4713 – Parece mas não é – Lã de vidro parece algodão doce


Não se pode comer vidro...açúcar sim, mas sem exageros

Mas nem pense em comer…

Trata-se de uma espécie de tecido que é usado principalmente como isolante térmico e acústico. As fibras são obtidas a partir de vidro fundido e que se torna aquecido a uma temperatura de 1200 °C. Depois de derretido é transformado em fios que são usados para confeccionar a manta.
No algodão doce, o açúcar depois de aquecido transforma-se em fios que vão se misturando até formar um emaranhado.
Não enferruja e tem excepcional resistência a ambientes altamente agressivos aos materiais convencionais. A resistência química do Fiberglass é determinada pela resina e construção do laminado. Pode ser produzido em moldes simples e baratos, viabilizando a comercialização de peças grandes e complexas, com baixos volumes de produção. Mudanças de projeto são facilmente realizadas nos moldes de produção, dispensando a construção de moldes novos. Os custos de manutenção são baixos devido à alta inércia química e resistência às intempéries, inerente ao material.
As montadoras brasileiras Gurgel e Puma fabricavam seus carros com carrocerias de fibra de vidro.