10.991 – Como funcionam os reservatórios de água?


reservatorio-Jaguari-Sistema-Cantareira

Eles fazem parte de sistemas produtores, que captam e tratam a água que chega às nossas casas. Atualmente, de acordo com a Agência Nacional de Águas (ANA), 14% dos municípios brasileiros são abastecidos por esse sistema integrado, enquanto 86% recebem água de reservatórios isolados.
Este é um cenário bem diferente do que rolava no fim do século 19, quando as pessoas ainda usavam baldes para pegar água de fontes e rios próximos. Com o crescimento das cidades e da população, foi preciso melhorar a distribuição de água. Isso deu origem a represas e a sistemas como o da Cantareira, um dos maiores do mundo, que produz 33 mil litros por segundo e atende mais de 8 milhões de pessoas na grande São Paulo.
Mas até mesmo um gigante como esse pode secar. Com a falta de chuva neste ano, a Cantareira chegou a 8,2% da sua capacidade de armazenamento em maio. Para fugir do racionamento, o governo adotou medidas emergenciais, como retirada de águas mais profundas, enquanto torce para voltar a chover nas cabeceiras dos rios que abastecem o sistema.
São necessários vários quilômetros de dutos e um longo processo de tratamento para a água chegar até a sua torneira.