12.109 – De ☻lho na ☻Mega da Virada – Apostar sempre nos mesmos números aumenta a chance de ganhar na Mega-Sena?


mega da cvirada
Não. Na Mega-Sena, há 50.063.860 resultados possíveis e todos eles são igualmente prováveis. Lamento informar que não faz diferença apostar nos mesmos números sempre ou em números diferentes. A cada sorteio, a chance de você ganhar com uma aposta simples é de uma em 50.063.860.
Quer uma dica efetiva para ter mais chances? Jogue mais. É, parece dica de babaca, mas funciona. O professor Sebastião de Amorim, do Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica da Unicamp, fez as contas e explicou que suas chances aumentam se você insistir bastante – repetindo os números ou não.
“Uma chance em 50.063.860 equivale a um pouco menos de dois centésimos de milionésimos. Generalizando: se você joga muitas vezes, a probabilidade de ganhar alguma vez vai crescendo com o número de repetições. Mas não é um crescimento simples, linear”, alerta.
Para se ter uma ideia do quanto é improvável acertar os 6 números com uma aposta simples, repetindo ou não a combinação, ele dá um exemplo mais prático: “A chance de uma aposta simples ganhar na Mega-Sena é 33% menor que a de dar coroa em 25 arremessos consecutivos de uma moeda (1 em 33.554.432)”.

12.108 – Descoberto tubarão “ninja”: ele é todo preto e brilha no escuro


tubarao
Na costa do Pacífico da América Central, a cerca de 1.000 metros de profundidade, vive uma espécie de tubarão estilosa e iluminada, recentemente descoberta: o Ninja Lanternshark. Ele faz jus ao nome: além de ser preto, produz um brilho fraco, que se mistura com a luz que penetra no oceano. Isso facilita a captura de pequenos peixes e também ajuda o Ninja a se esconder dos grandes predadores.
O nome Ninja Lanternshark veio de uma fonte inesperada. Os primos da pesquisadora Vicky Vásquez, com 8 e 14 anos, sugeriram o apelido “Tubarão Super Ninja”. Ela achou que seria mais fácil convencer a comunidade científica a utilizar “Ninja Lanternshark” e assim ficou. Mas esse é só o nome usual. O original é Etmopterus benchleyi, em homenagem a Peter Benchley, autor do romance “Tubarão”, que deu origem ao blockbuster do cinema.
“Cerca de 20% das espécies de tubarões conhecidas foram descobertas nos últimos 10 anos. Nosso trabalho é procurar por esses tubarões perdidos”, diz Dave Ebert, que trabalhou no estudo com Vásquez.

12.107 – Mega Personalidades – Liza Minnelli


Cabaret-Liza-Minelli
Liza May Minnelli (Los Angeles, 12 de março de 1946) é uma atriz e cantora americana.
É filha do diretor Vincent Minnelli e da atriz e cantora Judy Garland. Eternizou-se no cinema como a dançarina Sally Bowles, no filme que lhe rendeu um Oscar de melhor atriz, Cabaret.
Liza Minnelli foi uma atriz precoce, participando no primeiro filme em 1949 (In the Good Old Summertime), aos quatorze meses de idade. Com dezesseis anos, Liza foi para Nova Iorque por sua conta, para iniciar a carreira artística. Em 1964, a mãe convidou-a para participarem juntas num espectáculo em Londres, que teve excelente repercussão. Foi nessa ocasião que Liza conheceu o primeiro marido, o cantor e compositor australiano Peter Allen, amigo de Judy Garland.
Liza ganhou um prêmio Tony aos 19 anos de idade e, em 1969, aos 23 anos, foi indicada ao primeiro Oscar, pelo papel de Pookie Adams em The Sterile Cuckoo.

Os anos 1970 foram anos de muito trabalho para Liza. Actuou nos palcos, nas telas e na música.

Em 1972, Minnelli protagonizou um dos maiores sucessos da carreira, como Sally Bowles, no filme Cabaret, adaptação do musical homônimo. O longa-metragem é também um dos maiores sucessos de bilheteria de Hollywood e projetou Liza como um dos maiores ícones do cinema mundial. O talento como cantora foi reconhecido com a interpretação antológica da canção-tema homónima. Minnelli venceu o Óscar de Melhor Atriz pelo desempenho e o Globo de Ouro de melhor atriz em comédia ou musical. Foi simultaneamente capa das revistas Time e Newsweek. Além de Cabaret, uma das interpretações mais conhecidas é New York, New York, do musical de mesmo nome.
Com o amigo Halston, era frequentadora assídua do Studio 54, o mais famoso clube noturno do mundo. Em 1974, participou como narradora do filme Isto é o espetáculo, com Fred Astaire e Gene Kelly. Casou-se em 1974 com o produtor e diretor de televisão Jack Haley, Jr., e em 1979 com o escultor Mark Gero, mas os dois casamentos acabaram em divórcio.
Nos últimos anos, a carreira tem estado voltada mais para os palcos e para a música. Gravou com Frank Sinatra o CD Duets e Sammy Davis Jr.; juntou-se a eles para uma série de concertos e espetáculos na televisão, que tiveram óptima repercussão.
Em 1997, Liza sofreu uma cirurgia às cordas vocais, época em que começou a assistir a todos os filmes do pai adoptivo. Isso levou-a a estrear um espetáculo na Broadway intitulado Minnelli on Minnelli.
Casou-se em 2002 com David Gest, promoter e produtor de televisão, e o divórcio ocorreu em 2007. (Ela se separou de Gest em 2003.)
Em 2006 gravou a canção Mama em parceria com a banda My Chemical Romance.
Após a performance como Dudley Moore, no longa-metragem Arthur, Minnelli fez poucas aparições no cinema.

Filmes
1949 – In the Good Old Summertime
1954 – The Long, Long Trailer (cenas apagadas)
1967 – Charlie Bubbles (br: Charlie Bubbles, a máscara e o rosto)
1969 – The Sterile Cuckoo (br: Os anos verdes)
1970 – Tell Me That You Love Me, Junie Moon
1972 – Cabaret (br: Cabaret — pt: Cabaret, adeus Berlim)
1974 – Just One More Time
1974 – That’s Entertainment! (br: Era uma vez em Hollywood — pt: Isto é o espetáculo) (narração)
1974 – Journey Back to Oz (voz – filmado em 1964)
1975 – Lucky Lady
1976 – A Matter of Time
1977 – New York, New York
1981 – Arthur (br: Arthur – O milionário sedutor)
1985 – That’s Dancing! (narração)
1987 – Pinocchio and the Emperor of the Night (voz)
1987 – Rent-A-Cop
1988 – Arthur 2: On the Rocks
1991 – Stepping Out
1991 – The Freddie Mercury Tribute Concert
1994 – A Century of Cinema (documentário)
1995 – Unzipped”‘ (documentário)
2006 – The OH in Ohio
2010- “Sex and The City 2”

Em 1969 foi indicada ao Oscar da Academia para Melhor Atriz (principal) pelo papel de “Pookie Adams” em The Sterile Cuckoo
Em 1972 recebeu o Óscar da Academia para Melhor Atriz (principal) e o Globo de Ouro de melhor Atriz (comédia ou musical) em cinema pelo papel de Sally Bowles no filme Cabaret
Recebeu o Globo de Ouro de melhor Atriz (minissérie ou filme) em televisão em 1985.

12.106 – Mega Byte – Nova York começa a instalar cabines de Wi-Fi público com internet Gigabit


wifi
Anunciado em 2014, o projeto LinkNYC está finalmente sendo colocado em prática na cidade norte-americana de Nova York. As ultrapassadas cabines telefônicas do município serão substituídas por hotspots de Wi-Fi público, com internet a partir de 1 Gigabit de velocidade.
Ao todo, a rede terá 7.500 hotspots de internet grátis para os americanos. Até julho de 2016, a expectativa é que ao menos 500 cabines estejam instaladas e operantes. Além de Wi-Fi, os pontos terão portas USB para o carregamento de smartphones, entrada para fone de ouvido e os telefones que já estão lá.
Segundo os administradores do LinkNYC, cada ponto de acesso oferecerá uma rede Wi-Fi que alcança um raio de 45 metros. Além de tudo isso, os hotspots terão, em breve, uma tela touchscreen para os usuários navegarem na web e usarem recursos como mapas e ligações gratuitas. E no Brasil, quando você acha que essa tecnologia deve chegar?

12.105 – Religião – A Igreja Primitiva


igreja_primitiva
Há uma fase na história do cristianismo, cerca de 30 DC, ou seja, poucos anos após a ressurreição de Jesus e vai até por volta de 300 DC que é chamada de “Era apostólica” ou “Igreja Primitiva”. No inicio as igrejas estavam em formação e em sua maioria estavam em Jerusalém sobre a orientação dos apóstolos, entre eles Pedro, João e Tiago. E entre os primeiros cristãos estavam os judeus e os gentios convertidos ao judaísmo, e confessavam a fé em Jesus Cristo como messias, cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo (Muitos judeus naquele tempo pensavam que esses seguidores de Jesus eram uma seita do judaísmo, e afirmavam que os cristãos estavam exercendo uma “religião misteriosa” em torno do nome de Jesus).
O fato de assumirem a fé em Cristo e dessa forma, se recusarem a adorar a outros deuses e imperadores gerou muitas perseguições e prisões. O primeiro mártir cristão morreu apredrejado, ele se chamava Estêvão e durante sua morte disse ver “o céu aberto” e Paulo, que neste tempo era funcionario do governo e tinha como função matar cristãos, assistia seu apedrejamento. Pouco depois, indo a Damasco, teve um encontro com Jesus em forma de uma luz que o cegara durante três dias e o levou a converter-se e acreditar em Cristo como filho de Deus. Inclusive, cartas escritas por Paulo, da cidade de Tarso, enquanto ele estava preso por confessar sua fé em Jesus foram destinadas as igrejas de Filipo, Corinto, Galácia, Roma, Tessalônica, Colossos, Éfeso, cartas aos Hebreus e até mesmo a um homem chamado Filemom, pedindo a ele que aceitasse de volta um escravo foragido e que havia se convertido, chamado Onésimo. Nesta carta Paulo pede a Filemon que receba Onésimo como um irmão em Cristo e se esse o deve alguma coisa para colocar em sua conta. Essas cartas juntamnte aos quatro evangelhos, e as revelações dadas a João compoem o novo testamento.
Os cristãos liam as escrituras do velho testamento em grego ou aramaico por meio dessas cartas o novo testamento estava sendo formado. Além da formação do que conhecemos hoje como novo testamento, onde os evangelhos narram o fato de maior relevância pra os cristãos: a ressurreição de Jesus; o início do cristianismo primitivo é marcado pela crença de que Jesus vai voltar e no dia de pentecostes: “E, cumprindo-se o dia de Pentecostes, estavam todos concordemente no mesmo lugar; E de repente veio do céu um som, como de um vento veemente e impetuoso, e encheu toda a casa em que estavam assentados. E foram vistas por eles línguas repartidas, como que de fogo, as quais pousaram sobre cada um deles. E todos foram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem” (At 2:1-4)
Os cristãos acreditam que Paulo, embora não tenha conhecido Jesus como ocorreu com os outros apóstolos, tenha sido inspirado pelo Espírito Santo para redigir as informações que constam nos livros da bíblia que ele escreveu.
Os cristãos reuniam-se para adorar a Deus, mesmo em meio a perseguições. A palavra Igreja tem origem grega ekklesia, que fazia referencia a um conjunto, uma assembléia de pessoas, e que fez parte do novo testamento já com a intenção de falar igreja como o corpo de Cristo, como ao grupo de pessoas que esperava Sua volta. Os que faziam parte da igreja em Jerusalém repartiam todos os seus bens, alguns vendiam suas propriedades e bens materiais e davam à igreja para a divisão dos recursos entre todos do grupo.

12.104 – A Mulher em Israel na época de Jesus


jesus pintura
A mulher, entre os judeus, era não mais que um objeto pertencente ao marido, como seus servidores, suas edificações e demais posses legais. Ela devia ao esposo total lealdade, mas, por princípio, era considerada como naturalmente infiel, desvirtuada e falsa. Por esta razão, sua palavra diante de um juiz não tinha praticamente valor algum.
Embora ela fosse obrigada a ser fiel ao matrimônio, o marido não tinha os mesmos deveres matrimoniais. Além de tudo, ele podia rejeitá-la por qualquer motivo, mesmo que, legalmente, não pudesse negociá-la como qualquer outra propriedade. Dificilmente a esposa poderia, por iniciativa própria, se desligar do casamento.
Uma mulher envolta em laços conjugais não podia jamais ser contemplada por outro homem, ou por ele ser abordada, mesmo que fosse para uma simples saudação. No interior da sociedade judaica, ela ocupava uma posição bem inferior à do homem. Até na esfera espiritual a mulher era considerada desigual, e para ela estava reservado um local à parte no templo, assim como era obrigada a caminhar, na rua, distante dos homens.
Legalmente ela era proibida de tudo e estava constantemente submetida a todas as punições civis e penais imagináveis, sujeita até mesmo à pena capital. Também nos momentos das refeições a mulher era isolada, pois ela não podia se alimentar ao lado dos homens. Assim, ela permanecia em pé, pronta para ajudar o marido a qualquer instante.
Normalmente as mulheres viviam reclusas em suas residências e as janelas, quase sempre, eram construídas com grades para que elas não pudessem ter seus rostos vislumbrados pelos passantes nas ruas. Se um homem tentasse se dirigir a uma mulher, cometia um pecado muito sério.
Por esta breve visão já é possível perceber o quanto Jesus, em sua época, revolucionou o tratamento oferecido pelos homens às mulheres. Um dos episódios mais chocantes do Evangelho é justamente aquele no qual Ele se dirige à mulher samaritana. Este povo era aguerrido adversário dos hebreus, desde a cisão entre as tribos de Israel.
Assim, ao se revelar claramente como o Messias para alguém desta comunidade, especialmente a uma mulher, Ele deixou tanto samaritanos quanto judeus perplexos. Além disso, Jesus mantinha, entre seus discípulos e seguidores, diversas mulheres, entre elas, Maria Madalena, vista com preconceito pelos judeus, que a consideravam uma traidora de seus princípios, como uma prostituta.

Não bastando isso, Ele curava indistintamente homens e mulheres, e procurava integrar socialmente aquelas que tinham sido excluídas. Ele até mesmo perdoou a mulher adúltera, a qual os judeus costumavam apedrejar até a morte. E foi justamente uma mulher que testemunhou sua Ressurreição, embora até os discípulos mais fiéis de Jesus encarassem suas palavras, inicialmente, com desvelado ceticismo.
Na época, mesmo a mulher não sendo infiel ao esposo, se este fosse dominado pelo espírito do ciúme, como está descrito na lei mosaica, sob o título de ‘A Oferta do Ciúme’, ele poderia levá-la diante do sacerdote, mesmo sem nenhum testemunho ou flagrante, e realizaria então esta oferta ritual. Desta forma, ela ficaria para sempre marcada e amaldiçoada diante da sociedade judaica.

12.103 – Hinduísmo – O que é Chakra?


chakras-378x450
Esta expressão vem do Sânscrito e tem o sentido de ‘roda de luz’, ‘roda da lei’, ‘roda da vida’ ou ‘morte’. Segundo a filosofia da Ioga, percorrem o corpo humano vários canais, conhecidos como ‘nadis’, por onde transita a energia vital ou prana, que alimenta os órgãos e sistemas do organismo humano. Estes caminhos energéticos passam por vários pontos, entre eles os que se encontram mais perto da dimensão externa do corpo, os chakras.
Estes pontos vibram de maneira distinta, simbolizando assim aspectos diversos do organismo material, da alma e do espírito. Eles estão sempre se movendo, dinâmicos como tudo que compõe a Natureza. Dispostos ao longo da coluna vertebral, cada chakra tem sua constituição morfológica própria e sua cor específica. Grande parte das enfermidades nasce do desequilíbrio desses pontos vitais, ou da invasão de energias negativas nestes espaços.
A harmonização dos chakras está essencialmente ligada ao equilíbrio entre o Yin – polaridade feminina, fria e úmida – e o Yang – polaridade masculina, quente e seca. As terapias complementares geralmente levam em conta a existência de sete chakras principais, o que não elimina a atuação de pontos menores na troca de energia.
Os chakras participam ativamente do intercâmbio de energia realizado no organismo humano, assim eles estabelecem uma profunda interação entre nossos atributos materiais, físicos, espirituais, sexuais, entre outros. Eles nascem justamente dos pontos de contato dos Nadis. Estes centros de força conjugam terra e céu, o material e o espiritual. Eles revelam um formato de funil, com a raiz fincada em parte nas costas, a esfera receptora de energia, e a outra parte localizada na frente – responsável por irradiar o campo energético.
Quando um chakra passa por uma terapêutica, a Kundalini – o poder espiritual potencial, adormecido dentro de cada um – é despertada. Desta forma todos os corpos – dos mais densos aos mais sutis – são alimentados energeticamente. Os sete chakras estão distribuídos da base da coluna ao alto da cabeça. Três deles estão dispostos na cabeça e na área próxima à garganta – são regidos pelo racional. Os que se encontram na frente do corpo são liderados pelas emoções. Já os que estão nas costas são governados pelos desejos.
Cada um dos chakras está conectado a uma das sete glândulas essenciais do organismo, portanto ligado a tarefas distintas, tanto do campo orgânico, quanto do mental, vital ou espiritual. Quando um dos centros de força reduz sua velocidade rotativa, o impulso energético torna-se restrito ou é bloqueado, o que provoca envelhecimento e enfermidades. Há chakras maiores, medindo cerca de 7,5 a 10 cm de diâmetro, e outros menores, com uma média de 2,5 a 5 cm, com funções as mais diversificadas, todas fundamentais para a existência do homem.

12.102 – Anjo – História e Definição


anjos
A palavra anjo pode ser definida da forma mais ampla possível, conforme a cultura que preserva sua crença. No latim angelus ou no grego angelos destaca-se o papel do ser que anuncia uma mensagem, do que se deduz que ele seria o intermediário entre o Homem e Deus. Em hebraico ele é conhecido como malak; entre os japoneses é intitulado kami; no hinduísmo é o deva; na era ancestral do Irã esta criatura é nomeada Daena ou Fravarti; Sócrates mencionava o Daimon, assim como os antigos gregos se referiam aos Gênios.
Os seres angelicais integram uma vasta hierarquia composta por três tríades. A primeira engloba os Serafins, entidades mais elevadas e íntimas do Criador, as quais irradiam a divindade em sua potência máxima e estão diante do Trono Divino, neles brilha a chama da caridade; os querubins, criaturas enigmáticas, às vezes representadas entre os antigos como figuras metade humanas, metade animais, geralmente apontadas como guardiãs do reino de Deus, plenas de Seu amor; os Tronos ou Ofanins, comumente conhecidos como ‘anciãos’, pois são associados aos 24 idosos que se lançam eternamente aos pés do Senhor, simbolizam o poder sagrado, a humildade e a purificação.
A segunda tríade compreende os príncipes do céu. Às Dominações cabe estabelecer as normas que envolvem as tarefas dos anjos que se encontram abaixo delas na hierarquia, atribuindo-lhes seus respectivos papéis e mistérios nos trabalhos da Criação; elas também comandam o rumo dos países terrenos. As Virtudes têm como função preservar a direção das estrelas para que o Universo não perca sua eterna harmonia; elas conduzem os outros seres na realização de suas missões e mantêm distantes das nações as entidades que ainda percorrem o caminho do mal; estão próximas dos heróis e são as fontes dos milagres.
As Potestades ou Potências são as representantes da ordem divina, as mensageiras da consciência humana, as tecelãs da história da humanidade e de suas memórias coletivas; nelas o Homem encontra tudo que esteja incluso nos pensamentos elevados, desde os ideais até o plano ético. Estes anjos são também os soldados do Criador, protetores dos animais e os responsáveis pela vida e pela morte.
A Terceira Tríade inclui os anjos mais próximos do Homem, e por isso mesmo aptos a orientá-los na jornada material. Os Principados estão submissos às diretrizes traçadas pelas Dominações e Potestades, as quais eles devem enviar às esferas evolutivas subalternas; portam os tradicionais símbolos da angelitude, a coroa e o cetro. Eles zelam pelos municípios, pelas nações e por toda a Natureza.
Os arcanjos ou anjos principais são muito famosos nas Escrituras Sagradas, principalmente por abrigarem os representantes mais conhecidos da Humanidade, Miguel, Rafael e Gabriel. A Igreja Ortodoxa considera mais quatro seres desta categoria, Uriel, Ituriel, Amitiel e Baliel, combatentes que se opõem aos anjos caídos, os Nefilim. Eles atuam como elos de ligação entre Principados e Anjos; são verdadeiramente os mensageiros do Senhor.
Os anjos são as entidades celestiais que estão mais perto do Homem; na escala evolutiva eles se encontram no estágio logo acima do que compete ao ser humano atravessar; em alguns momentos estes seres se revelam à Humanidade, quando são incumbidos de desígnios do Criador; textos hebraicos de tradição mística referem-se constantemente a eles, atribuindo-lhes dons sobrenaturais.
Outras tradições religiosas e culturais também concebem a existência dos anjos; cada uma tem sua própria concepção destas criaturas, distinta da cultivada pelo Cristianismo. Budistas e hindus os vêem igualmente como criaturas cheias de luz; algumas podem comer e beber, além de terem o dom de assumir vestes materiais para se manifestarem. Os islâmicos classificam estas entidades em dois grupos, o dos bons e o dos maus.

12.101 – Anjos Segundo o Espiritismo


Homem Anjo
Que haja seres dotados de todas as qualidades atribuídas aos anjos, não restam dúvidas. A revelação espírita neste ponto confirma a crença de todos os povos, fazendo-nos conhecer ao mesmo tempo a origem e natureza de tais seres.
As almas ou Espíritos são criados simples e ignorantes, isto é, sem conhecimentos nem consciência do bem e do mal, porém, aptos para adquirir o que lhes falta. O trabalho é o meio de aquisição, e o fim – que é a perfeição – é para todos o mesmo. Conseguem-no mais ou menos prontamente em virtude do livre-arbítrio e na razão direta dos seus esforços; todos têm os mesmos degraus a franquear, o mesmo trabalho a concluir. Deus não aquinhoa melhor a uns do que a outros, porquanto é justo, e, visto serem todos seus filhos, não tem predileções. Ele lhes diz: Eis a lei que deve constituir a vossa norma de conduta; ela só pode levar-vos ao fim; tudo que lhe for conforme é o bem; tudo que lhe for contrário é o mal. Tendes inteira liberdade de observar ou infringir esta lei, e assim sereis os árbitros da vossa própria sorte.
Conseguintemente, Deus não criou o mal; todas as suas leis são para o bem, e foi o homem que criou esse mal, divorciando-se dessas leis; se ele as observasse escrupulosamente, jamais se desviaria do bom caminho.
Entretanto, a alma, qual criança, é inexperiente nas primeiras fases da existência, e daí o ser falível. Não lhe dá Deus essa experiência, mas dá-lhe meios de adquiri-la. Assim, um passo em falso na senda do mal é um atraso para a alma, que, sofrendo-lhe as conseqüências, aprende à sua custa o que importa evitar. Deste modo, pouco a pouco, se desenvolve, aperfeiçoa e adianta na hierarquia espiritual até ao estado de puro Espírito ou anjo. Os anjos são, pois, as almas dos homens chegados ao grau de perfeição que a criatura comporta, fruindo em sua plenitude a prometida felicidade. Antes, porém, de atingir o grau supremo, gozam de felicidade relativa ao seu adiantamento, felicidade que consiste, não na ociosidade, mas nas funções que a Deus apraz confiar-lhes, e por cujo desempenho se sentem ditosas, tendo ainda nele um meio de progresso. (Vede 1ª Parte, cap. III, “O céu”.)
A Humanidade não se limita à Terra; habita inúmeros mundos que no Espaço circulam; já habitou os desaparecidos, e habitará os que se formarem. Tendo-a criado de toda a eternidade, Deus jamais cessa de criá-la. Muito antes que a Terra existisse e por mais remota que a suponhamos, outros mundos havia, nos quais Espíritos encarnados percorreram as mesmas fases que ora percorrem os de mais recente formação, atingindo seu fim antes mesmo que houvéramos saído das mãos do Criador. De toda a eternidade tem havido, pois, puros Espíritos ou anjos; mas, como a sua existência humana se passou num infinito passado, eis que os supomos como se tivessem sido sempre anjos de todos os tempos.
Realiza-se assim a grande lei de unidade da Criação; Deus nunca esteve inativo e sempre teve puros Espíritos, experimentados e esclarecidos, para transmissão de suas ordens e direção do Universo, desde o governo dos mundos até os mais ínfimos detalhes. Tampouco teve Deus necessidade de criar seres privilegiados, isentos de obrigações; todos, antigos e novos, adquiriram suas posições na luta e por mérito próprio; todos, enfim, são filhos de suas obras.
E, desse modo, completa-se com igualdade a soberana justiça do Criador.

Allan Kardec

12.100 – Jogos de Azar – Prêmio da Mega da Virada deve superar R$ 280 milhões


mega sena
A Caixa Econômica Federal sorteia, nesta quinta-feira (31 dez de 2015), seu prêmio mais esperado. O valor estimado do prêmio é de mais de R$ 280 milhões. O sorteio ocorre a partir das 20h35.
O apostador geralmente tem muitas dúvidas quanto ao melhor modo de jogar na Mega da Virada, pensando na forma que irá lhe dar maiores chances de vencer. Muitos optam por fazer jogos com mais números. As apostas múltiplas permitem que se jogue até 15 dezenas.
O jogo simples, com 6 números, custa R$ 3,50. No caso do jogo com 15 números, o valor da aposta sobe para R$ 17.517,50. Vale a pena o investimento?

probabilidades

12.099 – Mega Mitos Sobre Vacinas


VACINA

Vacinas causam autismo.
O estudo que propôs essa ligação já foi há muito desbancado pela comunidade médica e hoje é tido como uma das maiores fraudes da história da medicina. Milhares de crianças foram submetidas a testes e nenhuma ligação entre autismo e vacinas foi encontrada.

Vacinas proporcionam 100% de proteção.
As vacinas com a maior taxa de proteção chegam a cerca de 95% de efetividade, e não mais do que isso.

As crianças recebem mais vacinas do que seu sistema imunológico pode aguentar.
O sistema imunológico de uma criança é capaz de responder a cerca de 100 bilhões de antígenos ao mesmo tempo. A vacina tríplice viral, por exemplo, contém 24 antígenos.

Como a maioria das doenças evitáveis por vacinas está sumindo, as vacinas não são mais necessárias.
Graças à chamada imunidade de rebanho (entenda nas ilustrações), algumas doenças necessitam de um nível de vacinação alto para que não se espalhem. O sarampo, por exemplo, precisa que 95% da população seja imunizada para que não se propague.

Vacinas enfraquecem o sistema imunológico.
As vacinas são desenvolvidas para fortalecer o sistema imunológico, e não o contrário.

Vacinas são 100% seguras.
Nada na medicina é 100% seguro. Até o mais inofensivo dos medicamentos pode causar efeitos colaterais. A maior parte deles, no caso das vacinas, são brandos. Mas isso não é regra.
A imunidade conferida pela contração da doença é melhor do que a imunidade vacinal.
Apesar da imunidade conferida pela doença ser, de fato, mais “potente”, os riscos que se corre contraindo-a são bem maiores que os possíveis riscos de uma vacina.

12.098 – Desigualdade social aumenta nos EUA


O sonho americano, aquele que prega que se você trabalhar duro e fizer tudo direitinho será recompensado com uma vida de riqueza, pode estar morto. É o que indicam alguns estudos realizados em 2015. De acordo com pesquisadores, os Estados Unidos está ficando cada vez mais desigual.
As pesquisas apontam que isso é uma tendência crescente. A cada ano que passa a situação da desigualdade americana só cresce. A Economic Policy Institute (EPI), uma organização sem fins lucrativos, produziu um estudo que mostra justamente isso. O trabalho aponta que em valores reais, descontando a inflação, o americano médio está ganhando pior do que na década de 1970.
Ao mesmo tempo, os mais ricos estão ainda mais ricos. Baseando-se na lista dos 400 mais ricos da Forbes, a ong Institute for Policy Estudies calculou o que significa o montante de dinheiro que esse seleto grupo detém. O top 20 da lista tem quase o equivalente a metade de toda a população norte-americana (cerca de 152 milhões de pessoas). Somando o patrimônio das 400 pessoas mais ricas dos EUA, chega-se ao equivalente à US$ 2,3 trilhões de dólares – mais do que todo o patrimônio de 36 milhões de famílias americanas.
Mas nem tudo está piorando. O estudo da EPI também aponta que pelo menos a desigualdade salarial entre homens e mulheres tem caído nos últimos 15 anos. Os salários masculinos foram se desvalorizando ao mesmo tempo em que os femininos foram ganhando valor. Mesmo assim, o salário de um homem é em média 25% superior, nos EUA, ao de uma mulher.

12.097 – Microsoft critica serviço de internet grátis limitada do Facebook


face lixo
O Free Basics, antigo Internet.org, continua a ser alvo de críticas. Dessa vez, o serviço do Facebook que oferece internet limitada de graça recebeu comentários negativos do presidente da Microsoft na Índia, Bhaskar Pramanik.
Pramanik, apesar de dar a entender que acha que a intenção do serviço é nobre, deixa claro que o favorecimento de uns sites em detrimento de outros não se justifica. “Eu não acredito que o que o Facebook está fazendo é sobre neutralidade da rede. É sobre ajudar usuários a terem acesso à Internet pela primeira vez. Mas afirmar que é internet neutra não faz sentido”.
“Alguém está pagando por isso. E o problema é que se o operador ou um prestador de serviços tem o direito de pagar por isso, então isso limita organizações menores ou qualquer outra [que não faz parte do Free Basics]”, afirma ele. “Eu acho que nós precisamos ser muito claros que neutralidade da internet significa que todos têm as mesmas vantagens e desvantagens”.
Pramanik afirma que de acordo com o seu ponto de vista, a internet deve ser livre de quaisquer tipos de restrições. Mark Zuckerber, CEO do Facebook, escreveu um artigo na última segunda-feira, 28 de dezembro, que defendia os serviços básicos da internet, comparando-o com hospitais e bibliotecas públicas.

12.096 – Vacina contra dengue é aprovada pela Anvisa e deve ser vendida em 3 meses


vacina-contra-dengue-butanta
A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou a primeira vacina contra a dengue no país.
A vacina da multinacional francesa Sanofi Pasteur já recebeu o aval de agências reguladoras no México e nas Filipinas. Aqui, a expectativa é que ela esteja disponível para o mercado privado no prazo de três meses. Com três doses, a vacina é destinada ao público entre 9 e 45 anos de idade e tem taxa de proteção de 66% para pessoas dessa faixa etária.
A eficácia foi considerada “baixa” pelo presidente da Anvisa, Jarbas Barbosa –especialistas ainda têm ressalvas quanto ao prazo das doses, aplicadas a cada seis meses. A vacina contra a febre amarela, por exemplo, tem eficácia de mais de 90%. A vacina contra o vírus HPV, por sua vez, tem eficácia estimada em 98,8% contra o câncer do colo de útero. Sheila Homsani, diretora médica da Sanofi Pasteur, destaca que a vacina contra dengue tem eficácia de 93% em casos graves e diminui em até 80% os casos de internação.
A diretora da Sanofi Pasteur ainda pondera que 70% dos casos de dengue no país ocorrem entre a população contemplada na vacina. O que ocorre é que crianças e adultos acima de 60 anos são grupos mais vulneráveis, com maior número de casos graves.
“Quando uma pessoa é picada, nem sempre ela tem sintomas, mas está com o vírus circulando no sangue. Quando um mosquito pica de novo, pega o vírus e transmite pra outra pessoa. Quando a gente vacina 20% da população, a proteção se estende para 50% da população. São modelos matemáticos de transmissão, já comprovados. E essa é uma faixa [etária] que viaja muito. Se a gente vacinar esse grupo, vamos proteger os pequenos e maiores de 60 anos.”
REDE PÚBLICA
Em nota, o Ministério da Saúde destacou que a adoção da vacina pelo SUS (Sistema Único de Saúde) “será estudada com prioridade e levará em conta critérios como a relação custo x efetividade, eficácia e população alvo”.
A pasta ponderou ainda que o governo federal “estabeleceu prioridade” para pesquisas referentes ao mosquito aedes aegypti. “O Ministério da Saúde reforça que, neste momento, somente o combate ao mosquito Aedes Aegypti é eficiente contra a multiplicação dos casos de dengue, Chikungunya e Zika”, diz o texto.

PREÇO
A definição do preço da vacina é feita pela CMED (Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos) e, segundo ponderou Homsani, vai depender da estratégia adotada pelo governo federal para oferta do produto à população. Neste mês, o ministro Marcelo Castro (Saúde) argumentou que o custo é visto como um “problema”.
“O custo é bastante elevado. Uma dose custa em torno de 20 euros [R$ 84]. Com uma população de 200 milhões de habitantes, isso fica inviável”, disse, na ocasião. Uma ideia inicial, disse o ministro, seria oferecer a vacina para crianças e adolescentes de 10 a 14 anos, “porque é um público que se movimenta muito”.
“O preço vai depender da estratégia de implantação que o governo vai adotar. Se vai colocar no calendário público e para quem”, diz a diretora da Sanofi Pasteur. Ela destaca que a multinacional tem uma capacidade de produção anual de 100 milhões de doses. “Não há vacina para todos.”
A médica, no entanto, pondera que independentemente da comercialização do produto, a população deve se manter alerta ao combate do mosquito. “A vacina não protege contra zika e chikungunya, só contra dengue. Se as pessoas continuarem a manter água no vasinho, e o mosquito se proliferar, vamos continuar tendo casos de zika e chikungunya. Nossa preocupação é que as pessoas relaxem [no combate], e isso não pode”.

12.095-Farmacologia – Após confirmar mortes ligadas à pílula, França suspende vendas da Diane 35


diane35-20133001-original

A Agência Nacional de Segurança de Medicamentos e Produtos de Saúde (ANSM, sigla em francês) da França suspendeu nesta quarta-feira a autorização para a venda a pílula Diane 35, da farmacêutica alemã Bayer, e seus genéricos no país. A decisão foi tomada dias após a ANSM ter confirmado que o uso do medicamento, utilizado para combater a acne e também como anticoncepcional, está diretamente associado a quatro mortes por trombose ocorridas nos últimos 27 anos na França. De acordo com Dominique Maraninchi, diretor-geral da agência francesa, a suspensão deve começar a valer dentro de três meses. Ele recomenda que os pacientes não interrompam bruscamente seu tratamento nesse intervalo de tempo.

TROMBOSE VENOSA PROFUNDA

É a formação de coágulos (trombos) nas veias profundas do corpo, causando uma inflamação que pode ser leve ou grave. Os trombos podem se originar nas veias profundas ou superficiais da perna. Como o sangue das pernas vai ao coração e aos pulmões, pode ocorrer uma obstrução das artérias pulmonares (embolia pulmonar). A trombose venosa profunda pode ocorrer devido a uma lesão no revestimento da veia, um aumento das chances de o sangue coagular ou a uma diminuição da velocidade do fluxo sanguíneo. Cerca de metade das pessoas com o problema não apresenta sintoma algum.

A ANSM anunciou que iria pedir que as autoridades sanitárias do país proibissem a prescrição da Diane 35 para fins anticoncepcionais – originalmente, a pílula era um medicamento contra a acne. “É preciso parar com esse uso ambíguo e sua utilização como contraceptivo. É uma situação que durou tempo demais”, disse Maraninchi, em entrevista à rádio parisiense RTL.

Em resposta ao anúncio da ANSM, o laboratório BNesta segunda-feira,ayer divulgou uma nota na qual frisou que os riscos de coágulos sanguíneos ligados ao tratamento contra acne com Diane 35 “são conhecidos e estão claramente indicados na bula de informação ao paciente”. De acordo com a companhia alemã, o medicamento só deve ser prescrito em casos de acne e “no respeito de suas contraindicações.”

Brasil – A Diane 35 também é amplamente utilizada como anticoncepcional no Brasil. “Essa pílula está no país há mais de 20 anos. O tipo de progesterona presente no remédio é a ciproterona, conhecida por melhorar a pele e o cabelo das mulheres, além de inibir a ovulação. Por isso, ela á muito prescrita a pacientes que sofrem de síndrome do ovário policístico, por exemplo, já que essa condição faz com que a paciente seja mais propensa a ter muitas espinhas”

12.094- Automóvel – O Carro Elétrico Chegou


alx_carro-tesla-powerwall_original
Os carros elétricos são uma aposta antiga – e ponha antiga nisso. Os primeiros protótipos surgiram em 1832, antes mesmo de começarem os testes com automóveis movidos a gasolina. Em 1890, o químico escocês William Morrison apresentou uma versão capaz de transportar seis pessoas, a uma velocidade de 20 quilômetros por hora. Só que, para operar, ele precisava de 24 baterias de 14 quilos cada uma, que demoravam dez horas para ser carregadas. A evidente falta de praticidade fez com que essas versões não vingassem – abrindo espaço para a indústria automobilística que conhecemos. Nas duas últimas décadas, porém, voltaram as apostas nos veículos elétricos. São dois os motivos: 1) os avanços tecnológicos começaram a barateá-los e torná-los eficazes; 2) as preocupações conservacionistas transformaram o petróleo no grande inimigo do meio ambiente. Esses fatores instigaram a busca por alternativas mais, digamos, “verdes”. Mesmo assim, os elétricos pareciam não vingar. Sempre faltava algo. Ou eram caros demais, ou a bateria não aguentava viagens longas. Este 2015, no entanto, está terminando como um ano de triunfo para os carros elétricos. A explicação: eles provaram, como nunca, que não só são opções sustentáveis, como podem ser mais econômicos e eficientes do que os movidos a gasolina.
À frente da transição dos veículos a combustão para os elétricos está o empreendedor sul-africano Elon Musk. Apelidado de Homem de Ferro da vida real, pelo perfil que mescla genialidade com um comportamento de playboy, similar ao do super-herói dos quadrinhos e filmes hollywoodianos, Musk se considera um obcecado. Com sua SpaceX, pretende retomar o ritmo da exploração espacial. Com a So­larCity, quer encerrar as atividades das usinas de carvão e tornar a energia solar a principal fonte para o fornecimento de eletricidade nos Estados Unidos. E, com a Tesla, protagoniza a ascensão dos carros elétricos. “Novas tecnologias levam três gerações para se tornar populares. Estamos na segunda da Tesla. Na próxima, teremos veículos elétricos que custarão o mesmo que os atuais modelos populares a gasolina”, afirmou Musk recentemente. “Há um gerador enorme em cima de nós, que é o Sol. Garanto que ele será a fonte primária de energia da civilização em no máximo dezoito anos.”
Hoje, o modelo mais em conta do Tesla S não é nada em conta: sai por cerca de 70 000 dólares nos Estados Unidos. Contudo, a meta é reduzir esse preço para menos de 30 000 dólares até 2020. A concorrência também impulsiona o mercado. Existem versões elétricas de praticamente todas as principais fabricantes. A General Motors, por exemplo, apresentou em janeiro passado o Bolt EV, 100% elétrico, compacto, criado para já custar menos de 40 000 dólares e cujas vendas começam em 2016. Em breve, as concessionárias contarão com automóveis desse tipo dos mais variados modelos. Também neste ano, a Audi mostrou como será seu SUV elétrico, ainda sem preço definido, que chegará às lojas em 2018. Para acelerar a transição para os carros sustentáveis, Musk adotou uma política rara para um executivo do seu calibre. “Erramos ao brigar por patentes”, constatou. “A Tesla não terá tempo de desenvolver, sozinha, versões mais acessíveis ao público.” Por isso, Musk optou por abrir a startups, ou mesmo à concorrência, segredos técnicos de sua empresa. Assim, pretende impulsionar o setor.
A principal fronteira tecnológica a ser transposta para garantir a evolução dos elétricos é o desenvolvimento de baterias mais baratas e eficazes. Nesse quesito, a Tesla deu um largo passo em 2015 ao apresentar o Powerwall. Trata-se de um carregador que pode ser movido a energia solar, utilizado para alimentar casas ou – e este é o foco – carros elétricos. Ainda em pré-venda, custa cerca de 3 000 dólares, mede 1,30 metro e, com 100 quilos, pode ser acoplado, por exemplo, à parede de uma garagem. Com isso, tem-se, pela primeira vez, uma forma prática de recarregar os automóveis.
Aliás, realizar isso já sai mais em conta que depender de gasolina. Por serem três vezes mais eficientes no aproveitamento da energia gerada, os elétricos podem ser até 75% mais econômicos. Espera-se, ainda, que a balança penda cada vez mais para o lado dos veículos verdes. Além de se tornarem cada vez mais eficientes e econômicos, eles serão bem menos danosos à natureza. Os meios de transporte são responsáveis por cerca de 20% do consumo global de energia e 25% da emissão de dióxido de carbono – sendo esta uma das principais contribuições para o agravamento das mudanças climáticas que afetam o planeta. Com a transição, esse cenário, que culminaria em um desastre ambiental, pode ser revertido. Diz Musk: “Quando um objetivo é importante o suficiente, você faz tudo para chegar a ele mesmo que as chances não estejam a seu favor”.

12.093 – Retrospectiva Científica 2015


LOGO

O ano de 2015 foi marcado por descobertas fundamentais na ciência que deverão alterar nossas vidas daqui em diante. Tivemos desde os experimentos com os neutrinos, partículas fantasmagóricas que mudarão a teoria da matéria, até o mapeamento genético completo do homem de Neandertal, que nos mostrou uma nova linhagem extinta de seres humanos.
O Prêmio Breakthrough, criado pelo bilionário russo Yuri Milner e por gigantes da área da tecnologia como Facebook e Google, distribuiu mais de US$ 21 milhões para seis pesquisas, eleitas as mais importantes do ano. Veja que estudos são esses e quem são os cientistas que lideram os grupos de pesquisa:

1 – Optogenética

Cientistas: Edward S. Boyden e Karl Deisseroth
A optogenética é uma técnica capaz de controlar os neurônios por meio de feixes de luzes. Os cientistas são bastante otimistas com essa técnica. Eles conseguem isolar os receptores no cérebro e conduzir os tratamentos de forma mais efetiva. A expetativa é que essa técnica permita o tratamento de uma série de transtornos mentais e doenças neurológicas como Parkinson, ansiedade, fobias, vícios em drogas, depressão, autismo e esquizofrenia.

2 – Alzheimer

Cientista: John Hardy
Hardy descobriu a mutação em um gene que está diretamente associada à manifestação da doença neuro-degenerativa de Alzheimer. Com isso, ele já pode isolar esse gene e iniciar os testes de laboratórios em mamíferos para encontrar um medicamento eficiente ou mesmo a cura. Estima-se que existam no mundo cerca de 35,6 milhões de pessoas com a Doença de Alzheimer. No Brasil, há cerca de 1,2 milhão de casos, a maior parte deles ainda sem diagnóstico.
3 – Colesterol
Cientista: Helen Hobbs
As descobertas da doutora Helen Hobbs causaram frisson na comunidade médica e já levaram a produção de medicamentos que deverão estar disponíveis em breve à população. Ao estudar as mutações presentes num gene batizado com a sigla PCSK9, Helen constatou que seus portadores apresentavam concentrações baixas de LDL (mau colesterol) no sangue. A incidência de doenças coronarianas cai até 88% com a presença desse gene modificado. A cientista e sua equipe ainda têm muita pesquisa pela frente, mas as notícias são boas para quem sofre com o colesterol.
4 – Genoma do Homem de Neandertal

Cientista: Svante Pääbo
Houve um tempo em que os antropólogos tinham de se contentar com o estudo de esqueletos e fósseis. Hoje, é possível conhecer detalhes anatômicos de seres que viveram há milhares de anos com o estudo do DNA. É que o cientista sueco Svante Pääbo faz. Ele concluiu a sequência completa do genoma do Homem de Neandertal e descobriu que o H. sapiens e H. neanderthalensis se cruzaram e que nós carregamos hoje cerca de 3% de ancestralidade neandertal. Agora, Pääbo e sua equipe descobriram uma linhagem extinta dos seres humanos chamados Denisovans, pela extração de DNA a partir de um osso mindinho.
5 – Neutrinos
Cientistas: Yifang Wang, Atsuto Suzuki, Koichiro Nishikawa, Arthur B. McDonald, Takaaki Kajita e outros 1.377 cientistas que integram os grupos de pesquisa
O prêmio de Física Fundamental foi atribuído a uma comunidade de físicos que trabalham, há décadas, em túneis e cavernas em cinco locais diferentes da Terra para investigar os neutrinos – habitantes fantasmagóricas do cosmos.
Neutrinos existem em grande quantidade atravessando o espaço a velocidades próximas à da luz. É a segunda partícula mais abundante do Universo depois do fóton. Não os percebemos cotidianamente, ao contrário dos fótons, por ele interagir muito fracamente com a matéria. Grande parte é produzida pelas reações nucleares que ocorrem no interior de estrelas e que geram e também por supernovas (grandes explosões estelares). A cada segundo, 66 bilhões destas partículas fantasmas atravessam o equivalente a uma unha humana.
Em 2015, além do reconhecimento com o Prêmio Breakthrough, os físicos do neutrino levaram também o Prêmio Nobel de Física por terem comprovado que os neutrinos têm massa. O comportamento destas partículas imperceptíveis pode explicar, por exemplo, porque o mundo é majoritariamente constituído de matéria e não de antimatéria. Além disso, os neutrinos conseguem se transformar dando origem a novas formas, o que ainda é um mistério para os físicos.
6 – Variedades topológicas (manifold)

Cientista: Ian Agol
Você já ouviu em manifold? Trata-se de um conceito matemático que pode ser entendido como “variedade” em português. Na matemática, uma variedade é um conjunto de pontos num espaço, ligados por relações. Ao aplicarmos o estudo de variedade matemática à topologia, temos a “variedade topológica” que explica, por exemplo, porque a Terra parece plana para quem vive nela, mas na verdade é esférica.
Ian Agol, um matemático da Universidade da Califórnia, Berkeley, e do Instituto de Estudos Avançados, se concentra principalmente em variedades de quatro ou menos dimensões, um campo de estudo conhecido como topologia low-dimensional. Ele foi agraciado com o Prêmio Breakthrough por sua teoria geométrica de grupos, incluindo o trabalho nas soluções da mansidão, virtuais e de conjecturas.

12.092 – Biologia – “Arca Congelada” quer salvar DNA de espécies ameaçadas pela 6a extinção massiva


O que fazer para evitar que muitas espécies desapareçam antes mesmo de termos a oportunidade de estudar-las? Convencidos de que é praticamente impossível frear o processo de aniquilação de animais por ações do homem ou pelas mudanças climáticas, está em ação o projeto britânico Frozen Ark (Arca Congelada).
O nome carrega a essência da história bíblica da Arca de Noé: salvar espécies de um mundo ameaçador. As semelhanças param por aí. O projeto, baseado em Nottingham, na Inglaterra, consiste em preservar o DNA de espécies em perigo de extinção e algumas amostras ficam armazenadas em congeladores a menos de 80°C.
Muitos pesquisadores acreditam que o mundo já está enfrentando a sua sexta extinção massiva. Estudiosos defendem que os bancos de corais deverão diminuir em um quarto até 2050. Segundo a União Internacional para a Conservação da Natureza, 41% dos anfíbios e até 26% dos mamíferos estão ameaçados de extinção.
A Arca Congelada é um projeto britânico que já conta com mais de 48 mil amostras de 5.500 espécies.“ O projeto foi lançado há pouco mais de uma década pelo cientista britânico, Bryan Clarke, falecido no ano passado, e por sua esposa Ann. Eles contam com 22 parceiros em todo o mundo.
E o que será feito com este material? “Isto é para futuras gerações decidirem, quando as técnicas estiverem disponíveis,”” disse Ann Clarke, acrescentando que “se não houver o DNA preservado eles não terão mais nenhuma outra escolha.

12.091 – Sufoco na China – Chineses estão comprando ar engarrafado produzido no Canadá


ar_enlatado
No início de dezembro de 2015, Pequim, capital da China, emitiu um alerta vermelho por causa dos altos níveis de poluição do ar. Esse sinal é o nível mais grave de uma escala que vai até quatro, e nunca havia sido utilizado na história da cidade. Em menos de duas semanas após o primeiro, outro alerta foi emitido. Ar engarrafado pode não parecer uma boa ideia, mas, segundo a start-up canadense Vitality Air, a alternativa está fazendo sucesso entre os chineses.
A garrafa com ares mais puros está disponível em duas opções: oxigênio puro, com 97% de oxigênio e 3% de outros gases, ou “ar fresco e limpo”, com 78% de nitrogênio, 21% de oxigênio e uma pequena quantidade de outros gases. Se você escolher a segunda opção, ainda pode ter o seu ar enlatado no Parque Nacional Banff, em Alberta, Canadá, ou pagar um pouco a mais para que ele seja recolhido perto do lago. Com R$ 90 reais, é possível comprar 10 litros do oxigênio puro, que garante aproximadamente 200 inaladas, ou 7,7 litros do “ar fresco e limpo”, suficientes para 150 inaladas.
A companhia diz que o produto pode melhorar a ressaca, ajudar com problemas de alerta e até facilitar a performance em atividades físicas. E, claro, ele também é vendido como “a solução para a poluição”. Levando em consideração que uma pessoa respira, em média, 25.000 vezes por dia, e que o ar que mais se aproxima da nossa composição atmosférica atual é o “fresco e limpo”, se alguém quisesse viver desse ar puro, teria que gastar cerca de R$ 15 mil reais. Por dia.
“A nossa primeira remessa de 500 garrafas de ar puro acabou em quatro dias”, diz o cofundador da marca, Moses Lam. O único problema agora é suprir a demanda, já que cada garrafa é produzida artesanalmente.

12.090 -Mega Byte – Facebook e YouTube começam a disputar o mercado de vídeos


you tube
Elas praticamente se tornaram o centro do mundo digital. As redes sociais – e o Facebook em particular – se transformaram em mais que ponto de encontro. Viraram fórum para política, espaço para negócios e até espaço para “terapia sentimental”. O Facebook é grande protagonista. Em 2015, a rede de Mark Zuckerberg alcançou mais de 1 bihão de usuários e caminha a passos largos para ser uma das ferramentas mais usadas da história da humanidade.
Quem vem logo atrás é o YouTube – que acabou também sendo considerado uma rede social – só que focada em vídeos. Aliás, essa é a disputa que promete esquentar em 2016. As duas maiores, Facebook e YouTube vão travar uma batalha para ver quem manda no vídeo online mundial. Por enquanto, a propriedade do Google tem a dianteira. Mas, não dá para saber por quanto tempo.
Outras redes também ganharam força nesse ano. Foi o caso do Instagram – que também pertence a Mark Zuckerber – do Snapchat, que caiu no gosto da moçada mais jovem. E, é claro, do WhatsApp – outra propriedade de Zuckerberg. Você acha que ele manda pouco nesse mundo?
O WhatsApp também explodiu em 2015. Alcançou 1 bilhão de usuários em todo mundo. E, no Brasil, esteve no centro de uma polêmica, quando a justiça determinou o bloqueio do mecanismo por 48 horas – que acabaram virando 10, mas foram suficientes para causar uma verdadeira comoção.
Quem perdeu força em 2015 – especialmente no Brasil – foi o Twitter. Com a expansão do Facebook, o Twitter parece não ter encontrado maneiras de encarar – prova são as sucessivas desvalorizações de suas ações na bolsa de valores.