8906 – Saúde – Corpo em Movimento


Embora os benefícios dos exercícios sejam reconhecidos por boa parte das pessoas, poucos praticam diariamente.
Estudos recentes demonstraram que seus efeitos duram apenas 24 horas. Outra pesquisa canadense revelou que o exercício melhora a elasticidade das artérias, o que aumenta o fluxo sanguíneo, com mais oxigênio para os neurônios, as células cerebrais estão mais protegidas contra o AVC.
A substância de maior importância envolvida nas crises de enxaqueca bem como na depressão, é a serotonina. É o neurotransmissor responsável pelo bom humor, otimismo e auto-estima.
A caminhada ao ar livre, especialmente pela manhã, é o mais rápido e eficaz antidepressivo. Sua ação na enxaqueca potencializa os recursos do repouso e de uma alimentação saudável, rica em triptofáno (aminoácido precursor da serotinina), trazendo não só a eliminação das crises de enxaqueca, como aumentando a disposição e a auto-estima.

7963 – Medicina – Perda de sódio e potássio provoca a cãibra


A cãibra é uma contração . muscular forte, prolongada e parcialmente involuntária.

Por meio de nervos, chamados motores, o cérebro manda impulsos elétricos que avisam ao músculo se ele deve contrair. Com o músculo relaxado, uma diferença de potencial elétrico entre a parte de fora e a parte de dentro das fibras musculares. A diferença de potencial se deve à presença de sódio no exterior e de potássio na parte superficial interna. Com a chegada do impulso elétrico, porém, tudo muda: abre-se uma série de receptores na membrana que reveste as fibras musculares. Os receptores são comparáveis a portões, pelos quais – o sódio que estava do lado de fora – consegue entrar. No lado de dentro, a substancia ocupa o espaço do potássio, que acaba saindo. A troca de lugares excita as partículas de cálcio situadas numa região mais profunda da fibra e elas, por sua vez, provocam movimentações dos filamentos musculares, ocasionando a contração. A câimbra acontece quando a quantidade de sódio e potássio não é o ideal. Essas substancias funcionam como tradutoras da mensagem cerebral. Portanto, o impulso elétrico ai normal ao cérebro, mas termina sendo traduzido de uma maneira errada pelas partículas de cálcio, que realizam uma contração mais forte do que necessário. O relaxamento muscular também demora mais para acontecer. O problema geralmente ocorre quando alguém toma diurético ou realiza exercícios físicos intensos. “ A pessoa, então, elimina grande quantidade de água, misturada com sódio e potássio, na forma de urina ou suor, diminuindo assim a concentração ideal para a passagem do impulso nervoso”.

Escola Paulista de Medicina