10.932 – Globo Retira “tema da S.Silvestre” do comercial


s silvestre 2014

Após algumas décadas adotando o tema do filme “Carruagens de Fogo”, um tradicional clássico, como tema do comercial da corrida de S.Silvestre, o último grande evento esportivo do ano, a Rede Globo retita o tema do comercial sem se pronunciar sobre o fato. Estima-se que tenha tido problemas com os direitos autorais.
De qualquer forma, aquela “magia de fim de ano” acaba empobrecida com a retirada de um tema que ficou marcado na história do evento.
Mais sobre a São Silvestre
A Prova Pedestre denominada “90ª CORRIDA INTERNACIONAL DE SÃO SILVESTRE”, instituída pelo jornalista Cásper Líbero, doravante denominada EVENTO, será realizada no dia 31 de dezembro de 2014, na cidade de São Paulo, na distância de 15 km, com a participação de PESSOAS DE AMBOS OS SEXOS devidamente inscritas, doravante denominados ATLETAS, independentemente da condição climática.
A Corrida Internacional de São Silvestre é uma realização e propriedade da Fundação Cásper Líbero/FCL, e promovida pela Gazeta Esportiva.net com apoio da Rede Globo de Televisão que é PARCEIRA da FCL na promoção e transmissão da prova. A ORGANIZAÇÃO técnica e entrega de “kits” serão feitas por empresas especializadas.

As inscrições são realizadas EXCLUSIVAMENTE pela FCL no site http://www.saosilvestre.com.br que será responsável pelo recebimento, administração e eventuais reembolsos, quando solicitado, das mesmas.

O EVENTO terá a LARGADA na Avenida Paulista, próximo a Rua Frei Caneca e CHEGADA à mesma Avenida Paulista, nº 900 em frente ao Edifício Cásper Líbero, conforme o percurso detalhado divulgado no site do EVENTO.

O início do EVENTO está previsto para os horários abaixo relacionados, que serão confirmados na entrega do kit, conforme a categoria do ATLETA. Confira:
a. Para a corrida;

– Categoria ATLETAS Cadeirantes (Feminino e Masculino);
LARGADA: a partir das 7h45min em pelotão único.

– Categorias ATLETAS com Deficiência: DEV = Deficiente Visual / AMP = Amputados de Membros Inferiores / DMAI = Deficiente Andante Membro Inferior / DI = Deficientes Intelectuais / DMS = Deficientes Membros Superiores / DAU = Deficientes Auditivos.
LARGADA: a partir das 9h00min em pelotão único.

– Categoria ATLETAS de ELITE A/B (Feminino);
LARGADA: a partir das 8h40min em pelotão único.

– Categorias ATLETAS de ELITE A/B (Masculino);
LARGADA: a partir das 9h00min em pelotão único.

– Categoria ATLETAS Geral (Feminino e Masculino);
LARGADA: a partir das 9h00min em pelotão único.

* Caso prevaleçam os horários acima, os mesmos poderão variar entre 7 minutos a mais ou a menos.
Até a data do EVENTO também poderão ser realizados ajustes de percurso com objetivo de melhorias técnicas e atendimento às necessidades da cidade e órgãos públicos competentes mantendo a LARGADA e CHEGADA aos locais acima descritos.
A ORGANIZAÇÃO solicita extrema atenção às chamadas do sistema de som na área de LARGADA para eventuais ajustes nos respectivos horários.
Quem foi São Silvestre?
São Silvestre I foi Papa entre 31 de Janeiro de 314 até 31 de dezembro de 335, durante o reinado do imperador romano Constantino I, que determinou o fim da perseguição aos cristãos, iniciando-se a Paz na Igreja. Silvestre I foi um dos primeiros santos canonizados sem ter sofrido o martírio. Festa em 31 de Dezembro.
Atribui-se em geral a conversão de Constantino a uma visão que terá tido antes da batalha da ponte de Milvius (312). Mas a tradição medieval, também teria dito que o imperador teria lepra incurável, e logo que Silvestre o batizou por imersão numa piscina ficou imediatamente curado. Esta versão porém não tem fundamento, pois sabe-se que Constantino foi batizado ao fim de sua vida, com a intenção de perdoar seus pecados, por Eusébio, bispo de Nicomédia.

10.375 – Copa de 2014 chega ao fim – Com gol na prorrogação, Alemanha bate Argentina e conquista o tetra


alemanha-argentina-2014

A Copa do Mundo no Brasil foi decidida com uma canhota, e não foi a de Messi e nem em favor de Messi. A perna esquerda de Mario Götze deu à Alemanha seu quarto título mundial, na tarde deste domingo (13 de julho), no Maracanã, na vitória de 1 a 0 na prorrogação.
É a primeira vez que uma seleção europeia vence um Mundial disputado na América -na mão inversa, apenas o Brasil conseguiu tal façanha, em 1958. Com a quarta conquista, a Alemanha tem o mesmo número de títulos que a Itália e um a menos que o Brasil. Os alemães ganharam também em 1954, 1974 e 1990.
A Alemanha tem agora o mesmo número de troféus que a Itália, um a menos que os cinco do Brasil. A Europa se descolou da América do Sul no duelo histórico: leva vantagem de 11 a 9.
A Argentina sofreu sua terceira derrota em finais de Copa, a segunda diante dos alemães. O jejum do país vai se alongar agora a 32 anos. Em campo, o time nem ficou olhando a equipe alemã receber a taça. Caminhou de costas para saudar a torcida neste momento. Os jogadores argentinos também não permaneceram no gramado para sentir o cheiro de pólvora dos fogos de artifício –entraram no vestiário antes de os alemães desfilaram com o troféu pelo Maracanã.
Fora de campo, e depois de muito provocar os brasileiros, os argentinos tiveram de ouvir gritos de “vice-campeão” e viram Messi, eleito o melhor jogador da Copa, disputar seu terceiro Mundial sem conquistar o título que Maradona conseguiu.
Se em 1950, na outra edição disputada no Brasil, a Copa foi decidida numa arrancada do uruguaio Ghiggia pela direita, em 2014 o lance definidor saiu pela esquerda, um cruzamento que alcançou Götze na área. Atacante do Bayern de Munique e reserva da seleção alemã, o jogador de 22 anos aproveitou a bobeada de Demichelis na marcação e marcou o único gol da decisão da Copa, aos 8 min da segunda etapa da prorrogação.
Foi a senha para a explosão dos alemães num Maracanã que vinha alternando momentos de euforia e de silêncio na tarde deste domingo (13). A aparente dominação numérica dos argentinos na arquibancada não se traduziu em predomínio na torcida –os gritos de “Deutschland, Deutschland” se fizeram notar com clareza. Na tribuna estavam a presidente Dilma Rousseff e a chanceler alemã, Angela Merkel. A presidente argentina, Cristina Kirchner, não veio para a final.
O público vaiou quando Dilma e o presidente da Fifa, Joseph Blatter, apareceram no telão após o jogo. Os torcedores também ofenderam com palavrão a presidente brasileira momentos antes de ela entregar a taça ao capitão alemão, Phillipp Lahm.
A final demarcou a oitava prorrogação desta Copa, igualando o recorde estabelecido na Itália, em 1990. Foi a sétima decisão de Mundial com prorrogação, a terceira consecutiva.
Mas não foi por falta de oportunidade que o gol não saiu no tempo normal.
A torcida argentina até pôde gritar gol no primeiro tempo, graças a Higuaín, que mandou a bola para a rede. Graças a ele, também, o grito durou apenas alguns segundos. O técnico Alejandro Sabella percebeu rápido e sinalizou com o dedo para o banco argentino: Higuaín havia dado um passo a mais e estava impedido quando receber a bola.
Já Messi deu trabalho para os alemães, mas também perdeu uma chance limpa, no começo do segundo tempo.
O astro argentino, aliás, deixou o vestiário rumo ao campo mascando chiclete, enquanto a Alemanha já engolia ali mesmo um problema de última hora, a perda de um jogador. Khedira, que estava na escalação divulgada uma hora antes do início, sentiu a panturrilha durante o aquecimento. No lugar dele entrou Kramer, 23, um dos mais inexperientes da Alemanha –estreou na seleção num amistoso contra a Polônia em maio passado. E o substituto do contundido também se machucou, numa disputa de bola, e deixou o campo ainda no primeiro tempo.
Isso não mudou a determinação alemã em reter a bola. Deixou isso bem claro já antes do jogo: no aquecimento, não só entrou em campo antes e saiu depois como já pisou no gramado aquecida –os jogadores começaram imediatamente a bater bola ao sair do túnel, enquanto os argentinos foram primeiro correr. No intervalo, os reservas ficaram em campo batendo bola; os argentinos foram todos para o vestiário. A Alemanha voltou antes para o campo.
Os alemães tiveram muito mais a bola: 60% do tempo, número que chegou a 63% na primeira etapa. Nem o tique-taque espanhol teve tamanho comando do jogo na final da Copa de 2010 (a posse de bola da Espanha foi de 57%).
A Argentina fez uma escolha bem diferente da do Brasil no jogo em que foi goleado por 7 a 1 pelos alemães. Postou-se atrás e apostou em atacar seguidamente pelo lado direito, em cima de Höwedes.
Foi um jogo duro, sobretudo na prorrogação. Schweinsteiger entrou em campo com o cabelo arrumado pelo gel e saiu com uma marca sangue no rosto, depois de uma disputa de bola na prorrogação com Agüero pouco antes do gol.
Schweinsteiger abraçou Messi depois do jogo. O argentino mal conseguiu acenar em retribuição. Depois do gol alemão, ele teve uma chance de fazer sua perna esquerda brilhar, cobrando uma falta já nos acréscimos da prorrogação. Chutou longe, muito longe.

Titans do duelo
Titans do duelo

10.338 – Cultura & Artes – Festival de Paulínia divulga lista de filmes brasileiros na mostra


Entrada da escolinha de cinema de Paulínia
Entrada da escolinha de cinema de Paulínia

O festival ocorre de 22 a 27 de julho na cidade do interior de São Paulo.
Ao todo, foram anunciados nove longas-metragens e oito curtas, que serão exibidos em sessões abertas ao público e com entrada franca, sujeita a lotação do espaço. Entre os diretores selecionados estão Carolina Jabor, Fellipe Barbosa, Fernanda Machado, Juliana Rojas e Murilo Salles.
Os filmes internacionais e os exibidos na abertura e encerramento do evento, fora de competição, serão anunciados até o dia 7 de julho.
Os filmes concorrerão em 20 categorias cujos vencedores receberão, ao todo, R$ 800 mil em prêmio.
O Festival de Paulínia volta este ano com uma programação internacional, a primeira desde 2011. No ano passado, uma edição enxuta do evento aconteceu em dezembro, com seis filmes na programação e sem mostra competitiva.
Em 2012, por decisão do ex-prefeito José Pavan Júnior (PSB), que optou por investir a verba (R$ 10 milhões) em projetos sociais, o festival foi interrompido.
Confira a lista de filmes:
LONGAS-METRAGENS

“A Neblina”, de Fernanda Machado (Doc, SP);
“Aprendi a Jogar com Você”, de Murilo Salles (Doc, RJ);
“Boa Sorte”, de Carolina Jabor (Ficção, RJ);
“Casa Grande”, de Fellipe Barbosa (Ficção, RJ);
“Cássia”, de Paulo H. Fontenelle (Doc, RJ);
“Castanha”, de David Pretto (Ficção, RS);
“Infância”, de Domingos Oliveira (Ficção, RJ);
“Sangue Azul”, de Lírio Ferreira (Ficção, PE);
“Sinfonia da Necrópole”, de Juliana Rojas (Ficção, SP);

CURTAS-METRAGENS
“De Bom Tamanho”, de Alex Vidigal
“Edifício Tatuapé Mahal”, de Carolina Markowicz e Fernanda Salloum
“Jessy”, de Paula Lice, Rodrigo Luna e Ronei Jorge
“190”, de Germano Pereira
“O Clube”, de Allan Ribeiro
“O Bom Comportamento”, de Eva Randolph
“O Menino Que Sabia Voar”, de Douglas Alves Ferreira
“Recordação”, de Marcelo Galvão

PRÊMIOS
FILMES DE LONGA-METRAGEM
Melhor Filme: R$ 300.000
Melhor Direção: R$ 50.000
Melhor Ator: R$ 30.000
Melhor Atriz: R$ 30.000
Melhor Ator coadjuvante: R$ 15.000
Melhor Atriz coadjuvante: R$ 15.000
Melhor Roteiro: R$ 15.000
Melhor Fotografia: R$ 15.000
Melhor Montagem: R$ 15.000
Melhor Som: R$ 15.000
Melhor Direção de arte: R$ 15.000
Melhor Trilha Sonora: R$ 15.000
Melhor Figurino: R$ 15.000
Especial Júri: R$ 100.000
FILMES DE CURTA-METRAGEM

Melhor filme: R$ 30.000
Melhor Direção: R$ 20.000
Melhor Roteiro: R$ 15.000
Especial Júri: R$ 20.000

JÚRI POPULAR
Melhor longa-metragem: R$ 50.000
Melhor curta-metragem : R$ 20.000

10.321 – Mega Sampa Vida Noturna – A Over Night está de volta


Over Night V Olímpia
Over Night V Olímpia

Quem não se lembra da badalada Over Night? Muito conhecida na década de 80 e 90, a balada de sucesso localizada na Mooca, junto com a TOCO, na Vila Matilde, e a Contra-Mão, do Tatuapé, foi uma das responsáveis pelo boom da música eletrônica na cidade de São Paulo, agora está de volta.
Famosa por criar tendências e festas Back to the Dates, a casa está sendo reconstruída pelo DJ Badinha e vem lançando diariamente teasers na rádio Energia 97 FM, porém o endereço será outro, pois o atual dono do ponto não quis negociar. Sem data definida para a reabertura, a nova Over Night funcionará na Rua Gomes de Carvalho, 799 – Vila Olímpia.
Inaugurada em 1988, pelo empresário Carmo Cunfli, e fechada em 2004, a Over Night destacou-se na época pela sua alta tecnologia de som e iluminação e pela carência de danceterias do gênero, principalmente na Zona Leste. Com capacidade para cerca de 1.300 pessoas, o clube vivia cheio.
Para quem não sabe, por lá já passaram todos os grandes DJs brasileiros, como Marky, Mau Mau, Patife, Grace Kelly Dum, Renato Lopes e o último grande residente DJ Andy, além de astros estrangeiros como Sasha e Bad Company.

10.296 – Mega de Olho na Copa – A Azurra Amarelou


ita costa rica

O “grupo da morte” tem três campeões mundiais, mas foi a azarã Costa Rica a primeira a conquistar a vaga para as oitavas. Depois de ganhar do Uruguai de virada, os “ticos” surpreenderam mais uma vez e derrotaram a Itália por 1 a 0 nesta sexta-feira, na Arena Pernambuco.
De quebra, desclassificou a Inglaterra, que, após duas derrotas, dependia de uma vitória italiana para se manter viva. A última vaga do grupo D será decidida nesta quarta-feira, quando a Azzurra e o Uruguai, ambos com três pontos, se enfrentam no dia 24, em Natal.
De longe a maior zebra desta Copa, a Costa Rica é a terceira equipe latino-americana a se classificar, ao lado do Chile, que despachou a Espanha, e da Colômbia.
Os costa-riquenhos venceram também na arquibancada, onde, em maior número do que os italianos, gritaram desde do início: “Sí, se pude!”.
Sob o sol pernambucano das 13h, o jogo começou bastante morno e com uma ligeira vantagem da Costa Rica, que ameaçou principalmente nos escanteios.
A partir de meados do primeiro tempo, os italianos reagiram, com Balotelli desperdiçando duas chances. Aos 31 min, o atacante teve a oportunidade mais clara, quanto, dentro da área, tentou encobrir o goleiro, mas a bola pegou na canela.
Depois dos sustos, a Costa Rica voltou a tomar a iniciativa do jogo nos minutos finais. Primeiro, aos 42 minutos, quando Campbell aproveitou um erro da saída de bola, avançou com a bola para a área e foi derrubado por Chiellini, mas o árbitro não marcou o pênalti.
O gol da Costa Rica veio dois minutos mais tarde. Diaz cruzou da esquerda para o cabeceio de Ruiz. A bola ainda bateu no travessão antes de bater perto da linha e foi validado pela nova tecnologia inaugurada pela Fifa nesta Copa.
O segundo tempo começou com a Itália em busca do empate. Logo nos primeiros minutos, o técnico Cesare Prandelli trocou o volante ítalo-brasileiro brasileiro Thiago Motta e o zagueiro Candreva para a entrada de dois atacantes: Cassano e Insigne, respectivamente.
Mas as mudanças não surtiram efeito, e a Itália pouco ameaçou. A melhor chance veio numa cobrança de falta do meia Pirlo, para a boa defesa do goleiro Navas.
Na segunda etapa, Balotelli só apareceu aos 23 min, mas porque levou o amarelo em uma falta sem bola.
Com a Itália inoperante e a Costa Rica fechada, o jogo se arrastou até o apito final, quando jogadores, torcida e jornalistas do pequeno país centro-americano explodiram de alegria.

10.288 – Cavalo Paraguaio – Espanha é eliminada no nocaute mais rápido de um campeão desde 1950


Na copa de 2010 queimamos a língua analisando a seleção da Espanha como um time que sempre morreu na praia, eles acabaram sendo campeões surpreendentemente em cima da Holanda. Mas hoje, provaram o que realmente são: aprendizes que não passam de importadores de jogadores, como a seleção do Japão, por exemplo.
Derrotada por 2 a 0 pelo Chile nesta quarta (18-06-2014) no Maracanã, a Espanha está fora da Copa.
Desde 1950, nunca um campeão havia sido eliminado já na segunda partida da Copa do Mundo seguinte.
Depois da primeira Copa no Brasil, outras equipes que tombaram na primeira fase ao defender um título mundial pelo menos resistiram um pouco mais do que os espanhóis, caindo apenas na terceira partida –foi o caso do Brasil em 1966, da França em 2002 e da Itália em 2010.
Antes, a Itália foi quem sofreu a pior eliminação. Doze anos após a conquista do bi, a equipe perdeu na estreia para a Suécia por 3 a 2. Em seguida, os suecos empataram com o Paraguai, o que já provocou a eliminação italiana, que só enfrentou os paraguaios para cumprir tabela. Na ocasião, a primeira fase era formada por apenas três países, e o time italiano que veio ao Brasil não tinha nada a ver com o que havia ganhado o Mundial –por causa da 2ª Guerra, a Copa ficou interrompida por 12 anos.
Num Maracanã tomado pelo vermelho das duas seleções, a Espanha teve a primazia da cor no gramado (os chilenos jogaram de branco), mas claramente perdeu na arquibancada, onde a maioria das 74 mil pessoas se mostrou pró-Chile desde o início.
A loucura da torcida chilena foi tamanha que um grupo de 90 pessoas invadiu a sala de imprensa do Maracanã e acabou detido; alguns deles chegaram até a arquibancada.
Em campo, o time foi bem mais comedido do que sua torcida. O Chile armou um esquema de três zagueiros. Tirou o meia Valdívia, do Palmeiras, e colocou Francisco Silva para reforçar a defesa.
Na Espanha, dois dos jogadores mais criticados após a estreia foram barrados: Piqué e Xavi, substituídos por Javi Martínez e Pedro.
Apesar do esquema defensivo, o Chile chegou ao primeiro gol logo aos 20min, com Vargas, evidenciando a desorientação espanhola.
No reinício do jogo, enquanto Iniesta tentava gesticular para o time, pedindo ânimo, a zaga se armava com cada um andando para um lado (Javí Martínez andava para trás, e Sérgio Ramos e Azpilicueta, para frente).
Já o segundo gol, de Aránguiz, também no primeiro tempo (43 min), expôs outro dos pilares do time esapanhol: o goleiro Casillas, que rebateu mal uma cobrança de falta. Após uma péssima estreia, o capitão do time voltou a falhar justamente no dia em que se tornou o espanhol com mais partidas em Copas (17), superando outro goleiro, Zubizarreta.
Além de gritar “eliminado” várias vezes, a torcida no Maracanã ofendeu o atacante Diego Costa, brasileiro naturalizado espanhol, nos dois tempos do jogo. Ele tomou uma grande vaia ao ser substituído por Fernando Torres.
O técnico Vicente del Bosque tentou reverter a derrota colocando Koke no lugar de Xabi Alonso. Nem assim conseguiu ressuscitar o tique-taque que havia levado os espanhóis ao título mundial. O time foi mal também nas finalizações: o volante Busquets desperdiçou um gol sozinho dentro da pequena área, após bicicleta de Diego Costa.
Foi a primeira vez que Del Bosque perdeu duas partidas seguidas desde assumiu o comando da mais vitoriosa geração espanhola, em 2008.
A goleada diante da Holanda e eliminação por mãos chilenas aumentam a lista de tombos da Espanha no Brasil. Dois outros aconteceram também no Maracanã: um 1×6 para o Brasil na Copa de 1950 e o 0x3 na final da Copa das Confederações, também diante do Brasil, no ano passado.
A última campeã mundial se despede da Copa na próxima segunda (23) em Curitiba, contra a Austrália, em jogo de dois times que perderam suas partidas.
Depois disso, os espanhóis devem começar um processo que evitaram após a Copa de 2010: renovar o time. Nunca um campeão mundial havia trazidos tantos remanescentes para defender o título (16 dos 23 convocados).

10.279 – Copa 2014 – Mega Revanche: Holanda faz 5 na campeã mundial Espanha em reedição da final de 2010


O técnico Vicente del Bosque escalou o brasileiro naturalizado espanhol Diego Costa pela primeira vez em um jogo oficial.
Coube a ele dar o primeiro toque na bola da Espanha e passar o jogo inteiro sendo apupado pelos torcedores brasileiros, depois de recusar uma convocação de Luiz Felipe Scolari.
E foi Diego Costa que sofreu o pênalti que deu origem ao primeiro gol, numa cobrança de Xabi Alonso. Os espanhóis ainda tiveram uma chance de aumentar num passe de Iniesta para David Silva, mas ele desperdiçou.
Para a Espanha, a parte feliz do jogo acabou ali.
No fim do primeiro tempo, o zagueiro Piqué deu condição a Van Persie, e o atacante holandês entrou no meio da defesa espanhola para encobrir Casillas.
O segundo tempo começou sob chuva e mais movimentado.
O que não mudou foram as falhas da defesa espanhola. Piqué levou um drible de Robben, e o holandês virou o jogo, logo aos 8 minutos.
Pouco depois o mesmo Piqué fez uma falta boba no lado direito. Na cobrança, Casillas saiu mal, e De Vrij marcou de cabeça.
Quando tudo já parecia ruim para os espanhóis, eis que a coisa piorou. Casillas errou ao dominar uma bola, e Van Persie não perdoou: 4 a 1.
Por fim, num contra-ataque, Robben infiltrou-se pela defesa espanhola para fazer o quinto.
Líder do grupo, a Holanda agora terá pela frente a Austrália, na quarta (18).

10.277 – Mega de Olho na Copa – Abertura


abertura-da-copa-2014-1

É a segunda vez que este torneio é realizado no país, depois da Copa do Mundo FIFA de 1950. A competição está sendo disputada entre 12 de junho e 13 de julho e ocorrerá pela quinta vez na América do Sul, a primeira após 36 anos já que a Argentina acolheu o evento em 1978.
O Brasil foi a última sede de Copa do Mundo escolhida através da política de rodízio de continentes implementada pela FIFA, iniciado a partir da escolha da Copa do Mundo FIFA de 2010, na África do Sul.
As seleções nacionais de 31 países avançaram através de competições de qualificação, que começaram em junho de 2011, para participar com o país anfitrião, o Brasil, no torneio final. Um total de 64 jogos devem ser jogados em doze cidades de todo o Brasil em estádios novos ou reconstruídos, sendo que o torneio começa com uma fase de grupos. Pela primeira vez em uma Copa do Mundo, os jogos vão usar tecnologia na linha do gol.
Com o país anfitrião, todas as equipes campeãs do mundo desde a primeira Copa do Mundo, em 1930 (Uruguai, Itália, Alemanha, Inglaterra, Argentina, França e Espanha) se qualificaram para esta competição. A Espanha é o atual campeão, tendo derrotado os Países Baixos por 1-0 na final da Copa do Mundo de 2010 para ganhar seu primeiro título mundial. As quatro Copas do Mundo anteriores sediadas pela América do Sul foram todas ganhas por seleções sul-americanas.

Arena_de_Itaquera_(2014)_-_2

Na partida de estreia, de virada, o Brasil venceu a Croácia por 3×1
Iniciada com uma passeata, manifestação
contra a Copa do Mundo terminou em confusão em Porto Alegre; 13 pessoas foram detidas.
Próximos adversários, mexicanos dizem não temer o Brasil.
Antes de jogar contra os donos da casa, o México enfrenta a seleção de Camarões na sexta-feira (13), na Arena das Dunas em Natal.
Mesmo com o resultado de 3 a 1 sobre a Croácia, os mexicanos enxergaram problemas na defesa brasileira e excessivo nervosismo dos jogadores.

10.276 – A Cidade-Sede BELO HORIZONTE: NASCIDA A NÍVEL EUROPEU


belo_horizonte_city_brazil

A cidade de Belo Horizonte foi projetada, especialmente, em 1895 para ser a nova capital do estado de Minas Gerais a partir de 12 de dezembro de 1897. Sua concepção foi baseada em critérios e desenhos mais modernos, pois foi criada como um novo centro urbano para Minas Gerais. A antiga capital do estado, Ouro Preto, que desde o final do século XVIII sofria com a queda na exploração de minérios, havia fracassado em se estabelecer como o segundo polo mais importante do país, tanto economicamente como em termos populacionais.
A cidade nasceu do projeto realizado pela Comissão Constituinte da Nova Capital, sob a supervisão do engenheiro Aarão Reis. Sua localização geográfica, no centro do estado e na parte mais baixa de uma montanha, especificamente aos pés da Serra do Curral, foram cruciais na escolha do local para a nova metrópole.
Unidade Federativa Minas Gerais
População 2.479.175 hab. (IBGE/2013)
Prefeito Marcio Lacerda
Prefixo Internacional 31
Fuso Horário GMT/UTC -3
Moeda Real
Superfície 330,95 km²
Geografia e clima tropical de altitude
O Que Vestir Roupas leves
Locais essenciais
Igreja de São Francisco de Assis
Praça da Liberdade
Basílica de Lourdes
Alto das Mangabeiras
Savassi
Pampulha

10.275 – Mega de Olho na Copa – As Cidades -Sede


bg-mapa

Brasília
As primeiras obras para o nascimento de Brasília começaram em 1956, com a posse de Juscelino Kubitschek. Em setembro de 1956 o governo brasileiro havia convocado um grande concurso para o projeto da nova capital do Brasil, a cidade de Brasília. O vencedor foi o arquiteto Lúcio Costa e sua ideia se baseava em um conceito bastante simples: a cruz. Já o também arquiteto Oscar Niemeyer projetou os principais prédios públicos da cidade.
Lúcio Costa projetou duas direções principais: uma urbana e a outra destinada ao tráfego, ressaltando uma nítida distinção entre a área residencial e de prédios governamentais, mais conhecida como executiva. Na área “pública” se encontram a Praça dos Três Poderes (Legislativo, Executivo e Judiciário), a Catedral, os prédios dos ministérios, bancos, prédios comerciais, complexos recreativos e culturais, centro desportivo, a praça municipal e a área dos quarteis das Forças Armadas.
Inaugurada, oficialmente, em 21 de abril de 1960, após quase quatro anos de construção, as obras da cidade mobilizaram 64 mil operários, conhecidos como candangos.
Nome Oficial Brasília
Gentilicio brasiliense
Estado Unidade Federativa Distrito Federal
Língua Oficial Português
População 2.789.761 hab. (IBGE/2013)Alcalde
Prefeito Agnelo Queiroz
Prefixo internacional61
Fuso Horário GMT/UTC -3
Moneda Moeda Real
Superfície 5.801,937 km2
Geografia e climatropical de altitude
O Que Vestir leves e de meia-estação

10.237 – Dinossauros das Pick-ups – Larry Levan, mais que um DJ, uma lenda


Larry no Paradise
Larry no Paradise

20 de julho 1954 – 08 de novembro de 1992
Um DJ americano que fazia residência no Paradise Garage de NYC, realmente um monstro nas pick-ups. O que se viu ou se vê hoje por aí é fichinha!
Ele desenvolveu um culto de seguidores que se referiu a seus sets como “Saturday Mass “.
O influente DJ americano François Kevorkian credita Levan com a introdução do dub estética em música de dança.
Eles fizeram as primeiras experiências com baterias eletrônicas e sintetizadores em suas produções e sets ao vivo, dando início, um eletrônico pós-discoteca som que pressagiava a ascendência de house music na segunda metade dos anos 80.
Levan começou sua carreira ao lado de DJ Frankie Knuckles nas Termas Continental , como um substituto para o DJ da galeria, Nicky Siano .
Drogas e Aids destruíram a vida e a carreira dele.
Como a popularidade do Garage disparou em meados dos anos 1980, assim como muitos de seus amigos de longa data perderam suas batalhas para a AIDS, Levan se tornou cada vez mais dependente de PCP e heroína . Ele começou a abrigar-se dentro de uma comitiva de proteção de drag queens e acoolicos mais jovens. No Paradise Garage, Levan foi descrito como sendo “adorado, quase como um deus”.
Seu estilo variava de Evelyn “Champagne” King e Chaka Khan ao Kraftwerk , Manuel Göttsching. Apesar das críticas, se manteve-se na vanguarda.The Garage terminou seu funcionamento com uma festa de 48 hora de duração em setembro de 1987, semanas antes Brody morreu de complicações relacionadas com a AIDs.
Em 1991, ele foi trazido para o fim de semana para Londres por DJ Justin Berkmann a Londres para a Ministry of Sound boate, onde ele acabou ficando por 3 meses na remixagem, produzindo e ajudando a afinar o sistema de som do clube. Embora ele ainda fosse dependente de heroína, em 1992 a turnê de Levan do Japão rendeu elogios da imprensa local. Incentivado por Cheren, ele entrou na reabilitação e fez um retorno provisório para o estúdio. Ele informou sua mãe em junho de 1992 que ele tinha “vivido uma boa vida” e estava “pronto para morrer”.
Pouco depois de voltar para casa do Japão, Levan entrou voluntariamente o hospital. Ele morreu quatro dias depois, em 8 de novembro de insuficiência cardíaca causada por endocardite . Em setembro de 2004, Levan foi introduzido no Dance Music Hall of Fame por seu excelente desempenho como um DJ .

10.226 – Mega Almanaque – Thiago Silva


Thiago_Silva_(cropped)

(Rio de Janeiro, 22 de setembro de 1984), é um futebolista brasileiro, que atua como zagueiro. Atualmente, joga pelo Paris Saint-Germain.
Thiago Silva começou sua história numa escolinha de futebol da zona oeste do Rio de Janeiro, que era na verdade um núcleo do Fluminense e foi lá que o pequeno Thiago deu seus primeiros passes e chutes. O caminho até chegar de fato às divisões de base do Tricolor levou quase seis anos e aconteceu quando Thiago disputou amistoso contra o mirim do Fluminense, em Xerém, e chamou a atenção do técnico Maurinho, que o convidou para um teste. Incorporado ao time no Centro de Treinamento Vale das Laranjeiras, em Xerém, ele atuou como volante, mas teve poucas oportunidades e decidiu sair dali para um outro núcleo do clube em Campo Grande.
Em 1999, na condição de Infantil (Sub-15), Thiago decidiu buscar novamente uma chance numa equipe de competição, já que os núcleos geralmente trabalham apenas a formação dos atletas para entregá-los aos clubes. Fez testes no Madureira, Olaria e Flamengo, este último o mais traumático, pois o jovem foi reprovado com a certeza de que sequer foi observado pelos treinadores.
No ano seguinte, Thiago se destacou jogando pelo Barcelona-RJ. Foi assim que um amigo de Paulo César Carpegiani o viu e convidou o ainda volante para o RS Futebol, clube recém-fundado por Carpegiani na cidade gaúcha de Alvorada. Em 2001, antes mesmo de chegar aos 18 anos de idade, Thiago foi profissionalizado e disputou a Terceira Divisão do Gaúcho e outros torneios com a equipe principal. Uma experiência que valeu ouro e convocações para as divisões de base da Seleção Brasileira.
Após virar profissional, foi transferido para o Juventude, onde teve um grande desempenho no Brasileirão de 2004, o que o credenciou a uma transferência para o exterior, para o Porto, de Portugal, onde firmou contrato de cinco anos.
Após diversos problemas respiratórios devido ao frio e de contusão, teve poucas oportunidades, e foi então emprestado para o Dínamo Moscou, da Rússia, em janeiro de 2005. Porém em Moscou, devido ao frio intenso, os problemas de saúde se agravaram e Thiago Silva teve tuberculose, ficando quatro meses internado.
A volta para o Brasil aconteceu em 2006, por empréstimo, para o time de seu coração, o Fluminense. Mesmo com as dificuldades enfrentadas pelo time naquele ano, o zagueiro se destacou e virou ídolo da torcida.
Em 2007, consolidou seu bom momento e novamente se destacou por todo o ano, com o título da Copa do Brasil de 2007 e a boa colocação no Brasileirão, e foi nessa temporada que suas principais características começaram a aparecer: o chute fortíssimo de perna direita, seus dribles, os desarmes precisos e a velocidade pouco usual para zagueiros. Mostrando que a boa fase é realmente realidade na sua carreira, ajudou o Fluminense a chegar ao vice-campeonato da Copa Libertadores da América de 2008.
Em dezembro de 2008, Thiago Silva foi negociado com o Milan, da Itália, por €10 milhões. Sua estreia pelo clube Rossonero aconteceu em 21 de janeiro de 2009, em um amistoso contra o alemão Hannover 96, em que o Milan empatou por 2 a 2, com boa performance do zagueiro, que jogou os 90 minutos da partida.7
Porém, Thiago foi integrado ao elenco para partidas oficiais apenas em julho de 2009, sete meses após sua contratação, isso porque o clube milanês já havia atingido o limite de jogadores sem passaporte da União Europeia durante a temporada 2008-09. Desde que passou a atuar como titular, Thiago Silva tem sido muito eficaz em seus desarmes e vem sendo bastante elogiado também por suas ocasionais arrancadas até o ataque, devido à sua velocidade. Marcou seu primeiro gol pela Serie A em 8 de novembro de 2009, aos 21 minutos da vitória por 2 a 1 sobre a Lazio. Na primeira temporada, se destacou, e substituiu muito bem o ídolo do clube, Paolo Maldini.
Em 2011 consolidou-se, foi considerado na Itália como um dos melhores zagueiros do ano no mundo, considerado o melhor zagueiro rossoneri, desbancando outro ídolo, Alessandro Nesta.8
No dia 13 de setembro de 2011, na estreia do Milan na Liga dos Campeões da UEFA de 2011–12, contra o Barcelona, no Camp Nou, o zagueiro brasileiro marcou o gol de empate Rossonero na partida, aos 47 minutos do segundo tempo. O jogo acabou em 2 a 2, os outros gols foram marcados por Alexandre Pato, Pedro e David Villa.
Apesar de ter recusado a primeira investida dos franceses do PSG, Silvio Berlusconi confirmou, em 13 de julho de 2012, a venda do zagueiro, junto com o atacante Zlatan Ibrahimović, à equipe parisiense. Estreou no dia 18 de setembro, marcando um dos gols da vitória por 4 a 1 sobre o Dínamo de Kiev, em jogo realizado no Parc des Princes. Fez seu segundo gol pelo PSG contra o Porto, em vitória por 2 a 1 dentro de casa. Fez sua estreia no Campeonato Francês no fim de semana seguinte, jogando os 90 minutos em uma vitória sobre o CA Bastia por 4 a 0, em 22 de setembro.13 Marcou seu terceiro gol pelo PSG em um pênalti contra o Olympique de Marseille, em 31 de outubro. Thiago Silva ganhou o prêmio de melhor jogador do Campeonato Francês do mês de março, recebendo 71% dos votos. Foi expulso no jogo contra o Valenciennes, no empate por 1 a 1 em casa, perdendo a chance de ficar próximo do título francês. Conquistou o título do campeonato francês contra o Lyon em 12 de maio, na vitória por 1 a 0.
Em junho de 2008, foi convocado pelo treinador Dunga para dois jogos pelas Eliminatórias da Seleção Brasileira.
Dois meses depois, foi convocado para participar das Olimpíadas de 2008, como um dos atletas acima de vinte e três anos. O jogador se contundiu na preparação e acabou atuando em apenas dois jogos, sendo um como titular.
Pouco depois, passou a ser constantemente convocado para os amistosos da seleção ao longo de 2008, tendo chamado atenção internacional ao aplicar um chapéu sobre o português Cristiano Ronaldo.
Após alguns meses sem ter sido chamado, voltou a ser convocado por Dunga em novembro de 2009, para os amistosos contra a Inglaterra, em 14 de novembro, e contra Omã, em 17 de novembro. Thiago Silva foi chamado para o lugar de Luisão, cortado por lesão. No dia 9 de fevereiro de 2010, ele foi chamado novamente à seleção para o último amistoso antes da Copa do Mundo FIFA de 2010, em que o Brasil venceu por 2 a 0. No dia 11 de maio de 2010, Thiago Silva foi convocado pelo técnico Dunga para disputar a Copa do Mundo de 2010 pela Seleção Brasileira.
No dia 10 de agosto de 2010, foi chamado pelo técnico Mano Menezes para jogar o amistoso contra os Estados Unidos e, desde então, vem formando a zaga titular brasileira ao lado de David Luiz.
No primeiro ano da seleção de Mano Menezes, Thiago Silva foi convocado para todos os jogos, e foi também convocado para todos os jogos do ano de 2011.
No dia 30 de maio de 2012, marcou seu primeiro gol com a camisa da Seleção Brasileira na vitória por 4 a 1 sobre os Estados Unidos, em jogo realizado na capital norte-americana.
Em 14 de maio de 2013, foi convocado para a Copa das Confederações, no Brasil.
No dia 10 de setembro de 2013, fez um belo gol de cabeça contra Portugal em Boston, saltando mais de 2 metros para fazer o gol, que foi o primeiro na vitória brasileira por 3 a 1 sobre Portugal.

10.193 – Mega memória Copa do Mundo – Lazaroni ou “lazarento”?


Lazaroni, apelidado pejorativamente de "lazarento", após o vexame
Lazaroni, apelidado pejorativamente de “lazarento”, após o vexame

O então técnico da seleção brasileira no vexame de 1990, fora o treinador da Seleção Brasileira na conquista da Copa América em 1989 e na na Itália, quando o país foi eliminado pela Argentina nas oitavas-de-final por 1 a 0.
Em 7 de agosto de 2011, assumiu a Seleção do Qatar. O período de permanência e os valores do acordo não foram divulgados.1
Em 19 de dezembro de 2011, após a eliminação da Seleção na primeira fase dos Jogos Pan-Arábicos de 2011 disputados no Qatar, foi demitido
A Copa de 1990, foi a décima quarta edição da Copa do Mundo FIFA de Futebol, que ocorreu de 8 de junho até 8 de julho de 1990. O evento foi sediado na Itália, tendo partidas realizadas nas cidades de Milão, Roma, Nápoles, Turim, Bari, Verona, Florença, Cagliari, Bolonha, Údine, Palermo e Genoa. (Itália, Alemanha Ocidental, Bélgica, Inglaterra, Escócia, Áustria, Suécia, Iugoslávia, Espanha, Países Baixo africanas (Camarões e Egito) e 2 asiáticas (Emirados Árabes e Coreia do Sul).
A Copa de 1990 entrou para a história como uma Copa de equipes defensivas, que jogavam apenas para alcançar o resultado. Apesar disso, também foi uma Copa de grandes goleadas, como EUA 1 x 5 Tchecoslováquia, e de grandes surpresas, como a vitória de Camarões sobre a Argentina logo na 1a rodada do Mundial.
A final da Copa do Mundo FIFA de 1990 foi disputada pela Argentina, que havia eliminado a Itália, a Iugoslávia e o Brasil; e a Alemanha Ocidental, que havia eliminado a Inglaterra, a Tchecoslováquia e os Países Baixos; a trajetória de 6 jogos dessas equipes teve 3 partidas resolvidas em disputas de pênalti e 3 em placares com um gol de diferença. A partida foi realizada em 8 de julho às 20h, no Estádio Olímpico de Roma, com um público de 73 603 pessoas. Sob o apito do árbitro mexicano Edgardo Codesal, Andreas Brehme converteu uma penalidade – até hoje muito contestada – aos 40 minutos do segundo tempo, trazendo o terceiro título da Alemanha Ocidental em Copas do Mundo, o primeiro no qual os alemães não vencem a equipe favorita.

Seleção de 1990
Seleção de 1990

O Brasil, campeão sul americano, comandado pelo técnico Sebastião Lazaroni, adotou o sistema com líbero, com dois alas, chamado 3-5-2, apontado por muitos analistas como contrário às características do futebol brasileiro.
A equipe, dividida por brigas internas, foi precocemente eliminada. Após passar com dificuldades pela primeira fase, apesar de 3 vitórias (2 a 1 na Suécia com dois gols de Careca, 1 a 0 na Costa Rica e 1 a 0 na Escócia, com um gol de Müller a 10 minutos do fim do jogo). o Brasil, em seu melhor jogo no torneio, caiu nas oitavas-de-final, frente à Argentina por 1 a 0 (o gol foi de Claudio Caniggia, em uma única jogada genial de Maradona, que foi muito marcado). O Brasil lutou (chegou a mandar uma bola na trave), mas perdeu várias chances de gol. Foi a pior campanha brasileira desde 1966.
Partida final
Chega o dia 8 de julho de 1990. No Estádio Olímpico de Roma, a Alemanha Ocidental de Lothar Matthäus e a Argentina de Maradona fariam a revanche da Copa de 1986. El Pibe de oro, que já era “odiado” pelos torcedores romanos por sua atuação em Nápoles, se vingou, chamando palavrões para a torcida, que vaiou o hino argentino. Ele se tornou um dos mais hostilizados pela torcida devido à eliminação italiana na semifinal. Os argentinos buscavam o tricampeonato mundial mas, depois de dois vice-campeonatos consecutivos, a Alemanha não deixaria o título escapar e domina amplamente a partida. Maradona e Jorge Burruchaga, a dupla que desmantelara a zaga alemã no jogo final da Copa de 1986 com jogadas rápidas, desta vez havia sido bem neutralizada por uma forte marcação e a tática argentina de atuar nos contra-ataques não resulta em perigo. Resta aos hermanos segurar o empate em busca de um lance isolado, como acontecera contra Brasil e Itália dias antes ou levar a decisão nos pênaltis, onde Goycochea sempre se destacou. A Alemanha, de tanto pressionar, trata de ganhar uma vantagem psicológica, e ela acontece aos 74 minutos quando Pedro Monzón faz uma falta feia em Jürgen Klinsmann (que chegou a erguer suas pernas para o ar), o que faz com que o argentino seja expulso. Com a vantagem, a Alemanha chega finalmente ao gol do título. Aos 84 minutos, Klinsmann bate falta próximo da área e na seqüência da jogada, Roberto Sensini, que havia entrado no 2º tempo, comete pênalti duvidoso em Rudi Völler. Maradona reclama e recebe cartão amarelo. Brehme bate rasteiro no canto e Goycochea, desta vez, não pega.

copa-1990-tabela-final

10.154 – Mega Sampa – Parada Gay pede criminalização da homofobia e reúne 100 mil


p gay2

Realizada neste domingo, na região central de São Paulo, reuniu entre 80 mil e 100 mil pessoas, segundo estimativa feita pela Polícia Militar, para pedir às autoridades a aprovação de leis contra a homofobia. Por volta das 20h30, o trânsito já tinha sido liberado na Paulista e na Consolação.
Os organizadores do evento não divulgaram estimativa própria de público. Uma parte das pessoas que participaram da passeata, porém, ainda acompanhava o show de encerramento na praça da República às 20h30. Pedro Lima, do programa “The Voice Brasil”, se apresentou primeiro, seguido por Wanessa.
Antes do show de encerramento, a multidão já tinha percorrido a avenida Paulista e a rua da Consolação, por onde também passaram 14 trios elétricos, com tipos variados de músicas. O trio da Salete Campri, por exemplo, transformou o local em uma rave, enquanto o trio da Gambiarra levou o clima do Carnaval baiano, com hits do axé e um pouco de pagode.
Ao encerrar o desfile, na praça Roosevelt, Nelson Matias, sócio-fundador da associação que organiza a Parada, tirou aplausos da multidão ao dizer que a luta não termina com a festa. Ele também recomendou que os participantes “voltem para casa em grupos e não aceitem provocações”, por segurança.
O desfile começou próximo do meio-dia, na avenida Paulista, seguindo para a Consolação. Na abertura, militantes cobraram das autoridades a aprovação de leis contra a homofobia e a favor dos direitos de transexuais. A ministra Ideli Salvatti (Direitos Humanos), o governador Geraldo Alckmin (PSDB) e o prefeito Fernando Haddad (PT) estavam presentes.
O presidente da APOGLBT (Associação da Parada do Orgulho GLBT), Fernando Quaresma, reclamou publicamente da anexação do projeto de lei 122/06, que criminaliza a homofobia, ao projeto de reforma do Código Penal, que ainda não tem data para ser analisado. A medida foi aprovada no Senado, em dezembro de 2013.
Assim como em outros anos, o evento atraiu de famílias a baladeiros, passando por pastores e celebridades.
Moradora da região há cinco anos, a doméstica Iracema Neris dos Santos, 57, decidiu ir ao evento pela primeira vez. No final da tarde, ela observava o movimento da via que desemboca na praça Roosevelt ao lado dos filhos Alexandro, 9, e Amanda, 14.

https://www.youtube.com/edit?video_id=Rm-K6f6KcT0

10.152 – Mega Sampa – Parada Gay 2014


drag quem

Parada gay (ou seu equivalente em inglês, Gay Pride parade) se refere a uma série de ações afirmativas dos gays ao redor do mundo anglófono e em alguns outros países, que visam combater o sentimento de vergonha sentido por muitos homossexuais, ou mesmo por grupos (geralmente de religiosos conservadores) que afirmam que tal comportamento sexual é vergonhoso.
A parada Gay vem atraindo muitas celebridades. Em 11 de Outubro de 2009, Lady Gaga fez um discurso em Washington DC pela igualdade e apoia as pessoas homossexuais. Também a cantora Américana Cindy Lauper já foi à parada Gay, assim como a cantora Lady Gaga fez shows na parada Gay.
Neste ano, por causa do calendário da Copa do Mundo no Brasil, a 18ª edição da Parada do Orgulho LGBT foi adiantada. O evento gratuito, que normalmente acontece durante o feriado de Corpus Christi, se realizou domingo (dia 4-mai-2014). A concentração iniciou às 10h, em frente ao prédio da Gazeta, na avenida Paulista (altura do número 900).
Com o tema “País Vencedor É País Sem Homolesbotransfobia: Chega de Mortes! Pela aprovação da Lei de Identidade de Gênero!”, a Parada —que conta com 14 trios elétricos— tem início na avenida Paulista e termina na praça Roosevelt. Entre as novidades está o carro da marca Netflix, que traz a atriz americana Lea DeLaria, da série “Orange Is the New Black” como atração.

10.149 – Abertura da Copa de 2014 – Brasil X Croácia


copa arara

Quando e onde: 12/6, às 17 horas, no Itaquerão, em São Paulo.
Por que assistir: Abertura da competição e estreia do Brasil, com o mundo inteiro de olho no início da primeira Copa disputada no país do futebol desde 1950. Só deve perder para a final em audiência.
Fique de olho: Em Neymar, a chave para o sucesso do Brasil no Mundial.
Em quem apostar: No Brasil, que não perde jogando no país desde 2002 – e que sofreu sua última derrota numa partida oficial disputada em casa há quase quatro décadas, na Copa América-1975.

10.147 – Mega Sampa – Museus estaduais de SP terão entrada gratuita aos sábados


A partir do dia 3 de maio, museus ligados à Secretaria Estadual de Cultura terão entrada gratuita aos sábados por tempo indeterminado. A iniciativa faz parte das comemorações da Semana Nacional dos Museus, celebrada entre os dias 12 e 18 de maio.
Ao todo, 18 museus do Estado integram a lista de participantes. Na capital paulista, fazem parte da programação a Casa das Rosas, Casa Guilherme de Almeida, Catavento, Museu Afro Brasil, Museu de Arte Sacra, Memorial da Resistência, Museu da Casa Brasileira, Museu do Futebol, Museu da Língua Portuguesa, Paço das Artes, Pinacoteca, Estação Pinacoteca e MIS (que terá gratuidade nas exposições do térreo e do acervo).
Esses equipamentos culturais terão programação especial durante o mês. Todas as atrações podem ser vistas em um aplicativo, disponível no site app.vc/museu-sp (digite o endereço no navegador do seu smartphone).
Outra novidade é a reabertura do Museu da Imigração, que retoma suas atividades no dia 31 de maio. A data será marcada por apresentações de teatro, de dança, de música e oficinas —o dia terminará com um show gratuito de Arnaldo Antunes.
Além das exposições agendadas para o período, os museus também oferecerão oficinas, cursos, jogos e palestras, promovendo a interação com seus visitantes.

masp

O Museu da Língua Portuguesa, por exemplo, promove, de 13 a 18 de maio, a oficina “Museu Autor”, na qual, após um passeio no museu, os visitantes montarão suas próprias vitrines com objetos, contribuindo para uma exposição coletiva. Além disso, nos finais de semana de maio, as visitas comentadas ao acervo serão dedicadas às famílias, para que todos compartilhem descobertas sobre a origem das palavras e curiosidades sobre a língua portuguesa.
Na Pinacoteca, no dia 15 de maio acontece a visita educativa para idosos e, no dia 17, uma visita especial com contação de histórias para pessoas com deficiência auditiva.
No Museu do Futebol, de 13 a 17 de maio, o equipamento promove visitação ao Centro de Referência do Futebol Brasileiro, novo espaço do Museu dedicado à pesquisa e a memória do esporte. Em maio, o museu também inaugura a exposição “Brasil 20 Copas”, que fará uma grande homenagem às seleções brasileiras que participaram das 19 edições da Copa do Mundo.
No dia 18, o Museu de Arte Sacra de São Paulo, em parceria com o Catavento, realiza visitas lúdicas, jogos de tabuleiro e gincanas nos espaços dos dois museus, em que os participantes aprenderão brincando sobre as transformações urbanas e pontos históricos da cidade de São Paulo.
Para facilitar o acesso do público, haverá transporte gratuito para o deslocamento dos participantes de um museu ao outro durante todo o dia.
A programação completa da Semana Nacional de Museus pode ser vista no site http://www.cultura.sp.gov.br

mis

10.088 – Contradições – Copa explora tatu como mascote, mas não ajuda a conservar espécie


fuleco

Desde que virou mascote da Copa de 2014, o tatu-bola estampa o material promocional da Fifa e de seus parceiros, posa ao lado de celebridades e tem sua imagem comercializada em vários produtos. Tudo isso, porém, trouxe poucos resultados – e, principalmente, recursos- para a conservação da espécie, dizem ambientalistas.
Eles reclamam que a Fifa não repassa recursos para conservar a espécie, exclusiva do Brasil e classificada como vulnerável à extinção.
Também há reclamações da falta de divulgação, nas aparições e nos produtos vinculados a Fuleco, sobre as características naturais da espécie e as ameaças a seu habitat e conservação.
O tatu-bola vive sobretudo na caatinga e tem sofrido com a destruição de seu habitat. Nos últimos dez anos, houve um declínio de 30% na população.
Por meio de sua assessoria, a Fifa informou que se engaja nas questões ambientais e que admira e respeita o trabalho da ONG. Eles informaram que um dos parceiros da entidade, a Continental Pneus, já repassa recursos para a preservação do tatu-bola na Associação Caatinga.
Segundo o secretário da associação, esse é o único apoio recebido de um patrocinador da Copa até o momento, e o suporte foi apenas para 2013.
“Estamos em contato para verificar a possibilidade e interesse de apoio para 2014”, completou Castro. Ele lembra que outras empresas envolvidas com a Copa do Mundo, assim como a Fifa, não quiseram destinar recursos para proteger o tatu-bola.

10.072 – Mega Sampa – É hoje – Rick Astley pela 1ª vez no Brasil


Rick Astley no hotel em Sampa
Rick Astley no hotel em Sampa

O cantor britânico Rick Astley, 48, dá risada, mas acha estranho ser famoso na internet. “Eu não tive nada a ver com isso. Poderia ter sido com qualquer um, sabe?”, diz o astro pop da década de 1980.
“Never Gonna Give You Up”, clipe de Astley de 1987, se tornou “meme” (piada que se multiplica rapidamente na web) 20 anos depois.
Batizado de “rickrolling”, o meme é um tipo de pegadinha: uma pessoa recomenda um link, dizendo se tratar de qualquer outra coisa. Quando esse link é acessado, porém, surge o clipe de Astley.
“O ‘rickrolling’ fez a música renascer. Mesmo que seja de modo irônico ou engraçado, não importa”, diz aos risos o cantor, que se apresenta pela primeira vez no Brasil.
“Sempre que vejo adolescentes no meu show, digo que foram ao local errado. Não sou o Calvin Harris. Eu suspeito que haja ironia no fato de eles estarem ali, mas eles compraram a porcaria do ingresso”, ri. “Então deve ser algo mais do que só ironia.”
“Never Gonna Give You Up” não é seu único hit. Com 40 milhões de discos vendidos numa carreira rápida (foram quatro álbuns em seis anos, até se afastar da música, em 1994), ele emplacou outras faixas, como “Together Forever”, “Hold Me In Your Arms” e “She Wants To Dance With Me”.
Astley assume que até gostaria de voltar a estourar com uma música nova, mas vê isso como uma possibilidade distante. “Exige muita dedicação, você tem que viver para aquilo. É preciso não apenas sorte, mas muito dinheiro e poder por trás de você”, comenta, esclarecendo que foram esses obstáculos que o levaram a passar alguns anos longe dos holofotes.
Sua filha de 21 anos, por exemplo, cresceu sem ter muita dimensão de que o pai havia sido um popstar. Para o cantor, isso foi saudável na relação entre eles, evitando muitas “perguntas estranhas” que poderiam ter sido feitas por ela quando criança.

A volta aos palcos foi no início dos anos 2001, mas só depois de estourar na internet, há cerca de seis anos, ficou famoso mundialmente e começou a ser convidado para se apresentar em países onde nunca tinha estado antes.

No final de março, por exemplo, foi à Malásia. O show acabou cancelado por causa do acidente com o voo da Malaysia Airlines, desaparecido após deixar Pequim.

Traumatizado, Astley, que já tinha medo de voar, dispensou a ponte aérea para ir de São Paulo ao Rio. Ele fará o trajeto por terra.

RICK ASTLEY NO BRASIL
QUANDO hoje (SP); amanhã (Rio), à meia-noite
ONDE HSBC Brasil, r. Bragança Paulista, 1.281, tel. (11) 4003-1212; Vivo Rio, av. Infante D. Henrique, 85, tel. (21) 2272-2901
QUANTO R$ 300 (SP); de R$ 150 a R$ 280 (Rio)
CLASSIFICAÇÃO 14 anos (SP); 18 anos (Rio)

10.050 – Mega Sampa – Show de Pop Rock no Autódromo de Interlagos


show rock

Conhecidas por performances enérgicas, as bandas Phoenix, Nine Inch Nails, Arcade Fire e Vampire Weekend devem fazer shows disputados no Lollapalooza 2014, que ocorre neste sábado (dia 5) e domingo (6), no Autódromo de Interlagos.
Na terceira edição no Brasil, o evento tem um dia a menos que os anteriores, mas possui cinco palcos ao invés de quatro. São eles: Skol, Onix, Interlagos, Perry e Kidzapalooza.
O que garante mais de 50 atrações, entre shows, workshop e feira gastronômica, e coloca bandas em palcos distintos para tocar no mesmo horário.
Entre as opções culinárias estarão chefs como o do restaurante Marcellino Pan y Vino e Alex Atala, com alguns petiscos e pratos.
Quem quiser beber deverá desembolsar R$ 9 na cerveja e R$ 3 na água.
A distância entre os palcos varia entre 700 m e 2,5 km.
O primeiro grande festival do ano também traz atrações nacionais de destaque, como Apanhador Só e Silva.
Palco Interlagos
12h15-13h: Apanhador Só
13h30-14h15: Brothers of Brazil
14h45-15h30: Selvagens à Procura de Lei
16h-17h: Savages
17h30-18h30: AFI
19h-20h: Jake Bugg
20h30-22h: New Order

Pros roqueiros, um prato cheio, mas para nós do ☻ Mega, só escapa New Order, é meio roquinho mas dá pra ouvir: