10.838 – Então Isso que é ET? Fotografado organismo vivo alienígena


micro et
Um estudo realizado recentemente por meio de imãs superpoderosos descobriu uma partícula completamente viva flutuando entre os pedaços minúsculos de detrito espacial, coletados na estratosfera terrestre.
Milton Wainwright, do Centro de Astrobiologia da Universidade de Buckingham, na Inglaterra, explicou que a imagem obtida mostra um cristal de sal, no qual é possível observar a estranha criatura, cuja forma se assemelha à de um touro, especialmente por causa de espécies de chifres que emergem da superfície. Tanto o estudo quanto suas conclusões alimentam uma teoria de base, a panspermia, que propõe que a origem da vida terrestre é alienígena.
“A imagem ilustra o que acreditamos serem micróbios alienígenas no alto da estratosfera”, afirmou Wainwright. “Nossa equipe causou um grande rebuliço nos últimos dois anos, ao afirmar que esses micróbios chegam continuamente à Terra do espaço”.
A estrutura descoberta é uma entidade amorfa, unida a um grão de sal, e pôde ser notada através da intervenção de elementos raros, como o disprósio, o neodímio, o nióbio e o lutécio, de modo que é possível afirmar que a partícula não tem relação com nenhuma forma de vida existente em nosso planeta.
“Essas massas das partículas são muito grandes para terem sido geradas na Terra e, assim como as formas de vida extraterrestres que encontramos, devem ter entrado na Terra pelo espaço”, concluiu o especialista.
Quer saber mais sobre a relação da origem na vida da terra com alienígenas?
Segundo relatos, os alienígenas cinza lidam com a pessoas abduzidas, porém sob a supervisão de um ser parecido com um louva-deus.

10.837 – Técnica para adivinhar os pensamentos


ler_mentes
Pense em um objeto. Vale qualquer coisa mesmo, e nem precisa ser bem um objeto. Pode ser uma emoção, uma pessoa, um lugar. Agora, vamos tentar adivinhar o que é fazendo algumas perguntas e você só pode responder “sim” ou “não”. É possível que você já conheça essa brincadeira. Nos EUA, esse jogo leva o nome “20 questions”, porque quem tenta adivinhar o pensamento do outro só pode fazer 20 perguntas. Num estudo recente da Universidade de Washington, 10 pessoas foram convidadas a jogar. Os cinco pares chegaram às respostas certas 72% das vezes. A novidade é que os participantes não trocaram uma palavra sequer. Aliás, eles nem mesmo estavam na mesma sala. O que aconteceu foi um caso bem sucedido de transmissão de pensamento. Em outras palavras, os participantes conseguiram ler o pensamento uns dos outros.
A experiência funcionou assim: os voluntários foram divididos em duas categorias: os “respondedores” e os “perguntadores”. Os respondedores usavam um capacete conectado com um eletroencefalógrafo, um instrumento que registra e grava as atividades cerebrais. Eles ficavam de frente para uma tela que mostrava objetos. Aí, era só eles escolherem um e aguardar as perguntas.
Num outro laboratório, os perguntadores usavam um capacete equipado com uma bobina magnética e podiam escolher o que questionar, a partir de um banco de perguntas previamente estabelecido.
Quando os respondentes recebiam as perguntas via computador, tinham que olhar para uma das duas luzes piscantes que ficavam ao lado da sua tela. Olhar para a da direita queria dizer “sim”. Olhar para a da esquerda era o mesmo que responder “não”. É aí que a mágica da ciência aconteceu. As luzes tinham frequências diferentes. Quando o respondente olha fixamente para o “sim”, o seu capacete cerebral registra essa atividade e envia para o perguntador. O mecanismo magnético do capacete do perguntador faz com que apareça um flash de luz em seus olhos. Resumindo: se aparecesse uma luz nos olhos do perguntador, significava que o cara do outro lado da cidade tinha respondido “sim” para a sua pergunta. Transmissão de pensamento de verdade.
Parece um experimento complexo (e foi mesmo), mas dá para entender melhor neste vídeo. Está em inglês, mas dá para ter a noção exata de como funcionou o mecanismo de perguntas e respostas.
Se o seu lado stalker já ficou animado, acalme-se. O pessoal da Universidade de Washington deixou claro que o objetivo da coisa toda é bem mais nobre do que simplesmente sair por aí lendo o pensamento alheio. Assim que as pesquisas na área evoluírem, pode ser possível, por exemplo, transferir informações de um cérebro saudável para um que tenha algum tipo de problema, como o de uma pessoa com transtorno do déficit de atenção com hiperatividade.

10.836 – Apagão na Rede – Facebook fica instável e sai do ar pela segunda vez em uma semana


O Facebook enfrenta instabilidade e ficou fora do ar nesta tarde de segunda-feira, 28, em nível mundial. Quem digita o endereço facebook.com recebe a seguinte mensagem:

face sorry
Na semana passada, outra queda similar já havia sido observada, mais precisamente na quinta-feira, 24. Pelo Twitter, leitores do Olhar Digital confirmaram a dificuldade para acessar a rede social.

face fora
O que aconteceu?
Por meio da plataforma de desenvolvedores do Facebook, é possível verificar que a rede social classifica a falha como uma “grande interrupção” (ou “major outage” no inglês). A ferramenta atribui a queda à indisponibilidade de uma ferramenta chamada “Facebook Graph API”.
Questionado pelo VentureBeat, o Facebook afirmou que a API do sistema de busca da rede social está indisponível. “Estamos trabalhando com nossos times de infraestrutura central para identificar a questão e iremos atualizá-los quando nós tivermos mais informações”.

10.835 – LIXO – 90% das aves marinhas têm plástico no estômago


albatroz_do_mundo_albatroz_errante3
Pesquisas anteriores indicavam que apenas 29% das aves estavam expostas à alimentação plástica. Para atualizar esse dado, os cientistas do Imperial College London, na Inglaterra, e da Organização para a Pesquisa Industrial e Científica da Comunidade da Austrália (CSIRO, na sigla em inglês) analisaram estudos publicados entre 1962 e 2012 sobre 186 espécies de aves marinhas. No início da década de 1960, os cientistas haviam encontrado plástico no estômago de menos de 5% dos animais, mas o número aumentou para 80% em 2010. Contudo, de acordo com a correção feita por um modelo computacional, que leva em consideração a crescente poluição dos oceanos, os cientistas avaliam que a parcela de espécies afetadas seria de 90%, caso os estudos tivessem sido realizados hoje. Seguindo esse ritmo, em 2050, praticamente todas as espécies serão afetadas.
“Pela primeira vez temos uma estimativa global de como o longo alcance do plástico pode afetar as espécies marinhas – e os resultados são impressionantes”, afirma Chris Wilcox, um dos autores do estudo.
Impacto na vida animal – O material encontrado no estômago dos animais inclui sacolas plásticas, tampas de garrafas e fibras de roupas sintéticas que acabaram nos oceanos depois de passar por rios urbanos, esgotos e depósitos de lixo. No entanto, as aves identificam esse material colorido e o confundem com comida. No corpo dos bichos, o plástico compromete os intestinos, causando perda de peso e, eventualmente, a morte. De acordo com os pesquisadores, durante o trabalho de campo, uma única ave carregava 200 pedaços de plástico no estômago.
O plástico tem impacto maior na vida marinha quando se acumula em uma faixa que inclui a parte mais meridional da América do Sul, da África do Sul e da Austrália, região antes considerada “limpa” dos resíduos plásticos. Segundo os autores, o impacto do plástico nas aves é “astronômica” e a única solução para esse problema é melhorar a gestão de resíduos sólidos, que pode reduzir a ameaça à vida marinha.

10.834 – A Ciência da Informação


ciencia da informação
Com o aumento do número de informações na internet, fenômeno que ocorreu no final da década de noventa e início do século XXI, foi necessário o desenvolvimento de diversos métodos para a análise e organização de grandes quantidades de informação. Entre estes novos campos de estudo surgiu a Ciência da Informação.
A Ciência da Informação tem o objetivo de analisar o processo de informação desde a sua formação até o processo em que os dados são transformados em conhecimento. Suas principais áreas de estudo são Modelagem de Dados e Análise, Logística da Informação, Planejamento da Informação e Teoria da Organização. Existem diversas áreas em que esta ciência pode ser aplicada e é mais utilizada na empresarial. Dentro das organizações, a ciência da informação é de extrema importância no que se refere a interações entre pessoas de diversos setores e entre diferentes sistemas de informação.
O profissional que estuda a Ciência da Informação pode atuar em centros de documentação de informação, bibliotecas públicas e privadas, serviços de informação, hospitais, centros culturais, organizações virtuais e como freelancers.
Como surgiu a Ciência da Informação?
Apesar do aumento dos dados que houve após a revolução digital, muito tempo atrás, a Segunda Guerra Mundial já havia feito o mundo passar pelo mesmo processo de aumento dos dados. Com o fim da 2ª G. M., o volume e o valor dos dados liberados foi enorme, o que fez o estudioso Vannevar Bush publicar um artigo na revista The Atlantic Monthly, no qual apontava todos os problemas que este crescimento causaria.
Segundo ele, os maiores obstáculos para a organização e repasse desta informação à sociedade seriam: a estrutura teórico-metodológica que existia para organizar e armazenar a informação gerada durante a a Segunda Guerra Mundial, a necessidade de recursos humanos adequados, o material para o armazenamento e sistemas para a recuperação de todos os dados.
Sobre o Dr. Vannevar Bush
Com o final da Segunda Guerra Mundial, toda a informação que era considerada secreta seria colocada à disposição dos cidadãos. No intuito de encontrar a melhor forma de organizar estes dados, o presidente Franklin Roosevelt designou o Dr. Vannevar Bush como chefe do Comitê Nacional de Pesquisa, e, posteriormente, do Office for Scientific Research and Development. Entre os anos de 1938 e 1942, ele congregou aproximadamente 6.000 cientistas da Europa e dos Estados Unidos para concentrar esforços na organização dos dados no pós-guerra.

10.833 – Sexologia – O que é a libido?


sigmund-freud-the-history-channel
A palavra libido é de origem latina e significa desejo ou anseio. A libido é caracterizada como uma energia aproveitável para os instintos de vida. Segundo os estudos de Freud o ser humano possui uma fonte de energia distinta para cada um dos instintos gerais. Para Freud, a produção, o aumento, a diminuição, a distribuição ou o deslocamento da libido proporciona a possibilidade de se explicar os fenômenos psicossexuais.
A mobilidade é uma característica importante da libido, entendida como a facilidade de alternação de uma área de atenção para outra. Na área do desejo sexual a libido vincula-se a aspectos psicológicos e emocionais.
Ao estudar o desejo humano o filósofo Santo Agostinho classificou a libido em três categorias distintas: a libido sciendi, desejo de conhecimento, a libido sentiendi, desejo sensual, e a libido dominendi, o desejo de dominar.
A energia relativa aos instintos de agressão ou de morte não possuem uma denominação específica como a libido (instinto da vida). Essa energia supostamente tem os mesmos atributos da libido, porém Freud não chegou a elucidar essa questão.
Ao estudar e definir o conceito de libido Freud também definiu a catexia. Segundo ele a catexia é o processo por meio do qual a energia libidinal contida na psique é relacionada ou aplicada na representação mental de um indivíduo, coisa ou idéia. Uma libido catexizada perde a mobilidade original, não podendo mais se mover em direção a novos objetos, uma vez que torna-se enraizada na parte da psique que a atraiu e a segurou.
Como exemplo da relação entre libido e catexia pode-se dizer que: sendo a libido uma quantidade em dinheiro, a catexia é ato de se investir esse dinheiro. Se uma parcela do dinheiro (libido) foi investida (catexizada) e permaneceu nessa hipotética aplicação, ficando uma quantia menor no montante original para que possa ser investido em outro lugar. Outro exemplo pode ser encontrado nos estudos psicanalíticos sobre o luto ao se interpretar o desinteresse da pessoa enlutada em suas ocupações normais e a grande preocupação com o recente finado. Isso pode ser interpretado como uma retirada de libido dos relacionamentos habituais e uma extrema catexia na pessoa perdida, dessa forma a teoria psicanalítica se dispõe a compreender como a libido foi catexizada de forma inadequada.
Freud defendia que a libido era amadurecida através da troca do objeto ou objetivo, argumentando que os homens são “polimorficamente perversos”, querendo dizer que existe uma enorme variedade de objetos que podem tornar-se uma fonte de prazer. Ao mesmo tempo em que as pessoas se desenvolvem, elas também se fixam em diferentes objetos de acordo com a etapa de desenvolvimento: a etapa oral (prazer dos bebês na lactação); a etapa anal (prazer das crianças no controle da defecação); e a etapa fálica (prazer genital). Na concepção freudiana cada fase é uma progressão visando o amadurecimento sexual, caracterizada por um forte Eu e a capacidade de retardar o desejo por recompensas.

10.832 – Ciência da Sobrevivência – Vida no Calor e Vida no Frio


frio e calor
1. Definição dos termos calor e temperatura.
O termo calor refere-se a uma energia em trânsito que flui do corpo de maior temperatura para o corpo de menor, já temperatura representa a agitação molecular do sistema.

2. Relacionalidade entre o termo atrito ao aumento de temperatura.
Quanto maior for o atrito molecular, maior será a temperatura medida, e vice-versa.

3. Definição de equilíbrio térmico.
Condição pela qual dois corpos colocados em contato não trocam calor entre si, ou seja, estão à mesma temperatura.

4. As condições para que um organismo “sinta frio” ou “sinta calor”.
Um organismo sentirá frio se for colocado em um ambiente de temperatura mais baixa do que sua temperatura basal, sentirá calor se sua temperatura basal estiver menor do que à ambiente.
5. Onde se perde mais calor, no ar ou na água, ambos em temperatura ambiente.

Se perde mais calor na água, pois a densidade molecular é maior no estado líquido do que no estado gasoso.

6. O que pode ser entendido pelo fato de um organismo vivo possuir um regulador térmico?
Significa que o organismo vivo possui um sistema que trabalha para manter a sua temperatura corporal constante, independente da temperatura ambiente.

7. As condições para a ocorrência de troca de calor entre dois corpos.
Dois corpos poderão trocar calor se forem colocados em contato e estiverem com temperaturas iniciais diferentes entre si.

8. A razão pela qual povos nativos do deserto cobrem-se com peças de roupas mesmo em um ambiente árido.
A razão de usar-se roupas em ambientes áridos está no fato de procurar-se evitar a perda de água corporal por evaporação, pois caso contrário a perda de água pela ação direta dos raios solares seria intensa.

9. Limite inferior e superior de temperatura.
Pode-se cogitar um limite inferior de temperatura, que é de zero Kelvin, ou -273°C, apesar de na prática esta temperatura ainda não ter sido atingida. Entretanto, não se pode cogitar um limite superior de temperatura.

10. Os princípios de funcionalidade da garrafa térmica e do isopor.
Tanto a garrafa térmica quanto o isopor utilizam o mesmo princípio de isolamento térmico: a existência de pouca massa material (baixa densidade) ao redor do material no qual deseja-se manter a temperatura.

10.831 – Neurocirurgião anuncia a possibilidade da vida eterna


Da Super para o ☻Mega
Da Super para o ☻Mega

Não é a primeira vez que o neurocirurgião italiano Sergio Canavera causa rebuliço na comunidade científica. Depois de anunciar, há alguns meses, seu projeto de transplantar uma cabeça humana, o especialista revelou, recentemente, que já tem data e local para a cirurgia – ela acontecerá em dezembro de 2017, na China. No entanto, Canavero foi mais longe ainda ao declarar que esse procedimento será o primeiro passo para alcançar a imortalidade humana.
Vários críticos se manifestaram em todo o mundo, apontando a impossibilidade de se realizar uma operação de tamanha complexidade. Já o médico e sua equipe se preparam há anos não apenas para enfrentar os contratempos que a operação pode apresentar, mas também para responder aos problemas legais que ela acarreta. É que os dilemas éticos que se abrem diante da perspectiva de tal avanço médico não são poucos: na China, por exemplo, ainda ressoam os ecos do escândalo sobre o uso de órgãos de presidiários mortos, sem o consentimento dos mesmos, para a realização de experimentos científicos.
Enquanto o mundo debate as implicações morais que aparecerão se o neurocirurgião for bem-sucedido em sua empreitada, o russo Valery Spiridinov, que sofre da rara doença degenerativa de Werdnig-Hoffmann, ofereceu-se voluntariamente para ser cobaia da operação. Apesar de muitos médicos terem declarado à imprensa que, no caso de o paciente sobreviver à operação, o processo de recuperação poderá ser “pior que a morte”, Spiridonov alega que está disposto a correr esses riscos, com a perspectiva de poder cuidar de si mesmo no futuro. Para isso, o russo terá sua cabeça separada de seu corpo por vários minutos, e ficará um mês em coma, se tudo correr bem depois da cirurgia.

10.830 – Mega Techs – Água potável sem cloro


purificador
Quase 750 milhões de pessoas não têm acesso a água potável. E, se você fosse uma delas, esse simples copo d’água poderia transmitir uma série de doenças. A mais comum delas, a diarreia, causa 2,2 milhões de mortes por ano, segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde).
Há formas tradicionais de fazer isso (adicionando cloro à água, por exemplo). Mas também há uma maneira nova. Trata-se de um filtro de papel com nanopartículas de prata que matam 99,9% das bactérias. O material foi desenvolvido pela pesquisadora Theresa Dankovich durante seu pós-doutorado em química na McGill University, no Canadá.
Em parceria com a organização Water Is Life, ela conseguiu transformar seu projeto de pesquisa em um produto: o Drinkable Book, um livro sobre a importância da qualidade da água, cujas páginas funcionam como filtros. São 25 folhas, cada uma com dois filtros. E cada um deles, por sua vez, é capaz de purificar até cem litros de água.
“O cloro é barato e funciona, mas, embora esteja disponível há cerca de um século, tem um uso limitado, principalmente devido ao sabor”, conta Theresa. “Além disso, a desinfecção com cloro também requer uma dosagem complexa, que varia conforme a qualidade da água.” Segundo ela, os filtros do Drinkable Book não alteram o gosto nem trazem qualquer risco de efeito colateral para os usuários.
Outras vantagens do livro são o potencial educativo, a portabilidade e o preço. “Tentamos manter os custos tão baixos quanto possível, e o objetivo é criar filtros que custem menos de US$ 10 centavos cada um. Idealmente, esses filtros seriam vendidos em supermercados normais. Como o livro contem 50 filtros, nossos custos com material seriam de US$ 5. Incluindo os gastos com impressão e encadernação, o livro custaria menos de US$ 10”, estima Theresa.
A comercialização ainda depende, porém, de alguns fatores. Um deles é ampliar a produção do projeto piloto, para reduzir custos. Outro é pesquisar outras opções de design, para que o filtro de papel seja facilmente incorporado às práticas tradicionais de armazenamento e purificação da água. Para viabilizar essas medidas, a equipe do Drinkable Book tem lançado campanhas de doação na internet.
Enquanto isso, os filtros já vêm sendo testados no mundo real. Theresa já avaliou o desempenho do material em 25 fontes de água, em cinco países (Gana, Haiti, Quênia, África do Sul e Bangladesh). “Quando terminarmos os testes em Gana e em Bangladesh, estaremos prontos para distribuir os filtros de maneira mais ampla em alguns países selecionados”, conta a pesquisadora, que fez manualmente cada página de 50 exemplares do Drinkable Book.

10.829 – Cinema – Os 10 mais pirateados da semana


Cineminha Pirata
Cineminha Pirata

Saiu mais uma lista com os filmes mais pirateados da semana. Desta vez, o pessoal do TorrentFreak identificou quatro novatos no ranking: O Exterminador do Futuro: Gênesis; Terremoto: A Falha de San Andreas; Missão: Impossível – Nação Secreta; Magic Mike XXL.
Tomorrowland
O Exterminador do Futuro: Gênesis

Terremoto: A Falha de San Andreas
Os Vingadores: A Era de Ultron
Minions
Missão: Impossível – Nação Secreta
Mad Max: Estrada da Fúria
Férias Frustradas
Magic Mike XXL
Quarteto Fantástico

10.828 – Mega Polêmica – Tecnologia cria ou destrói empregos?


tecnologia-net
Há quem critique – e muito – a adoção de tecnologia no mercado de trabalho. Dizem que braços mecânicos, drones, máquinas inteligentes e até cognitivas roubam cada vez mais postos de trabalho de milhões de seres humanos em todo o Planeta. Outros apostam no contrário; a integração humanos e máquina nos levará a uma nova revolução industrial. E agora?!…
A discussão não é nova. Há mais de 200 anos, quando a mão de obra intensiva começou a ser substituída por máquinas, a tecnologia passou a ser vista por alguns como um grande mal! Pior é que alguns estudos levam mesmo a entender que esta é a realidade: na União Européia, um instituto de pesquisas afirma que mais da metade das vagas corre o risco de sumir nas próximas décadas. Outro levantamento da Universidade de Oxford faz o mesmo alerta para os Estados Unidos.
Do outro lado – no qual, particularmente, a gente acredita mais – pesquisas bastante complexas e interessantes revelam que, nos últimos anos, a tecnologia ajudou a criar mais emprego do que a destruir. Um estudo em conjunto da Universidade de Uppsala, na Suécia, e da London School of Economics, na Inglarerra, que analisou o mercado de trabalho em 17 países entre 1993 e 2007, defende que a tecnologia tem tido papel essencial na produtividade e no crescimento econômico. Ainda mais recente e até premiado, um relatório de economistas da Deloitte também afirma que, nos últimos 140 anos – pelo menos no Reino Unido – a tecnologia tem ajudado a criar mais empregos; não o contrário.
Em alguns setores, o estudo reconhece que a tecnologia tem eliminado empregos. Mas, será que estes postos de trabalho valem a pena ser preservados? Segundo o relatório, a tecnologia substitui diretamente apenas a mão de obra pesada. E isso é sinônimo de aumento na produtividade, embora diminua vagas em um certo cargo. No Reino Unido, o primeiro setor a sentir o efeito dessa substituição foi a agricultura.
Por outro lado, a tecnologia eleva a criação de cargos com atividades mais voltados ao conhecimento; à capacidade intelectual do profissional. Em alguns sectores, incluindo a medicina e a educação, a tecnologia aumentou a produtividade e o emprego, garante o relatório.
Mais do que isso, o mundo digital possibilitou a coexistência de muito mais pequenas empresas – as tão populares start ups – a fazer parte do ecossistema econômico mundial. Essa realidade vai totalmente na contramão da ideia da eliminação de empregos.
A conclusão dos autores do relatório é que o mercado de trabalho continuará a encontrar mudanças e verá mais profissões serem extintas, mas também novas serem criadas. As máquinas cada vez mais autônomas e inteligentes até podem assumir tarefas repetitivas e trabalhosas, mas não estão perto de eliminar a necessidade de trabalho humano.

10.827 – Eclipse total da Superlua é visto das Américas ao Oriente Médio


eclippse glif

O eclipse total da Lua pôde ser observado durante mais de uma hora neste domingo (27), das 23h11 até 0h23 (horário de Brasília), do continente americano até o Oriente Médio.
O astro, que não produz luz própria e aproveita a que recebe do Sol, esteve alinhado com o Sol e a Terra.
saiba mais
FOTOS: A Superlua pelo mundo
Moradores de SP observam Superlua em planetário
Superlua e eclipse total ocorrem ao mesmo tempo na noite deste domingo
Blog do Observatório: Entenda o eclipse da Superlua
Em seu ponto mais próximo da Terra e em fase cheia, a Lua parece maior e mais luminosa, por isso é chamada de Superlua. Além disso, o eclipse total fez com ela ficasse vermelha, um fenômeno magnífico que só voltará a acontecer em 2033.
Os admiradores que conseguiram contemplá-la foram presenteados com um espetáculo da natureza.
A Lua desapareceu do nosso campo de visão, privada dos raios solares, e reapareceu pintada de vermelha – por isso, também é conhecida como “lua sangrenta” ou “lua de sangue”. A transmissão foi feita pelo site da rede de observatórios Slooh e reproduzida no Youtube.

eclipse3

eclipse1

10.826 – Astronomia – Chegaram as águas de Marte


marte
Dados colhidos por uma espaçonave da Nasa confirmam que fluxos de água salobre escorrem pela superfície de Marte todos os verões. O achado aumenta dramaticamente a possibilidade de que exista, ainda hoje, alguma forma de vida no planeta vermelho.
O estudo, liderado por Lujendra Ojha, do Instituto de Tecnologia da Georgia, em Atlanta, acaba de ser publicado online pela revista científica “Nature Geoscience”. A Nasa também preparou uma entrevista coletiva para anunciar os resultados. Aliás, muita gente passou o fim de semana roendo as unhas depois que a agência espacial americana anunciou que um “grande mistério marciano” seria solucionado nesta segunda-feira.
O tal mistério é conhecido entre os especialistas pela sigla RSL (recurring slope lineae, ou linhas recorrentes de encosta). São faixas estreitas que aparecem na borda de algumas crateras e em algumas montanhas de forma sazonal — crescendo e se aprofundando no verão e depois suavizando e sumindo durante o inverno. (O ano marciano tem 687 dias terrestres, de forma que as estações duram lá praticamente o dobro das nossas aqui.)
Descobertas em 2011 pelas imagens do poderoso satélite Mars Reconnaissance Orbiter (MRO), essas linhas recorrentes sempre pareceram evocar a presença de água. Que outro mecanismo poderia produzi-las? Tanto o fato de serem sazonais, como sua aparência e a coincidência com os períodos mais quentes (em alguns momentos atingindo temperaturas acima de 0 graus Celsius, o que para Marte é um calorão) pareciam apontar para água.
DE ONDE VEM A ÁGUA?
Esse é o fim de um mistério, mas também é o começo de outro. Se agora já sabemos — tão certamente quanto se pode determinar da órbita marciana — que a água flui todo verão nessas ranhuras, ainda não temos a mais vaga ideia de onde o líquido está indo.
Algumas hipóteses estão na mesa. Pode ser gelo, sob o solo, que derrete no verão. Note-se que a presença de sais na água reduz significativamente o ponto de congelamento, tornando mais fácil sua transição para o estado líquido. Ainda assim, os cientistas acham improvável que o gelo possa estar tão perto da superfície em regiões equatoriais.
Alternativamente, eles evocam a possibilidade de algum aquífero subterrâneo, mas também é uma ideia meio estranha. Por fim, há a perspectiva de que a água se forme a partir da atmosfera — vapor d’água que se condensa em torno dos sais e produz as ranhuras. “É concebível que as RSL estejam se formando em partes diferentes de Marte por mecanismos de formação diferentes”, apontam os cientistas. Em essência, um jeito chique de dizer que eles não sabem ainda como a coisa funciona.

10.825 – Mega Curiosidades – Um Hotel Castelo de Areia


hotel castelo

Já parou pra pensar quantos castelos de areia você deixaria de construir? E a sua imaginação, que fluía nas mais variadas histórias, cada vez que terminava uma maravilha da engenharia praiana? E se você tivesse a oportunidade de reviver esses tempos e se inserir nas histórias incríveis que envolviam os seus castelos de areia? Se você pudesse entrar e passar algumas noites na sua construção de areia? Como você se sentiria?
Infelizmente, é provável que você não consiga de fato saber, pessoalmente, como é um castelo de areia por dentro ainda em 2015, mas esta matéria pode te dar uma pequena noção disso. Foi erguido o primeiro hotel “castelo de areia” na Holanda, para coincidir com o festival anual de esculturas de areia, neste ano, promovido nas cidades de Oss e Sneek.
A construção inclui dois castelos de 8 metros de altura, com apenas um quarto cada, de paredes finas revestidas com uma camada reforçada de areia. Tudo isso trabalhado para não se dissolver com os ventos e as chuvas. São duas grandes esculturas, sendo uma com a temática do Exército de Terracota, e a outra de um castelo da era medieval.
As criações foram inspiradas nos hotéis de gelo da Suécia e da Finlândia e, assim como eles, que são temporários, os “hotéis castelo de areia” terão um tempo limite para ficarem em pé. As duas esculturas vão ser postas abaixo no começo de outubro, quando termina o festival.
Mesmo assim, a estrutura, além de bonita pelo acabamento em areia, é muito bem equipada e não parece temporária. As suítes contam com uma cama king size, carpete, banheiro de água corrente, eletricidade, janelas e WiFi. O pernoite do hotel custa US$ 235 (cerca de R$ 1 mil) para o casal e inclui café da manhã, uma garrafa de espumante e um tour pelo festival de esculturas de areia.
Ainda dá para tentar fazer uma reserva pelo site zandhotel.nl, caso você tenha tempo e dinheiro disponíveis. Se esse não for o seu caso, mas mesmo assim tiver vontade de conhecer um castelo de areia por dentro, fique tranquilo: os organizadores planejam repetir a construção durante o festival do ano que vem.

castelo d areiahotel castelo2

10.824 – Nova descoberta sobre as Células Tronco


células-tronco
A mais nova notícia sobre essa área é que alguns cientistas conseguiram um feito surpreendente e tão simples que eles mal acreditaram. Eles transformaram células sanguíneas velhas em células-tronco em um processo rápido.
E como isso foi feito? Com a adição de uma substância ácida no material que ficou imerso, nomeando esse novo perfil de células-tronco como STAP (stimulus-triggered acquisition of pluripotency) — aquisição desencadeada por estímulos de pluripotência.
De acordo com a BBC UK, a equipe de cientistas japoneses experimentou o método após observar um fenômeno semelhante em plantas, em que o stress ambiental pode transformar uma célula normal em uma imatura.
Dessa forma, novas plantas poderiam crescer a partir de uma célula mais jovem. No caso dessa nova descoberta, o stress ambiental poderia ser reproduzido em um ambiente ácido. Com a transformação das células, o material foi injetado em um embrião de rato, que se desenvolveu perfeitamente com as células reprogramadas.

Novas expectativas
Dr. Haruko Obokata, do Centro Riken de Biologia do Desenvolvimento do Japão, disse que ficou realmente surpreso que as células poderiam responder ao ambiente dessa forma e acrescentou: “É emocionante pensar sobre as novas possibilidades que essas conclusões nos oferecem, não só na medicina regenerativa, mas para o câncer também”.
O avanço foi obtido com células de sangue do rato, mas a investigação está ocorrendo agora para alcançar os mesmos resultados com sangue humano. Chris Mason, professor de medicina regenerativa da Universidade College London, disse que, se o processo também funcionar em humanos, a era da medicina personalizada finalmente chegará.
Mason afirmou à BBC: “Eu pensei: `Meu Deus isso é uma virada de jogo! É uma descoberta muito excitante, mas surpreendente. Parece um pouco bom demais para ser verdade`, mas, pelo número de especialistas que verificou isso, eu tenho certeza que é. Se funcionar em pessoas, assim como nos camundongos, parece mais rápido, mais barato e possivelmente mais seguro do que outras tecnologias de reprogramação celular”.
Por exemplo, a descoberta pode ser muito importante para os casos de degeneração macular relacionada com a idade, o que provoca a perda de visão. Atualmente, são necessários 10 meses para ir da amostra da pele de um paciente para uma cultura de células-tronco que possa ser injetada nos olhos — e tudo isso com um enorme custo.
O professor Mason disse que, com esse novo processo, o tempo seria reduzido drasticamente, permitindo economia de dinheiro e um tratamento mais acessível, já que também os componentes para o preparo seriam mais baratos.

Revolucionária
Apesar de surpreendente e muito promissora, a descoberta precisará de mais pesquisas e aval de toda a comunidade científica para começar a ser praticada efetivamente. Tanto que alguns especialistas já estão dando os seus pareceres sobre ela.
Segundo a BBC UK, a descoberta foi descrita como notável pelo professor Robin Lovell-Badge, do Conselho de Pesquisa Médica, e como “uma grande descoberta científica e uma abordagem revolucionária” pelo Dr. Dusko Ilic, um especialista na ciência de células-tronco no Kings College London.
Porém, Dr. Dusko acrescentou: “Vamos precisar usar as mesmas precauções nas células geradas neste modo que as utilizadas nas células isoladas de embriões ou reprogramadas com um método-padrão”.
Já o professor Lovell-Badge disse: “Ainda levará um tempo até que a natureza dessas células seja compreendida e para descobrirmos se ela pode vir a ser útil para o desenvolvimento de terapias. Porém, o que será realmente intrigante de analisar é qual o mecanismo por trás de como uma substância de pH ácido desencadeia a reprogramação — e por que isso não acontece quando tomamos limão ou vinagre?”.

10.823 – Neurociência – Um cérebro criado em laboratório


cerebro artificial
Uma equipe de cientistas da Universidade Estadual de Ohio, nos Estados Unidos, afirma ter criado o primeiro cérebro humano “quase completo” em laboratório. De acordo com os pesquisadores, ele pode ser a chave para a compreensão de doenças neurológicas, como Alzheimer e Parkinson. O anúncio do experimento foi feito pelo neurocientista Rene Anand, durante um simpósio militar sobre pesquisas de saúde em Fort Lauderdale, na Flórida. O cérebro, que se assemelha ao de um feto humano de cinco semanas, possui o tamanho de um ervilha. Para construir a miniatura, a equipe diz ter transformado células adultas da pele em células-tronco pluripotentes induzidas (IPS), que têm grande capacidade de se transformar em qualquer tecido humano. Em laboratório, elas foram induzidas a desenvolver as diferentes células do cérebro e mesmo a medula espinhal.
De acordo com Anand, o processo levou 12 semanas para ser concluído. A equipe, entretanto, não conseguiu construir uma rede de vasos sanguíneos para o “mini-cérebro” – para isso, seria necessário um coração artificial, que ajudaria as próximas etapas do desenvolvimento.
Cérebro de laboratório – Já houve outras tentativas de criar um cérebro “in vitro”. A mais recente, descrita em um artigo de 2013 na revista Nature, foi capaz de criar um modelo que se assemelhava ao cérebro de fetos humanos de nove semanas, mas faltavam células importantes. Segundo Anand, dessa vez o time de pesquisadores conseguiu reproduzir 99% das estruturas cerebrais, um processo complexo e difícil de ser reproduzido em laboratório.
Mesmo com tudo isso, o modelo, que seria o mais completo já desenvolvido pela ciência, não é consciente, ou seja, não “pensa”, e seria apenas uma plataforma para estudos e testes farmacológicos que não levantaria questões éticas.
Publicação – Em geral, os avanços científicos importantes são divulgados em publicações especializadas, após avaliações de comitês independentes. No entanto, o experimento da Universidade Estadual de Ohio ainda não foi descrito e publicado e, de acordo com Anand, isso aconteceu porque o processo para a criação do cérebro “in vitro” ainda não foi patenteado. Por isso, muitos especialistas da área têm dúvidas sobre o potencial do experimento e dizem não conseguir avaliar sua qualidade.

10.822 – Tabaco para criar ingrediente-chave no tratamento do câncer


cancer tratamento

Isso graças a uma replicação do Etopósido, um medicamento de quimioterapia utilizado para tratar tumores do pulmão, ovários, testículos, bem como o linfoma. Não existem, atualmente, maneiras de produzir o medicamento sem um composto chamado podofilotoxina, encontrado naturalmente em uma planta rara, chamada “Himalayan mayapple”.
Agora, cientistas da Universidade de Stanford, na Califórnia, EUA, podem ter conseguido reconstruir geneticamente a planta do tabaco para criar um novo composto, superando um dos principais ingredientes necessários para criar Etopósido.
No momento os fabricantes da droga confiam na planta “Himalayan mayapple”, que está em risco de extinção, para seu ingrediente vital. Mas ela cresce muito lentamente e só é encontrada no Himalaia. Por isso, os investigadores centraram-se em quatro genes que são conhecidos na produção de podofilotoxina, e, em seguida, analisaram os ​​dados genéticos da planta do Himalaia para identificar genes semelhantes. Então, manipularam uma planta do tabaco para expressar novos genes e identificar os compostos resultantes no tecido foliar.
No total, os autores identificaram seis novos genes que, combinados com as quatro originais, produzem um novo ingrediente, chamado desmetil-epipodofilotoxina. Os pesquisadores disseram que ele supera a podofilotoxina como um ingrediente-chave para o medicamento de quimioterapia.
A professora Elizabeth Sattely e sua estudante de graduação, Warren Lau, da Universidade de Stanford, disseram que a podofilotoxina, um produto químico da planta do Himalaia, é o precursor natural para Etopósido, “usado em dezenas de regimes de quimioterapia para uma variedade de doenças malignas”. Eles têm isolado o método pelo qual se pode recriar esta substância em plantas de tabaco, e esperam que o método possa ser aplicado a outras plantas.
O trabalho, publicado na revista Science, pode levar a um fornecimento mais estável da droga e permitir que os cientistas consigam torná-la mais segura e eficaz. Muitas das drogas utilizadas para tratamento de dores e luta contra o câncer foram inicialmente identificadas em plantas, algumas das quais estão em risco de extinção ou demoram para crescer. Em muitos casos, as plantas ainda são a fonte primária da droga.
“O que foi marcante para nós é que, com tantos produtos naturais de plantas usadas ​​atualmente como drogas, nós temos que cultivar a planta, então isolar o composto”, disse Elizabeth, revelando que a equipe espera, eventualmente, produzir o medicamento em leveduras.
“A grande promessa da biologia sintética é ser capaz de projetar caminhos da natureza, mas se nós não sabemos o que as proteínas são, então não podemos sequer começar este esforço”, finalizou.

10.821 – Mega Cult – Uma Mega Biblioteca


klementinum-national-library-czech-republic-1
Bibliotecas definitivamente não são apenas edifícios construídos para abrigar livros. Em termos práticos, elas podem até ter essa finalidade, mas a verdade é que são algo muito mais especial do que isso. Há algo de mágico no ar das bibliotecas. É como se as incontáveis obras literárias que repousam serenas em suas prateleiras concedessem sacralidade ao lugar. Penso nos livros como materializações empoeiradas das ideias de seres humanos que deixaram este mundo há muito tempo. Ou, em alguns casos, de autores que ainda vivem – todos se encontram na biblioteca. É ali, naquele templo democrático do saber, que o conhecimento da humanidade se condensa dentro de miolos e lombadas, tornando-se eterno e maravilhosamente acessível.
Muitas bibliotecas não são belas apenas no aspecto simbólico: várias delas são construções majestosas que contribuem ainda mais para o ar sagrado que domina o ambiente. É o caso do Clementinum, que fica em Praga, na República Tcheca. Ele foi eleito pelo site Bored Panda como a biblioteca mais bonita do mundo. Construído em 1722, o edifício é uma pérola da arquitetura barroca. O Clementinum abriga cerca de 20 mil livros e foi por muito tempo considerado como o terceiro maior colégio jesuíta do mundo. O teto é repleto de afrescos do pintor Jan Hiebl.

the-klementinum-national-library-czech-republic-7

10.820 – Espiritismo – 3 cartas inacreditáveis que Chico Xavier psicografou


super espiritismo
Da Super para o Mega

Durante mais de 60 anos, Chico Xavier confortou pessoas desconsoladas de todo o Brasil em busca de notícias de seus parentes mortos. Teria mantido comunicação com milhares de espíritos e psicografado suas mensagens, recheadas de informações íntimas, nomes de parentes e condições da morte que só as famílias reconheciam.

Veja abaixo três cartas cheias de detalhes sobre a vida dos mortos, que o médium não teria como saber.
O menino que se despediu da família
Morto aos 3 anos, depois de cair de bicicleta, o pequeno Rangel teria escrito uma carta à mãe, Célia, e ao pai, Aguinaldo, psicografada por Chico Xavier, um ano após sua morte. Como morreu antes de ser alfabetizado, sua carta traz uma caligrafia de traços infantis, de quem começa a desenhar as letras. A mãe lembra que, antes de Chico ler a carta de Tetéo, em uma reunião no Centro Espírita da Prece, em Uberaba, um médium ao seu lado lhe disse: “Seu filho está aqui, correndo, e a toda hora vem lhe abraçar. Agora, ele está escrevendo a carta com a ajuda do avô”, informação mencionada na mensagem escrita por Chico.
Trecho 1

Querido papai Aguinaldo e querida mamãe Célia, com vovó Lia. Sou eu o Tetéo (A) . Estou com o meu avô Lico (B) e com a minha tia Gilda (C). Vovô me auxilia a escrever porque estou aprendendo. Estou vendo a tia Lé (D)

Trecho 2

Eu estou vivo e vou crescer. Estou aprendendo a escrever só para dizer ao seu carinho e ao carinho da mamãe Célia que não morri (E).

Trecho 3

Vou aprender muitas coisas e muitas lições para saber escrever melhor. Mas já estou mais adiantado que a Mariana (F) e creio que o Aguinaldinho (G) ficará satisfeito. Papai, mamãe, Vó Lia e Tia Lé, não posso escrever mais porque fiquei cansado de fazer letras. Mas quando eu puder, voltarei. Estou com muitas saudades (…)

Informações que Chico desconhecia
A. O apelido do pequeno Rangel era Tetéo.
B. Vô Lico era como Tetéo chamava o seu avô materno, Manoel Diniz, morto em 1979, que presidiu o Centro Espírita Luiz Gonzaga, fundado por Chico, em Pedro Leopoldo.
C. Tia Gilda era uma tia do pai de Tetéo, Aguinaldo. Ela morreu em 1954. O próprio Aguinaldo se lembrava pouco da tia, que faleceu quando ele tinha apenas 4 anos. Tetéo, claro, não a conheceu.
D. Tia Lé era uma amiga da família que estava na reunião no dia que supostamente o espírito de Tetéo teria escrito a carta.
E. Célia, a mãe de Tetéo, fazia perguntas a si mesma, no íntimo, sem compartilhá-las, sobre a morte do caçula. Uma delas era a dúvida se Tetéo continuaria seu desenvolvimento, interrompido tão precocemente – pergunta respondida na mensagem.
F. Mariana era a irmã de Tetéo. Chico podia até saber disso porque era amigo da família, mas Tetéo menciona uma característica da irmã só conhecida pelos mais próximos: que a garota não era tão aplicada nos livros.
G. Aguinaldinho era o irmão mais velho de Tetéo, conhecido por ser o CDF da família, com quem Tetéo se compara na carta.

cartas_chico_xavier_2

O professor influente
Nascido em 1862, Arthur Joviano foi um educador brasileiro conhecido no final do século 19 por ter liderado a primeira reforma no ensino primário de Minas Gerais. Era professor de português e autor de livros pedagógicos. Após sua morte em 1934, ele teria voltado a fazer contato com a família através de Chico Xavier que, na época, era subordinado de seu filho, Rômulo, no Ministério da Agricultura. As cartas de Arthur Joviano marcaram o início da psicografia do médium mineiro e resultaram no livro Sementeira de Luz, com 670 páginas. A mensagem abaixo é de 13 de janeiro de 1941.

Trecho 1

Meus caros filhos e queridos netos, seja a paz de Deus a alegria de vocês todos.Na visita afetuosa de sempre, renovo-lhes minha dedicação de cada dia. Durante quase todo o dia em que se comemorou seu aniversário, minha bondosa Maria (A), estive ao seu lado com os votos paternais de muito amor, pedindo a Deus por sua saúde e tranquilidade. À noite, sua e nossa amiga Helena (B) trouxe muitas flores. Você não as viu, mas recebeu-lhes o perfume no coração. (…)

Trecho 2

Agora que vocês se dispõem a viagens (C) novas, fiquem convencidos de que repartirei o tempo disponível entre as duas zonas opostas – norte e sul. Lembram nossa troca de ideias quando se organizavam para a primeira viagem à Fortaleza? Como veem, as experiências se repetem, apenas com a renovação dos detalhes. Estimo que Roberto (D)

Trecho 3

(…) aproveite bastante. Há sempre o que aprender no livro diário da experiência humana. Em face do “êxodo”, penso nas galinhas dele e recomendo não se esquecer de recordar os que ficam. Não preciso dizer da necessidade das aves na rotina habitual dos serviços da casa. Creio que, de todas as expressões domésticas, em nos referindo a animais menores, são as aves que mais falta sentem das mãos que as assistem. Relativamente a você, Wanda, não se inquiete com respeito ao rosto (E). Havemos de auxiliar a passar esta “ponte” de dificuldades naturais. Trate-se direitinho. (…)

Informações que Chico desconhecia
1. Maria é nora de Arthur, mulher de Rômulo, seu filho, e mãe de Roberto e Wanda.
2. Helena era amiga de Maria e de suas irmãs e que morreu muito jovem.
3. Maria e Rômulo, que viviam em Pedro Leopoldo, estavam planejando ir ao Rio visitar a família Joviano que lá residia.
4. Roberto é neto de Arthur, filho de Rômulo e Maria.
5. Wanda é sua neta, irmã de Roberto, que na época estava com um problema de pele.

Informações que Chico desconhecia
A assinatura feita por Chico bate com a assinatura de Arthur em documentos oficiais.
3. O filho que não quis partir
Quarto filho de Aníbal e Adélia Figueiredo, William nasceu em Belo Horizonte, em 1924. Aos 17 anos, ingressou no Exército, quando ficou doente por causa de um calo infeccionado. Passou meses a fio no hospital, mas a infecção progrediu para uma gangrena irreversível que o levou à morte em setembro de 1941. Apenas um mês depois, supostamente, o espírito de William começou a enviar cartas psicografadas por Chico Xavier à sua mãe e não parou mais até a morte da matriarca, na década de 1980.
Trecho 1

Querida mamãe, peço ao seu bom coração me abençoe e, por minha vez, rogo a Deus que nos ajude a vencer suas lutas de sempre. Sua alma sensível continua atravessando o perigoso mar das provas e prossigo ao seu lado, somando, quando lhe faltam, forças no leme para a condução do barco, sei como lhe dói a tempestade dos últimos dias. Para o espírito materno, as nuvens do horizonte dos filhos são sempre mais pesadas e mais tristes. Multiplicam-se as dores, os receios, as aflições (A).

Trecho 2

Entretanto nesse pedido, eu desejo apelar para o Wilson (B) para que ele transforme o caminho, melhorando-o. Diga-lhe, em nome de minha dedicação fraternal, que a vida humana é um eterno aprendizado divino do qual não nos desviaremos sem graves consequências. Ele (Wilson) agora é casado, é esposo e é pai. O Divino Senhor, que eu percebo melhor presentemente, conferiu-lhe deveres verdadeiramente sagrados. Lourdes (C) e o filhinho constituem-lhe agora um sublime propósito ao qual está preso por laços sacrossantos. Não é justo que se perca,

Trecho 3

Através de aventuras, complicando o futuro (D) e perdendo os melhores anos da existência. (…) Como lhe acontece, estou também preocupado com ele. Quisera voltar aos nossos com a experiência que hoje possuo a fim de despertá-los para a senda leal do espírito (…)

Trecho 4

Estou ajudando na procura do caderno perdido (E). De qualquer forma, não se incomode. A maior mensagem que eu lhe posso dar é a do meu coração e esse está constantemente ao lado do seu. Agradeço pelas maravilhosas lembranças (…)

Informações que Chico desconhecia
1. Dona Adélia, mãe de William, estava preocupada com o futuro do primogênito Wilson, que era dado à boêmia e gostava de jogos.
2. Irmão mais velho de William.
3. Mulher do irmão de William.
4. William menciona que sabe que o irmão está mesmo “se perdendo em aventuras”.
5. É o caderno no qual Chico Xavier escreveu as mensagens de uma tia da família, chamada Margarida. Foi nele que William teria escrito sua primeira carta à mãe, psicografada pelo médium na madrugada de 25 de setembro de 1942, primeiro ano da morte do jovem.

cartas_chico_xavier_3

10.819 – Astronomia – Eclipse total e superlua acontecem ao mesmo tempo neste domingo


Super_Lua_Eclipse_Lunar
Um evento raro vai iluminar – e logo depois escurecer – o céu, neste domingo (27). A lua vai atingir seu ponto mais próximo da terra e, na mesma noite, também haverá eclipse total, que pintará sua superfície de vermelho. Aqui no Brasil, a superlua pode começar a ser apreciada a partir do anoitecer. O eclipse poderá ser visto a partir das 22h e a alcançará sua totalidade por volta das 23h30.
De acordo com a Nasa, essa combinação só aconteceu cinco vezes desde 1900. A última foi em 1982 e, a próxima, só daqui a dezoito anos. Entretanto, apesar do tamanho do satélite estar 14% maior do que o de costume, essa imensidão não é tão perceptível quando a lua está lá no alto. Na hora do eclipse, o charme fica por conta da cor vermelha mesmo.
Claro que o mais legal é assistir à essa lua magnífica a olho nu, mas, se você quiser, dá para começar a assistir pelo site da Nasa. Vai rolar transmissão em tempo real, a partir das 21h (horário de Brasília).
2015 é um ano que está sendo bem especial para a astronomia, com vários fenômenos raros acontecendo. A gente preparou uma lista com os eventos astronômicos mais incríveis que você vai poder ver este ano. E a Nasa até preparou este videozinho aqui embaixo para celebrar a importância dessa superlua combinada a eclipse.