12.999- Rádio – Mesmo com apresentador chato, o Energia na Véia da Energia 97 ainda resiste duas décadas no ar


energia-na-veia
A ideia era boa, a de trazer os grandes clássicos dos anos 70, 80 e 90 de volta, mas o formato do programa deixa muito a desejar.
Um programa de 2 horas de duração que traz no máximo meia hora de música e onde os DJs que deveriam ser protagonistas, são meros coadjuvantes. Os outros 90 minutos são de piadas sem graça, informações de trânsito e participações de ouvintes, muito parecido com a obsoleta e popularesca programação das rádios AM.
Com 4 décadas de experiência em programas de rádio,lanço o meu olhar crítico para esse programa que poderia ser melhor se destacasse o trabalho dos DJs. Em vez disso, tem como apresentador um chato de galochas, um tal de Sílvio Ribeiro, que só quer aparecer.
Falo da Energia na Véia e acho incrível como esse programa ainda resiste no ar, o Disco Classics da Alfa FM, por exemplo, que era muito melhor, extinguiu-se depois de pouco mais de uma década no ar.
Mas é claro que o programa tem o mérito de manter as grandes clássicas da era Disco, do R&B e da House ainda no ar, coisa que nenhuma outra emissora aberta faz. E faço ainda uma ressalva sobre essa crítica porque um programa que participa feras como o DJ Akeen e Iraí Campos não poderia ter um formato tão pobre e se por isso é digno de crítica, ressalto que a programação musical da maioria da outras emissoras está abaixo da crítica.

chato-de-galochas

Eis o chato de galochas

Preste atenção nesse vídeo, ele diz que é o “melhor” programa de flash back, só esqueceu de dizer que era o único”