12.171 -Mega Sampa – Bolo do Bixiga deu “bolo”


bolo-do-bixiga
O bolo do Bexiga foi suspenso ha sete anos e não tem data para volta
Curiosidades:
Bolo teve 453 metros de comprimento em 2007
Em 2003, foram 449 metros
O preparo do bolo levava em torno de uma semana
O famoso quitute foi distribuído até 2008. Hoje em dia, bolos prontos são entregues para quem quiser comemorar o aniversário da cidade.
Alternativa
Para comemorar o aniversário de São Paulo, a ( SODEPRO ) Sociedade de Defesa das Tradições e progresso da Bela Vista, oferece aos moradores de uma das melhores metrópoles do mundo um bolo especial.
A primeira iniciativa de ofertar um bolo à cidade foi de Armandinho do Bixiga, um dos mais conhecidos e queridos personagens do tradicional bairro da região central. Armandinho dedicou-se até sua morte em 1994 a proteger e valorizar as tradições da região da Bela Vista, que reúne duas das principais culturas de imigrantes de São Paulo: a italiana e a nordestina.
O sucessor de Armandinho e atual presidente da SODEPRO, Sociedade de Defesa das Tradições e Progresso da Bela Vista é Walter Taverna, o “seu” Walter. Ele vem comandando a festa nos últimos anos com muita dedicação.
Este ano o bolo terá 462 metros de extensão, o que o mantém como maior do mundo. Para essa comemoração a distribuição será em em embalagem individual.
Festa dos 462 anos de São Paulo no Bixiga é no dia 25 de janeiro 2016, às 12 horas na Rua Rui Barbosa. (entre a Rua Conselheiro Carrão e a Praça Don Orione).

2623- ☻Mega Almanaque-Por que 1° de Abril é o dia da mentira?


A tradição de considerar este dia como o dia da mentiraou dos tolos já dura mais de 400 anos, desde a adoção do calendário gregoriano.No hemisfério norte no século 16, o ano novo era comemorado em 25 de março, na chegada da primavera, o que significava o fim de uma longa temporada de frio e dificuldades. Na França em 1564,o rei Carlos IX determinou a adoção do calendário criado por Gregório 13, com a virada do ano em 1 de janeiro. O povofrancês, com muita irreverência resistiu a mudança e muitos continuaram a comemorar o ano em 25 de março. Alguns franceses mandavam convites para festas inexistentes no dia 1° de abril. Os convidados que acreditavam e tentavam ir para festas foram os 1°s bobos do dia 1° da abril, que acabou sendo comemorado com trotes e brincadeiras.