves espaciais.
Prolongamento da vida é conseguida também por manipulação técnica.
Um moto perpétuo é alcançado num pequeno dispositivo em órbita.
Primeiros dispositivos com elementos totalmente transurânicos são confeccionados.
Elementos atômicos instáveis são mantidos íntegros indefinidamente.
Primeiros diálogos com alienígenas, através de meios eletromagnéticos.
Reversão de algumas causas mortis já é possível após 30 minutos.
Manipulação do tempo em laboratórios produz flutuações significativas no relógio.
Compreensão completa da estrutura dos átomos e das moléculas leva os cientistas a teorizarem sobre a fronteira final da ciência.
Primeiro autômato totalmente não metálico é produzido.
A computação permite prever aleatoriedades acima de mil variáveis e a previsão do tempo global é agora anual, com margem de acerto acima de 95%.

2070
Capacidade computacional permite montar o passado através da cadeia de eventos historiados e o Novo Testamento é o primeiro cenário desvendado.
O ser humano utiliza largamente a simbiose computacional com a sua mente.
Drogas permitem o ser humano e alguns animais aumentarem suas cognições geometricamente.
Expectativa de vida é de mais de 180 anos.
Manipulação das três dimensões é realizada em laboratórios.
Desvendada uma nova ciência que antecedeu ao Big Bang e as ciências do próprio evento e do pós evento não se adaptam.
Experiências com partículas superpesadas, que produzem micro buracos negros, é feita em laboratórios.
Veículo não tripulado que viajará pelo manto superior da Terra é construído e sua primeira viagem é pelo interior do Mauna Kea, no Havaí.
O ser humano passa a ter poderes elétricos orgânicos para sua defesa pessoal, graças a manipulação genética.
Primeira viagem humana para fora do sistema solar terá como destino o sistema triplo de Alfa Centauro.
O homem também compreende a linguagem simples do “sim” e do “não” de alguns vegetais mais complexos.
Robôs humanóides convivem corriqueiramente com os seres humanos.

2080
Capacidade de desviar ou torcer a luz é utilizada para a invisibilidade.
Teletransporte já é possível para objetos inanimados, pouco densos e a curtas distâncias.
Antimatéria é usada como propulsão espacial e geração de energia.
Informações em radiofrequência do passado são resgatadas por uma nave quando esta atinge 150 anos luz de distância. Vista telescópica da Terra nos anos de 1930.
Veículos sobre rodas começam a sumir das ruas dando lugar aos deslocamentos magnéticos, inclusive para a órbita da Terra em veículos particulares.
Manipulação industrial também de elementos primordiais, anteriores ao Big Bang, é experimentada.
Ser humano já utiliza quase 100% de energia renovável.
Nova geração de robô faz uso do trabalho de outros robôs para a sua comodidade e passa a ter os mesmos direitos constitucionais dos humanos.
Primatas adquirem consciência a partir do ensino por indução e passam a viver com o nível de inteligência dos homens do Paleolítico, manipulando largamente objetos no seu dia a dia.

2090
População da Terra volta a ter o mesmo número do século 20 e as doenças são coisas do passado.
Experiências com viagens no tempo dão início em laboratórios e o ser humano passa a ter contato com pessoas de outras épocas.
Primeira patente registrada por um ser não humano é efetuada.
Alguns répteis saurópodes do Cretáceo e do Jurássico voltam à natureza a partir da manipulação genética.
O ser humano consegue controlar o clima sob certas condições.
Não se cria nem se planta mais nada para a alimentação humana, tudo é sintetizado. Com isto, o ser humano, que foi primeiramente presa e depois predador, torna-se ator neutro na cadeia alimentar, assim como alguns predadores, graças à alimentação sintetizada. As florestas voltam ao seu tamanho original do século 19.
Expectativa de vida é superior a 200 anos, apesar de não existir ainda uma pessoa com mais de 170 anos. A medicina detém significativamente o processo de envelhecimento e os cabelos brancos, rugas e perda da elasticidade da pele só aparecerão após os 100 anos de idade.
O homem chega a velocidade de dobra espacial em veículos não tripulados e lança o primeiro objeto na direção da Grande Nuvem de Magalhães.

2100
Nasce o primeiro ser humano imortal. Este, algumas décadas mais tarde, se beneficiará de uma medicina que interromperá por completo o processo de envelhecimento e seus órgãos serão repostos pela engenharia genética indefinidamente.

6961 – Cinema Documentário – Savana Violenta


O terror da vida selvagem no cinema:
Dados: Ano: 1976 Gênero: drama de (cor)
Dirigido por: Mario Morra , Antonio Climati
Elenco: Atores não-profissionais

A voz de Giuseppe Rinaldi atua como um fio com imagens que contam um universo selvagem composta de canções de pinguins, um homem de Sri Lanka, que enterra a cabeça na areia como um avestruz, os atores pornográficos na luta contra a disfunção erétil, um xamã de 131 anos, faquires que cortaram suas línguas e os animais lutam com suas presas.

6940 – Mega Documentário – Veneno na sua mesa


Muita gente se depara com o dilema do preço. É fato que, na maior parte das cidades brasileiras, ainda é mais caro comer alimentos orgânicos. Este é, no entanto, o típico caso do barato que sai caro para o país. Nosso sistema agrícola dominante não leva em conta questões como:
1. O custo social representado pelo abandono do campo pelos pequenos produtores e inchaço das periferias urbanas;
2. O custo em saúde pública que tem origem no enorme número de pessoas intoxicadas pelos agrotóxicos, seja de forma aguda ou crônica (câncer, doenças neurológicas e endócrinas entre outras);
3. O custo ambiental devido à contaminação química do ar, da água e do solo, à perda da fertilidade do solo e da biodiversidade.

Nossas faculdades de agronomia formam cada vez mais profissionais que vão reproduzir essa forma de tratar a terra e a produção de alimentos. “Nas faculdades de agronomia predomina o ensino da agricultura baseada em insumos químicos, gerando carência de profissionais que sabem cultivar a terra sem apelar para eles. Para complicar de vez a situação, entidades como a FAPESP, o CNPQ e a CAPES não costumam liberar bolsas de estudos para quem se propõe a estudar agricultura orgânica e familiar.
O pesquisador Joel Cohen, chefe de Laboratório de Populações da Universidade Rockefeller, nos EUA, segue a mesma linha: “Em 2009-2010, o mundo cultivou 2,3 bilhões de toneladas de cereais. Do total, 46% foi para a boca de pessoas, 34% para animais e 18% para máquinas (biocombustível e plásticos). 90% da soja cultivada no mundo serve para alimentar animais. Nosso sistema econômico não precifica gente que passa fome. A fome é economicamente invisível. Com o que se planta agora, poderíamos alimentar de 9 bilhões a 11 bilhões, mas 1 bilhão passa fome”.
Ao entender que a qualidade do que vai diretamente para dentro do corpo de cada um de nós foi profundamente afetada por uma indústria que objetiva a produtividade acima da saúde da população, o primeiro passo foi dado. Os próximos abrem um caminho longo de busca por mais saúde no prato, no planeta e na sociedade, com espaço para tentativas e aprendizados.

Segundo a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), a lavagem dos alimentos apenas contribui para a que uma parte dos agrotóxicos seja retirada, mas não resolve o problema por completo.
A explicação está nos tipos de ação. Os chamados sistêmicos são absorvidos e circulam pelos tecidos vegetais – dessa forma, a distribuição é uniforme e o tempo de ação é maior. De acordo com a Empraba, a movimentação do produto dentro das plantas “permite agir em locais dificilmente alcançáveis pelos produtos de contato”. Este é o segundo tipo, quando o agrotóxico age externamente, por contato mesmo. Ainda assim, alguns podem entrar nos alimentos por meio de porosidades.
Uma boa lavagem remove parte dos resíduos que estão na superfície. Mas os que foram absorvidos continuam lá e são ingeridos junto com o morango, a maça, a cenoura, a beringela…
O que pode ser feito?
– Escolha alimentos certificados, cujos produtores se comprometam com boas práticas agrícolas;
– Procure saber a origem das verduras e frutas que você compra no supermercado;
– Quando possível, dê preferência às opções orgânicas, que não usam agrotóxicos, e escolha produtos “da época”, que não precisaram ser conservados por tanto tempo;
– Mesmo que o resultado não seja 100%, lave bem os alimentos. De acordo com a Anvisa, não é comprovado que o uso de água sanitária na lavagem remove resíduos de agrotóxicos. A finalidade é matar agentes microbiológicos que podem estar presentes no alimento (essa higienização deve ser na proporção de uma colher de sopa de água sanitária para um litro de água).

6906 – Mídia – O Mega Canal Discovery


É um conglomerado de empresas de mídia norte-americano. A empresa começou com apenas um canal em 1985, The Discovery Channel. Hoje, a DCI possui operações globais oferecendo 28 marcas de canais de enteterimento e operando mais de 100 canais em 180 países e em 39 línguas para uma população de quase 1.5 bilhão de pessoas em todo o mundo. Discovery Communications está localizada em is based in Silver Spring, Maryland. O slogan da empresa é: “The number-one nonfiction media company.”
DCI produz programação original e adquire conteudos de demais produtoras mundo afora. Essa sua programmação sem ser de ficção é ofercida em seus 28 canais, incluindo Discovery Channel, Military Channel, TLC, Animal Planet, Discovery Home & Health, Discovery Turbo, Discovery Kids e uma familia de canais digitais. A DCI também distribui a BBC America e a BBC World News as operadoras norte-americanas de cabo e de satélite.
Em 13 de Dezembro de 2007, a Discovery Holding Company anunciou um plano de restruturação. Com esse plano, Discovery Holding’s Ascent Media business seria desmembrada, e os demais proprietários, Discovery Communications, LLC and Advance/Newhouse Communications, seriam combinados para iniciar uma nova empresa. A reorganização foi completada em 17 de Setembro de 2008. A nova empresa Discovery Communications, Inc. é agora pública e possui negócios na bolsa de valores NASDAQ.

6892 – O Lobo Cinzento


No escuro, o lobo invade o território dos humanos e mata animais indefesos, como cordeiros e galinhas. Os uivos chorosos são o sinal de que o predador invisível está próximo. Quando o fazendeiro finalmente chega à cena do crime, só encontra penas e sangue. Esse comportamento de caça fez o estigma do lobo-cinzento, o maior e mais numeroso dos lobos: sorrateiro, desleal, quase sobrenatural na capacidade de matar e sumir. Deu origem a lendas de terror e detonou uma perseguição que quase acabou com a espécie.
O oportunismo não passa de uma estratégia de sobrevivência do lobo, animal que, se não tem o porte e a força de um leão, é inteligente o bastante para avaliar custos e benefícios nas caçadas. Mas só vai atrás de frangos quando a coisa realmente aperta – entre eles e um animal maior, como um alce, o lobo geralmente fica com o segundo. É mais vantajoso abater um jantar que dê para toda a família.
E a ajuda dos parentes – a alcatéia – é essencial no momento de encarar presas tamanho família. Um lobo-cinzento dificilmente atinge os 50 quilos – e sozinho nunca teria chances frente a um alce com dez vezes o seu peso e 2 metros de altura. “Na maioria das vezes, apenas um ou dois lobos realmente matam a presa, mas é correto dizer que todos os animais participam da caçada, porque todos ajudam a amedrontar e a cansar a vítima”, diz um biólogo da Universidade de Roma, Itália.
A caçada em grupo requer planejamento. Primeiro, a alcatéia localiza a presa e se aproxima silenciosamente. Então, quando todos já estão próximos o suficiente e a presa já percebeu o ataque iminente, começa uma frenética perseguição, em que os lobos podem correr a uma velocidade de até 56 km/h. Quando estão prontos para atacar, cravam seus longos e afiados caninos geralmente no traseiro, flanco, ombros, pescoço ou nariz da presa. Depois de abatê-la, é hora de encher o estômago. No lobo, esse órgão pode armazenar cerca de 10 quilos de alimento para ser digerido depois – uma vantagem considerável, já que em ambientes selvagens nunca se sabe quando virá a próxima refeição.
Lobos são animais territoriais e estabelecem suas fronteiras com marcas de urina e fezes. Geralmente, eles conhecem muito bem seu pedaço de terra, que pode variar de 40 quilômetros quadrados a mais de 1 000 quilômetros quadrados. De tempos em tempos, percorrem-no para monitorar a oferta de potenciais vítimas. Um animal pode rondar até 50 quilômetros em um único dia. Ele é equipado para viagens longas: tem pernas compridas e patas largas, que o ajudam a se locomover na neve, e coração e pulmão grandes.
Outros órgãos cruciais são o nariz e os olhos. O olfato de um lobo, cerca de 100 vezes mais apurado que o nosso, permite que o animal fareje presas a até 5 quilômetros de distância. Basta um ínfimo traço de odor no ar para que o lobo consiga identificar sua possível vítima e ainda ter noção das condições de saúde dela. Além disso, um lobo enxerga tão bem à noite quanto de dia. “Suas retinas têm uma quantidade maior de células adaptadas à visão noturna”, diz o biólogo Marco. Uma camada espelhada na retina reflete toda a luz disponível de volta para o olho. E sua visão periférica é sensível a movimentos repentinos.
Um incrível senso de oportunidade soma-se aos sentidos afiados do lobo. A caçada é facilitada pela escolha minuciosa da vítima, quase sempre vulnerável. A astúcia do lobo o leva aos doentes, aos feridos, aos velhos, aos filhotes. O que é bom até para as vítimas: ao matar os fracos, os lobos contribuem para uma população mais saudável de presas.
É no fim do inverno que os lobos têm mais facilidade para encontrar essas vítimas vulneráveis. A piora nas condições do tempo faz com que elas encontrem menos alimento e fiquem mais fracas – uma vantagem para o predador. A temporada de caça também é boa durante o verão, quando nascem os filhotes das presas preferidas dos lobos – que não são humanos.
Ataques de lobos a pessoas são acontecimentos muito raros – mas ocorrem. Entre abril de 1993 e abril de 1995, eles invadiram repetidamente 63 aldeias no estado de Bihar, na Índia, e arrastaram 80 pessoas da cama para a floresta. Apenas 20 foram resgatadas. Como fazem com outros animais, os lobos preferiram atacar filhotes: 90% das vítimas eram crianças.

Lobos não são exatamente grandes pescadores, mas seu oportunismo não tem limites. Em 2002, observaram-se lobos-cinzentos capturando salmões nas regiões costeiras da Colúmbia Britânica, no oeste do Canadá. O biólogo Chris Darimont, na época um estudante da Universidade de Victoria, passou meses no arquipélago de Bella Bella estudando esse comportamento inusitado. Ele observou como os lobos caçam salmões: posicionam-se à beira da correnteza e, de repente, com um só golpe, agarram o peixe com a boca. Em uma única noite, uma alcatéia capturou nada menos que 200 salmões. O biólogo também observou lobos se alimentando de mexilhões e mariscos.

Nome vulgar
Lobo-cinzento
Nome científico
Canis lupus
Dimensões
Até 2,1 metros de comprimento (do focinho à ponta da cauda) e 1 metro de altura
Peso
Até 50 quilos
Principais armas
Seus longos e afiados dentes caninos, além da caça em grupo
Comportamento social
O lobo costuma viver em grupos compostos geralmente por seis a oito indivíduos
Ataques a humanos
São raros. No entanto, podem acontecer, como os de Bihar, Índia
Quanto come
Cerca de 1 quilo por dia
Expectativa de vida
Em ambientes selvagens, lobos vivem entre 6 e 8 anos. Em cativeiro, esse número aumenta para até 20 anos
Dieta
Cervos, alces, veados, caribus, bisões, renas, búfalos, castores, coelhos
Principais inimigos
Ursos grizzly

Se você encontrar um
Não o alimente nem tente chegar perto. Se ele se mostrar agressivo ou se aproximar demais de você sem demonstrar medo, levante os braços e os agite no ar, para fazer com que você se pareça maior do que é. Afaste-se lentamente, sem dar as costas ao animal

6737 – Mega Almanaque Futebol – Mané Garricha


Uma dupla imbatível

Manuel Francisco dos Santos, o Mané Garrincha ou simplesmente Garrincha (Magé, 28 de outubro de 1933 — Rio de Janeiro, 20 de janeiro de 1983) foi um futebolista brasileiro que se notabilizou por seus dribles desconcertantes apesar do fato de ter suas pernas tortas. É considerado por alguns o maior jogador de futebol de todos os tempos. No auge de sua carreira, passou a assinar Manuel dos Santos, em homenagem a um tio homônimo, que muito o ajudou. Garrincha também é amplamente considerado como o maior driblador da história do futebol.
Garrincha, “O Anjo de Pernas Tortas”, foi um dos heróis da conquista da Copa do Mundo de 1958 e, principalmente, da Copa do Mundo de 1962 quando, após a contusão de Pelé, se tornou o principal jogador do time brasileiro. A força do seu carisma ficou marcada rapidamente nas palavras do poeta de Itabira, Carlos Drummond de Andrade, numa crônica publicada no Jornal do Brasil, no dia 21 de janeiro de 1983, um dia após a morte do genial

“Se há um Deus que regula o futebol, esse Deus é sobretudo irônico e farsante, e Garrincha foi um de seus delegados incumbidos de zombar de tudo e de todos, nos estádios. Mas, como é também um Deus cruel, tirou do estonteante Garrincha a faculdade de perceber sua condição de agente divino. Foi um pobre e pequeno mortal que ajudou um país inteiro a sublimar suas tristezas. O pior é que as tristezas voltam, e não há outro Garrincha disponível. Precisa-se de um novo, que nos alimente o sonho.”

— Carlos Drummond de Andrade

De origem humilde, com quinze irmãos na família, Manuel dos Santos era natural de Pau Grande, um distrito de Magé, no estado do Rio de Janeiro. Sua irmã o teria apelidado de Garrincha, fazendo uma associação com o pássaro de mesmo nome, muito comum na região.
Uma das características marcantes que envolvem a figura de Garrincha relaciona-se a uma distrofia física: as pernas tortas. Numa perspectiva frontal, por exemplo, sua perna esquerda, seis centímetros mais curta que a direita, era flexionada para o lado direito, e a perna direita, apresentava o mesmo desenho. Afirma Ruy Castro em seu livro que já teria nascido assim, mas há vários depoimentos no sentido que tal característica tenha sido sequela de uma poliomielite.
Com quatorze anos de idade, começou a jogar amadoramente no Esporte Clube Pau Grande e seu talento, já manifestado, despertou a atenção de Arati: um ex-jogador do Botafogo. Não se sabe com certeza quem o levou a fazer um teste no Botafogo, mas nos minutos iniciais do primeiro treino, ele teria dado vários dribles em Nílton Santos, o qual já era um renomado jogador.
Garrincha casou-se com Nair, namorada da infância, com quem teve nove filhas. Suas filhas Tereza e Nadir já estão falecidas. Separou-se de Nair e foi casado com Elza Soares por 15 anos, de 1968 a 1983. Os dois tiveram um filho, Manuel Garrincha dos Santos Júnior (9 de julho de 1977 — 11 de janeiro de 1986), morto aos 9 anos de idade num acidente automobilístico. Neném, o filho dele com Iraci, anterior ao casamento com Elza, também morreu num acidente em Portugal em 20 de janeiro de 1992, aos 28 anos. Garrincha também é pai de um filho sueco: Ulf Lindberg, fruto de um relacionamento com uma sueca da cidade de Umeå, durante uma excursão do Botafogo à Europa em 1959.
Por praticamente toda a sua carreira (95% das partidas), Garrincha defendeu o Botafogo (no período de 1953-1965), além da Seleção Brasileira (de 1957-1966).
Já em fim de carreira jogou alguns meses no Sport Club Corinthians Paulista, (1966), no Clube de Regatas do Flamengo, (1969), e no Olaria Atlético Clube, porém já estava longe de seu auge. Integrou o elenco do Vasco, em um amistoso contra a seleção da cidade de Cordeiro (RJ), marcando um gol nesta partida. Sua contratação não foi fechada pela equipe cruzmaltina devido a sua má condição física e foi devolvido ao Sport Club Corinthians Paulista após o supracitado amistoso.
Jogou sessenta partidas pelo Brasil entre 1955 e 1966. Em todos os seus jogos, participou de apenas uma derrota (de 3 a 1 para a Hungria na Copa de 66). Com Garrincha e Pelé jogando ao mesmo tempo, o Brasil nunca perdeu.
Mesmo na Seleção Brasileira, Garrincha nunca abandonou sua forma irreverente de jogar. Voltava a driblar o jogador oponente, no mesmo lance, ainda que desnecessariamente, só pela brincadeira em si.
O último gol de Garrincha aconteceu no empate do Olaria Atlético Clube em 2 a 2 com o Comercial, dia 23 de março de 1972, no Estádio Palma Travassos em Ribeirão Preto. Foi, inclusive, o único gol de Mané pelo Olaria Atlético Clube.
Garrincha faleceu aos 49 anos em 20 de janeiro de 1983, vítima de cirrose hepática, tendo sido velado num caixão sob a bandeira do Botafogo.
Em seu epitáfio lê-se “Aqui jaz em paz aquele que foi a Alegria do Povo – Mané Garrincha.” mas recente tem-se notícias que seu túmulo encontra-se abandonado sem ao menos uma homenagem justa de um ser que trouxe tantas alegrias, este dizeres que esta em seu epitáfio foi gravado na pedra e nem uma foto há, perde-se a história de um grande ídolo por falta de atenção de algumas autoridades que podem fazer algo.
Tudo indica que talvez uma das causas de sua morte precoce foi o excesso de bebida alcoólica, principalmente cachaça, por ele ingerida ao longo de sua vida. O fato do seu gosto pela branquinha era tão conhecido que algumas marcas traziam seu nome.
Em 2010, torcedores do Botafogo custearam uma estátua de quatro metros e meio e cerca de 300kg, ao custo de R$ 56.000,00 pagos ao artista plástico Edgar Duvivier. Essa estátua encontra-se hoje em frente ao Estádio João Havelange, onde o Botafogo manda seus jogos.
Já em novembro de 2011 durante a convenção mundial de futebol Soccerex, Eusébio, maior jogador português e contemporâneo tanto de Pelé quanto Garrincha, declarou abertamente que considerava Garrincha o melhor jogador de todos os tempos.
Garrincha foi considerado o mais habilidoso jogador que já existiu em todos os tempos sua capacidade de driblar e envolver seus adversários era impressionante. Pelo Brasil perdeu apenas uma das 61 partidas que fez com a camisa da Seleção. Em 1998, foi escolhido para a seleção de todos os tempos da Fifa, em eleição que contou com votos de jornalistas do mundo inteiro.

Garrincha no Corínthians
Partidas: 33
Gols marcados: 42
Partida de estreia: Corinthians 5 – 3 Vasco da Gama (2 de março de 1966)
Primeiro gol: Corinthians 3 – 1 Cruzeiro (13 de março de 1966)
Última partida: Corinthians 3 – 2 Santos (9 de outubro de 1966)
Último gol: Corinthians 2 – 0 São Paulo (19 de março de 1966)

6535 – Ciência na TV – Superprodução brasileira tenta mostrar ciência do cotidiano


Qual é a melhor maneira de explicar por que as pessoas dentro de um carro estão protegidas caso sejam atingidas por um raio? Levando você mesmo uma descarga dessas e sobrevivendo para contar a história.
É esse o raciocínio do programa “Ciência em Casa”, que estreia nesta quinta no canal pago NatGeo.
Há 12 anos apresentando shows que mesclam entretenimento e ciência, com várias participações e quadros em programas de variedades, o time do “Ciência em Casa” agora se lança em voo solo.

Em um laboratório da USP, mais de uma dezena de profissionais, entre cientistas e produção, esforçavam-se na regulagem de uma complexa geringonça de mais de três metros de altura que permitiu simular um raio na frente das câmeras.
Depois de algumas horas de testes, a equipe finalmente deu sinal verde para que o físico Gerson Santos fosse “atingido” pelo raio.
Nas filmagens anteriores, ele já havia ficado suspenso por um guindaste amarrado a uma calça jeans e enfrentado uma jornada disfarçado de embalagem dentro de um caminhão. Dois dias depois, seria a vez de voar amarrado a balões de hélio.
De uma maneira geral, a proposta do programa é uma espécie de mistura de dois conhecidos programas de ciência: “O Fantástico Mundo de Beakman” com “Myth Busters”. Além de tiradas divertidas, experiências e muita ciência do dia-a-dia, o grupo também aproveita para acabar com alguns mitos consagrados.
“É o caso do raio e do carro. Muita gente acha que é por causa da borracha do pneu, quando na verdade isso não tem nada a ver. É um efeito chamado gaiola de Faraday”, diz Daniel Ângelo, em referência à célebre descoberta de Michael Faraday. Veja com detalhes no capítulo específico do Mega.
O físico descobriu, há mais de um século, que é possível haver uma blindagem elétrica formada por superfície condutora, que “protege” o que está dentro dela das descargas. No caso do carro, as descargas elétricas se espalham pela superfície metálica, deixando a salvo os passageiros.
“Todo mundo sabe que nós fazemos um trabalho sério de divulgação da ciência. Não fosse assim, nós não teríamos apoio da USP e de outras instituições de respeito” afirma Gerson, que em 2004 defendeu uma dissertação de mestrado sobre o tema.

6279 – Mega Notícias – Um vício maldito


EUA e Irã possuem pelo menos uma coisa em comum: a hostilidade aos fumantes. Numa das semanas do ano de 1994, o Parlamento Iraniano aprovou a abolição gradual da produção, importação e consumo de fumo. A partir de 2001, passou a ser proibido fumar neste país.

Campanha contra o cigarro nos EUA – Chocar, horrorizar, e prevenir é o objetivo de uma campanha nacional contra o fumo, lançada esta semana nos Estados Unidos. O vídeo mostra que o cigarro mata, deforma, e está dando a maior polêmica.
O vídeo mostra a foto antiga de uma moça bonita e a imagem atual. Terrie avisa que vai ensinar como começar o dia: ‘coloque a dentadura, a peruca’. E mostra ainda o resultado da cirurgia de traqueostomia que precisou fazer para respirar, porque seu aparelho respiratório foi afetado pela fumaça do cigarro.
As imagens chocantes fazem parte da campanha mais incisiva do governo americano contra o fumo. “As imagens são fortes de propósito, porque as pesquisas mostram que é disso que os fumantes precisam para se livrarem do vício”, diz a médica Cheryl Healton.
A campanha recebeu o nome de “Dicas de ex-fumantes”. O governo americano gastou US$ 54 milhões em comerciais que serão veiculados em horário nobre nos próximos três meses. Com isso, as autoridades esperam convencer fumantes a pararem de fumar e quem nunca fumou a nem experimentar.
Um dos alvos são os jovens. Uma pesquisa do governo americano mostrou que 80% dos fumantes começam no vício antes dos 18 anos. E a cada dia, cerca de 3,8 mil adolescentes experimentam o cigarro pela primeira vez, como Brandon, que aparece na campanha. Ele começou a fumar aos 15 anos. Por causa do cigarro, desenvolveu uma doença que afetou a circulação nas pernas.

6264 – Mídia – CNN no Rio


A Rede de TV paga americana que revolucionou o jornalismo chegou no Brasil há alguns anos. O 1° escritório foi aberto no Rio e comandado pelos jornalistas americanos Marina Mirabella e Daniel Melvor.
A rede CNN acaba de se instalar em São Paulo. O interesse dos americanos pelo Brasil começou com a escolha do país para sediar a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016.
Shasta Darling é a primeira funcionária da nova sede.
E não é só a CNN que está com o foco nos brasileiros. A chegada da Fox Sports agita os bastidores do jornalismo esportivo. O canal deve estrear na TV a cabo no começo do ano que vem e pretende competir com as produções nacionais. A Fox Sports detém direitos de exclusividade na transmissão das Copas Libertadores e Sulamericana.

Cable News Network (CNN) é um canal a cabo de notícias norte-americano fundado em 1980 por Ted Turner.
Quando de seu lançamento, o CNN foi o primeiro canal a transmitir uma programação de notícias 24 horas, e o primeiro canal exclusivamente jornalístico dos Estados Unidos. Apesar de possuir diversos afiliados, o CNN transmite primariamente a partir de suas sedes em Atlanta (CNN Center) e Nova York (Time Warner Center), e de seus estúdios em Washington e Los Angeles. A proprietária do CNN é a Time Warner, e a divisão de notícias norte-americana é controlada pela Turner Broadcasting System.
Para diferenciá-la da CNN International, a divisão norte-americana é por vezes chamada de CNN/U.S.. Em agosto de 2010, o CNN estava disponível em mais de 100 milhões de residências nos Estados Unidos. A cobertura de transmissão estende-se por mais de 890,000 quartos de hotéis no país. A programação global do CNN é feita pela CNN International, que cobre mais de 212 países e territórios. A partir do final de 2010, a versão doméstica do CNN/U.S. passou a ser disponibilizada em high definition para espectadores do Japão sob o canal CNN HD.

Filiais pelo mundo
Muitas das filiais abaixo foram fechadas ou, devido à crise financeira, tiveram seus orçamentos reduzidos:
Abu Dhabi, Emirados Árabes Unidos (escritório regional no Oriente Médio)
Bagdade, Iraque
Bangkok, Tailândia
Pequim, China
Beirute, Líbano
Berlim, Alemanha
Bogotá, Colômbia
Cairo, Egito
Dubai, Emirados Árabes Unidos
Havana, Cuba
Hong Kong (escritório regional na Ásia/Pacífico)
Islamabad, Paquistão
Istambul, Turquia
Jacarta, Indonésia
Irã, Teerão (até às eleições de 2009, quando a imprensa internacional foi expulsa do país)
Jerusalém, Israel
Joanesburgo, África do Sul
Lagos, Nigéria
Lisboa, Portugal
Londres, Reino Unido (escritório regional na Europa)
Madri, Espanha
Cidade do México, México
Moscou, Rússia
Nairóbi, Quênia
Nova Délhi, Índia
Paris, França
Rio de Janeiro, Brasil
Santiago do Chile, Chile
São Paulo, Brasil
Seul, Coreia do Sul
Sydney, Austrália
Tóquio, Japão

5974 – Mega Memória – Donna Summer no Fantástico


Em 1979, já consagrada, Donna Summer chamava a atenção do Fantástico, que resolveu fazer uma reportagem sobre o seu sucesso, afinal tratava-se de um grande fenômeno mundial.
A história das discotecas (atuais danceterias) está intimamente ligada a carreira de Donna Summer, ela foi uma grande percursora e o dedo do tecladista Giorgio Moreder também não pode ser esquecido.
A batida Disco foi aos poucos sendo substituída pela batida House, mas Donna Summer ainda sobreviveria por mais 30 anos e fazendo sucesso no mundo das baladas.

5805 – Veja no ☻ Mega – Furacão


A mais gigantesca tempestade da Terra, com até 1600 km de diâmetro e ventos com velocidade superior a 300 km por hora. Chega a liberar num só dia a energia equivalente a 8 bombas de hidrogênio de 1 megaton cada uma.
Apenas 1 desses monstros demoliu 60 mil casas nos EUA. Outro matou mais de 300 mil pessoas na Ásia.
Nascimento, crescimento e ataque de um predador invencível, o furacão. Ele é uma catástrofe que atravessa oceanos levando tempestades avassaladoras, ventos implacáveis, ondas gigantescas, destruição e morte.
Nada pode detê-lo em sua ferocidade. Veja-o em ação aqui no Mega.