2570-Apolo 13 – Acidente no Espaço


Símbolo oficial da missão

A nave de n.º 13 foi colocada na ponta do foguete Saturno 5, de 110 metros de altura ( o tamanho de um prédio de 35 andares ) , partiu ás 13h13min e 13 seg. do dia 11 de abril de 1970. Uma explosão destruiu peças importantes e impediu o pouso na lua, colocando em risco a volta de seus 3 tripulantes á Terra. Dois dias e meios após a decolagem, o que parecia um vôo tranqüilo, foi abalado por uma violenta explosão que obrigou os astronautas a usarem todos os recursos disponíveis, treinamento e coragem para sobreviver.. O tanque de oxigênio explodiu e mandou para o espaço praticamente um módulo inteiro, com cerca de 4 metros de comprimento. Foi aumentada a voltagem do aquecedor elétrico que forçava o oxigênio a sair do reservatório, chegando com isso a temperatura de mais de 500 °C. O oxigênio expandiu-se até explodir o tanque. As luzes se acenderam em alarme a 330 mil km da Terra. Como o som não se propaga no vácuo, a explosão foi ouvida como se fosse apenas a batida de uma porta. O oxigênio não servia apenas para respirar : misturado com o hidrogênio, gerava eletricidade, água para beber e para a refrigeração. Acabada a missão, restava outra : Fazer a nave avariada voltar para a Terra e salvar os astronautas. Para ao náufragos do espaço, a única chance de sobrevivência era buscar refugio no bote salva vidas, o módulo lunar. O módulo tinha oxigênio para 3, mas a energia elétrica e a água havia sido planejadas para 2 pessoas, teriam que ser economizadas. O suprimento de água foi cortado para menos de um copo por pessoa e a temperatura interna da nave foi reduzida para perto de 4ºC. Cronologia da viagem : 11 de abril de 1970 as 13h13, decolagem do centro Kennedy na Flórida. 15h48 min , o foguete Saturno 5 coloca a Apolo 13 na direção da Lua. O módulo de comando Odissay juntou-se ao Aquarius, o módulo lunar, em 11 de abril ás 17h14. 20h54, as astronautas ligaram os jatos do Odissay para corrigir o curso da nave até o local da Lua onde o pouso está planejado. 21h08 min do dia 13 de abril – a 330 mil km da Terra explodiu um tanque de oxigênio e a Apolo mandou a famosa mensagem “Houston, temos um problema” . 14 de abril, 02h45, os astronautas manobraram o Aquarius, ligando seus jatos e colocaram a nave numa trajetória de retorno livre á Terra. 14 de abril – 18h40min, com a missão cancelada, os tripulantes se aproximam da Lua, chegando a 220 km dela. 20h41 – Os jatos do Aquarius são ligados por 4 minutos e meio para acelerar a nave de volta a Terra. 17 de abril – 07h15. A Apolo jogou o módulo de serviço e só então os astronautas perceberam a destruição causada pela explosão. 10h43 » a tripulação voltou ao Odissay e o Aquarius foi solto. Finalmente a Apolo 13 desceu no Oceano Pacífico, próximos á ilha Samoa, onde foram resgatados