7455 – Mega Sampa – Praia em São Paulo?


Quase…
Um decreto do ex-prefeito Gilberto Kassab de 14 de novembro de 2012, oficializou e regulamentou o uso de 18 praias na represa do Guarapiranga. Com o reconhecimento da prefeitura, serão fiscalizadas pela Marinha e deverão receber placas de sinalização turística e medição da qualidade de suas águas. Veja a lista a seguir:
Praia Rivieira -2 km de extensão
Praia São Francisco – 850 metros
Praia Guaraci – 260 metros
Praia Ilha da Formiga – 275 metros
Praia dos Funcionários – 1,3 km
Praia Dedo de Deus – 1 km
Praia Golfe Clube – 1,9 km
Praia Palmeiras – 3,6 km
Praia Terceiro Lago – 1,2 km
Praia Pública 3° Lago – Não há faixa de areia – Infreestrutura – Banheiros
Praia Messiânica – 475 metros
Praia Paulistana – 3,2 km
Praia Parque 9 de Julho – 400 metros
Praia Parque Náutico – 300 metros – Rampa para embarcações, banheiros
Praia Guarujapiranga – 500 metros – Restaurantes e banheiros
Prainha do Restaurante – 125 m – Restaurante
Praia do Sol – 1,2 km – Pista de caminhada, futebol de areia, campos de futebol, playground, ciclovia, equipamentos para exercícios, restaurantes e banheiros.
Praia Parque da Barragem – 300 metros – Pista de caminhada, futebol de areia, campos de futebol, playground, ciclovia, equipamentos para exercícios, restaurantes.

Guarapiranga vista da Av Robert Kennedy
Guarapiranga vista da Av Robert Kennedy

Responsável por abastecer cerca de 3,5 milhões de habitantes, a Guarapiranga deverá receber sinalização de trânsito semelhante a de outros pontos turísticos da capital, como os parques Ibirapuera e Anhembi.

5565 – Recorde de mergulho


O cubano Francisco Pipin Ferreras detém o recorde de maior profundidade alcançada em apnéia – o mergulhador desce, sem oxigênio, segurando um peso, e, terminada a prova, sobe acionando um balão de ar. Em 18 de janeiro de 2000, aos 38 anos de idade, Pipin desceu 162 metros no Mar de Cozumel, México, ultrapassando a barreira dos 150 metros, um feito até então considerado impossível. Por causa da sua capacidade de atingir grandes profundidades, Pipin tem sido estudado por cientistas que tentam decifrar o comportamento do corpo humano debaixo d´água. O mergulho em apnéia é considerado um dos esportes mais arriscados já inventados porque a possibilidade de o mergulhador desmaiar no meio da prova é muito grande devido à alta pressão no fundo do mar. São freqüentes os acidentes, muitos deles fatais, entre seus praticantes.
Não tente fazer isto.
• A maior profundidade com equipamento scuba (regulador de ar, colete equilibrador e cilindro) foi atingida pelo norte-americano Jim Bowden. Em abril de 1994, ele mergulhou 304 metros na Caverna Zacatón, no México.
• A maior distância atravessada a nado no mar foi de 205 quilômetros, de Havana, Cuba, até Little Duck Key, Flórida. O americano Walter Poenisch Sr. conseguiu realizar a façanha em 34 horas e 15 minutos.
• O nadador mais rápido dos 100 metros livres é o holandês Pieter Van Den Hoogenband, com a marca de 47.84 segundos.

4060 – Esporte – O Triatlon


Também conhecido como Iron Man, trata-se de Natação, Ciclismo e Corrida e surgiu nos EUa na década de 70.O 1° foi em 1974, em S. Diego. As distâncias originais aumentaram. A 1ª prova de Iron Man foi disputada em 1978. John Collis queria realizar na Ilha de Honolulu, Hawaí, um Triatlo que levasse os atletas ao limite da reistência física. Na época só 15 toparam. Eram 38 km de natação; 180 de bicicleta e 42 de corrida, distância igual a da maratona. Hoje reúne 1500 atletas de 50 países e deu origem a outras competições. A mais radical é o Decatriatlo Duplo, que equivale 20 vezes a distância do Iron Man. São 18 dias de prova com 76 km a nado, 3600 km pedalando e 844 correndo; mas há intervalos. O Triatlo olímpico é menos desgastante e foi introduzido em Sydney no ano 2000. São 1,5 km de natação, 40 de ciclismo e 10 de corrida. Já o Triatlo curto para iniciantes tem a metade do percurso. Nas provas profissionais não é permitido colar no ciclista da frente para pegar o vácuo, o que pode reduzir o esforço em até 70%.
Sair na frente não é o mais importante, como a prova é longa, o ideal é estudar o percurso para saber onde ganhar tempo e manter o ritmo constante para evitar o desgaste.
Os 3800 metros de natação geralmente são em mar aberto. Para evitar trapaças, 2 fiscais de caiaque verificam se ninguém está cortando caminho. Na área de transição ocorrem as trocas de roupa.
Nos 180 km de ciclismo é proibido pegar carona no vácuo; os ciclistas devem manter uma distância de 15 metros e quem for superado deve esperar 20 segundos antes de reagir.
São 41 km de corrida e 5 fiscais de moto verificam os competidores.
Os atletas de ponta atingem o ponto de chegada do Iron Man cerca de 8 horas após o início. O tempo limite é de 17 horas. O competidor chega a gastar cerca de 10 mil calorias e perde 2,5 L de água. A recuperação pode levar até 4 semanas.

3014 – Mega Almanaque: A Origem da Maratona


A corrida foi criada como homenagem ao herói grego Feidípedes que no ano 490 AC correu da planície de Maratona, á beira do Mediterrâneo, até Atenas, para anunciar a expulsão dos Persas pelo exército grego. Exausto após o combate e a corrida, deu a notícia e morreu. Nas primeiras olimpíadas modernas a prova tinha 40 km e a distância atual de 42,195 km se tornou padrão após os jogos de Londres (1908) , quando a maratona foi esticada para a largada ser feita dentro do castelo de Windsor. A primeira prova feminina de maratona só foi disputada em Los Angeles em 1984.

Natação
Os registros históricos dão conta que suas primeiras provas foram disputadas na Inglaterra, na primeira metade do século 19. O estilo único era o atual nado de peito, na época chamado nado científico, que dominou as provas nos jogos olímpicos de Atenas, em 1896. Os estilos crawl e borboleta foram criados a partir do nado científico e ganharam provas próprias, o estilo livre em 1908 e o borboleta em 1952. O nado de costas começou a ter provas a partir de 1900.

Esporte olímpico – Ginástica
Foi o 1º esporte a ter sua federação internacional filiada ao Comitê Olímpico Internacional e ginastas, apenas homens estavam presentes nos jogos de Atenas. As provas foram nas argolas, barras paralelas, fixa e cavalo com alça. A participação feminina começou em 1928.

O Centenário das Olimpíadas
Em abril de 1896, os primeiros jogos olímpicos da era moderna eram inaugurados em Atenas com apenas 285 atletas, todos homens, de 13 países que disputaram competições de 9 esportes. 100 anos depois, os jogos de Atlanta reuniram 10 mil atletas, 3.700 mulheres de quase 200 países, com provas em 26 esportes : da maratona, cuja origem remonta á Grécia antiga, passando por modalidades tradicionais como a natação e a ginástica e até o vôlei de praia que estreou em Atenas, com medalhas para o Brasil.

2625-Esporte:A Natação


Esportes

É considerada o exercício físico mais completo, além de defesa contra afogamentos. Os primeiros grandes nadadores foram os fenícios, cujos barcos precisavam ser tripulados por pessoas que nadassem bem, pois surgiam problemas em viagens longas. No Brasil, surgiu como esporte em 1898, quando o clube da natação e regatas realizou o primeiro campeonato brasileiro, disputado apenas por homens, na distância de 1500 metros, nado livre, entre a Fortaleza de Villegainon e a Praia de Santa Luzia. O primeiro nadador brasileiro foi Tetsuo Okamoto, que conquistou uma medalha de bronze. Na olimpíada de 1952, na prova dos 1500 metros. Em 1961, Manuel dos Santos estabeleceu o recorde mundial dos 100 metros no tempode 53,6 segundos. Abílio do Couto, estabeleceu o recorde mundial em 1959, para a travessia do Canal da Mancha no tempo de 12 horas e 49 minutos.
O que significa cada pictograma?
Serão 37 modalidades em Londres’2012, cada uma idenficada por um simbolo. Acima, vemos as duas versões de pictogramas para os próximos Jogos Olímpicos da Era Moderna nos seguintes esportes (da esquerda para a direita):
1ª linha: saltos ornamentais, natação, nado sincronizado, pólo aquático, ginástica artística, ginástica rítmica, ginástica em trampolim e handebol;
2ª linha: tiro com arco, atletismo, badminton, basquete, hóquei na grama, judo, remo e tênis;
3ª linha: boxe, canoagem slalom, canoagem velocidade, BMX, triatlo, vôlei de areia, voleibol e vela;
4ª linha: mountain bike, ciclismo em estrada, ciclismo em pista, hipismo adestramento, tiro esportivo, tênis de mesa, taekwondo e levantamento de peso;
5ª linha: hipismo CCE, hipismo saltos, esgrima, futebol, lutas olímpicas e pentatlo moderno.
O que significa cada pictograma?
Serão 37 modalidades em Londres’2012, cada uma idenficada por um simbolo. Acima, vemos as duas versões de pictogramas para os próximos Jogos Olímpicos da Era Moderna nos seguintes esportes (da esquerda para a direita):
1ª linha: saltos ornamentais, natação, nado sincronizado, pólo aquático, ginástica artística, ginástica rítmica, ginástica em trampolim e handebol;
2ª linha: tiro com arco, atletismo, badminton, basquete, hóquei na grama, judo, remo e tênis;
3ª linha: boxe, canoagem slalom, canoagem velocidade, BMX, triatlo, vôlei de areia, voleibol e vela;
4ª linha: mountain bike, ciclismo em estrada, ciclismo em pista, hipismo adestramento, tiro esportivo, tênis de mesa, taekwondo e levantamento de peso;
5ª linha: hipismo CCE, hipismo saltos, esgrima, futebol, lutas olímpicas e pentatlo moderno.
Pela primeira vez foram criados símbolos para variantes de modalidades. Por exemplo, em Jogos Olímpicos anteriores o ciclismo possuia um único pictograma. Desta vez, as quatro modalidades olímpicas ciclísticas (pista, estrada, BMX e mountain bike) terão, cada uma, sua identidade simbólica própria. O mesmo ocorre com o hispimo, agora com três pictogramas (adestramento, CCE e saltos). Outra novidade é o pentatlo moderno que possue cinco esportes conjuntos (tiro com pistola, natação, esgrima, saltos do hipismo e corrida a pé) agrupados num único símbolo que, pela primeira vez, ocupará um espaço referente à dois pictogramas.

2600- Esporte: O Triatlon


Símbolo do triatlon

Triatlo é uma palavra grega que designa um evento atlético composto por três modalidades. Atualmente, o nome triatlo é em geral aplicado a uma combinação de natação, ciclismo e corrida, nessa ordem e sem interrupção entre as modalidades.
Pode-se dizer que o triatlo moderno surgiu no San Diego Track Club na década de 1970. A primeira grande competição de triatlo, entretanto, foi o Ironman Triathlon, organizado em 1978 no Havaí. Naquela ocasião, a competição foi organizada com o intuito de esclarecer qual dos atletas (nadador, ciclista ou corredor) era o melhor condicionado fisicamente, que possuía a maior resistência. Era uma competição genuinamente individual, na qual não era permitida interações entre alguns competidores que viessem a prejudicar os demais. Por exemplo, não era permitida prática conhecida como vácuo( que é a redução da resistência aerodinâmica em até 30%, conseguida pelo atleta que se posiciona atrás de outro) durante a etapa de ciclismo.
A modalidade estreou no programa nos jogos de Sydney no ano 2000, após sofrer algumas modificações estabelecidas pela União Internacional de Triatlo (ITU), fundada em 1989. Tais modificações, aplicadas com o fim de tornar a modalidade mais atrativa ao público, alteraram consideravelmente a dinâmica da prova e afastaram-na dos princípios que guiaram o nascimento da modalidade, mas aproximaram o esporte de requisitos necessários para ingressar no âmbito dos esportes olímpicos. Algumas das alterações mais importantes para que o triatlo se tornasse um esporte olímpico dizem respeito aos uniformes e a exposição de logo-marcas de patrocinadores nos uniformes dos atletas. Além disso, nos Jogos Olímpicos os países podem, de acordo com critérios de desempenho, enviar no máximo 03 (três) atletas tanto no masculino, quanto no feminino, que farão parte de uma mesma seleção de seus países.
Pode-se classificar as provas de triatlo de acordo com as distâncias percorridas e com os locais onde as provas são disputadas. As principais são as seguintes:
Sprint: 750 metros de natação / 20 km de bicicleta / 5 km de corrida
Olímpico: 1.5 km de natação / 40 km de bicicleta / 10 km de corrida
Meio-Ironman ou Ironman 70.3: 1.9 Km (1.3 milhas) de natação / 90Km (56 milhas) de bicicleta / 21Km de corrida (13.1 milhas)
Ironman: 3.8 km (2.4 milhas) de natação / 180 km (112 milhas) de bicicleta / 42 km (26.2 milhas) de corrida
Existe também uma variante de inverno deste desporto que tem lugar na neve e que geralmente consiste de esqui de corta-mato, ciclismo de montanha e corrida (nesta ordem).
Outras variantes populares são os chamados triatlos de aventura ou off road, que consistem de natação, ciclismo de montanha e corrida em trilha e o Triatlo Rápido, que consiste em provas mais curtas, totalizando menos de 20 minutos por bateria, em baterias subseqüentes com intervalos pré-determinados

2448- Geografia-O Canal da Mancha


Mapa do Canal - Clic para ampliar

O Canal da Mancha é um braço de mar que é parte do Oceano Atlântico e que separa a ilha da Grã-Bretanha do norte da França e une o Mar do Norte ao Atlântico.
Em francês ele é chamado La Manche, em alemão Der Ärmelkanal e em inglês English Channel. Mancha é derivado de ‘Manche’, em francês, que foi traduzido erroneamente para ‘Mancha’ por portugueses e espanhóis. Em francês ‘Manche’ não quer dizer ‘Mancha’, e sim, ‘Manga’.
O canal tem aproximadamente 563 km (350 milhas) de comprimento e sua parte mais larga é de 240 km (150 milhas). Seu ponto mais estreito (o estreito de Dover) tem apenas 33 km (c. 20 milhas), de Dover até o Cabo Gris Nez. Neste ponto mais estreito do Canal, é comum aventureiros de diversas nacionalidades tentarem fazer a travessia do canal a nado, inclusive com algumas tentativas resultando em morte, como foi o caso da brasileira Renata Agondi. A profundidade do Canal da Mancha varia de 120m na porção ocidental até 45m na oriental.
A circulação marítima no canal da Mancha é uma das mais intensas do mundo, com mais de 250 navios por dia. A essa circulação intensa há que somar a dos ferries que ligam a França à Grã-Bretanha por via marítima. Atualmente, o Eurotúnel constitui uma excelente e rápida alternativa de viagem.
Nadadora Brasileira Morreu Tentando Atravessar o Canal
No dia 23 de agosto de 1988, a nadadora brasileira Renata Câmara Agondi morreu tentando atravessar o Canal da Mancha, que separa o Reino Unido da França.
Renata passou mal quando faltavam 7 km – de um total de 33 km – para o fim da travessia. Retirada do mar pelas equipes de resgate, foi levada para Calais, na França, mas morreu antes mesmo de chegar ao hospital. Renata havia nadado por 9 horas.