10.998 – Sonda New Horizons entra nos primeiros estágios do encontro com Plutão


O longínquo Plutão, agora rebaixado a categoria de asteroide
O longínquo Plutão, agora rebaixado a categoria de asteroide

Em 179 dias a sonda New Horizons, da Nasa, terá a sua maior aproximação de Plutão. No entanto, hoje a história já começa a ser escrita: sua aparelhagem já está analisando dados sobre o misterioso planeta-anão e seus arredores.
A Nasa ainda não divulgou fotos, mas já começou a analisar a poeira e o plasma nas proximidades de Plutão. As primeiras imagens, segundo a agência, devem ser divulgadas no início de fevereiro – e foram prometidas imagens incríveis (melhores do que as do Hubble) em maio!
Vale a pena lembrar que a New Horizons tirou um retrato de Plutão quando estava próxima a Netuno, em agosto de 2014 – e essa foto ilustra o início da nota.

5427 – Astronomia – De ☻lho nas sondas


Messenger – Destino Mercúrio
2011 – Missão: Estudar a geografia e o clima de Mercúrio para conseguir entrar na órbita do planeta, ela percorre desde 1975, um caminho tortuoso entre campos gravitacionais.

Phoenix – Destino Marte – Chegada em maio de 2008. Vem tentando descobrir algum sinal de vida e já encontrou gelo e água a – 53°C, isso é possível graças a concentração de sais em Marte.
Vênus Express – Chegou em Vênus em 2006. Até 2009 coletou dados para um mapa do relevo e temperatura do planeta. Com tal mapa será mais fácil planejar missões de pouso nesse planeta que não é nada hospitaleiro com os visitantes.

Marte – Diferente das irmãs menores que usavam um tipo de air-bag para aterrisar, a MSL vai descer em Marte numa cápsula em forma de disco até soltar um pára-quedas, para reduzir a velocidade de pouso. Retropropulsores ganharão o toque suave em solo marciano.
New Horizons – Destino Plutão – Estimativa de chegada: 2015.
Será a 1ª sonda a estudar Plutão e suas 3 luas. Depois disso, a sonda pode continuar a missão e pesquisar outros objetos do Cinturão de Kuiper, a periferia do Sistema Solar.

Cassini – Huygens – Depois de viajarem juntas, as 2 se separaram na chegada. Huygens pousou na lua Titan, onde provou a existência de grande quantidade de líquidos. Já Cassini orbita Saturno para coletar dados de sua Geologia.