12.889- Reprodução Humana – Infertilidade Masculina – Quais os Principais Problemas?


biologia reprodução
As condições químicas do sêmen e a qualidade dos espermatozoides, a mobilidade e formato são essenciais para uma fecundação bem sucedida então, a saúde dos espermas deve ser boa.

O exame de espermograma colhido por uma masturbação para essa finalidade normalmente verifica:

Volume e concentração de espermatozoide por ml, o normal é ficar em mais de 20 milhões.
Mobilidade, a forma e a velocidade que o espermatozoide se movimenta que deve ser maior do que 50% em casos normais.
Morfologia, formato correto do espermatozoide, uma cabeça e uma cauda. Morfologia que em um exame normal deve ser maior do que 15% do total ejaculado. O formato ideal é cabeça oval e com cauda longa.
Normalmente a infertilidade masculina pode ser pela baixa concentração de espermatozoide, pela baixa mobilidade e também pela morfologia que em alguns casos chega a ser extrema. Os problemas que são detectados também são:

Oligospermia: Menos de 20 milhões de espermatozoides por ml.
Oligoastenospermia: Mobilidade e quantidades menores do que o ideal.
Teratospermia: Formato inadequado do espermatozoide.
Necrospermia: Espermatozoides inativos ou mortos
Leucospermia: Alteração dos leucócitos no sêmen que normalmente é algum tipo de infecção.
Azoospermia: Falta de espermatozoides
Astenospermia: Não se movem como deveriam e são espermatozoides mais lentos.
Acidez do sêmen também pode ser um fator que pode prejudicar a vida dos espermatozoides. Por isso o Ph deve ser equilibrado, tanto do sêmen quanto da cavidade vaginal para que o esperma esteja em um ambiente ideal para avançar em rumo ao óvulo.Todos esses problemas são tratáveis e a maioria dos casos pode ser curada com medicamentos ou procedimentos corretos. Em alguns casos graves a cirurgia pode ser indicada, ou a possibilidade de uma doação de esperma para uma gravidez em casos mais severos e extremos como estetilidade pode ser apresentada pelo especialista em fertilidade, cabe a decisão ao casal e deve ser muito bem pensada.

Fatores externos como tabagismo, roupas apertadas (calças e cuecas demasiadamente justas podem prejudicar muito), varicocele, Dsts (doenças sexualmente transmissíveis como sífilis e clamídia podem ser causadores de infertilidade) ou infecção corriqueira de fácil tratamento que podem as causadoras, também o uso de drogas e substância como anabolizantes e esteroides podem afetar e muito a fertilidade masculina por afetarem o hormônio responsável, a testosterona. O médico urologista pode ajudar com vitaminas do tipo E e em alguns casos de fácil tratamento tribullus terrestres se mostrou muito útil em tratamento de infertilidade masculina porém qualquer causa deve ser analisada individualmente e com critério pelo médico que acompanha o casal.
A importância da investigação simultânea do casal pode encurtar um caminho de sofrimento e cobranças a respeito da gravidez, sofrer sem procurar ajuda não é uma boa ideia e caso seu marido ou companheiro ainda se recuse a fazer exames para verificar a presença de algum problema, basta mostrar esse post a ele e as inúmeras doenças que podem atingir a fertilidade masculina. A leitora Silvana Chaves e seu marido Talles Chaves viveram um momento difícil quando buscavam a gravidez do primeiro filho que hoje tem 1 ano de idade. Veja um pouco mais do caso da Silvana e o marido. “Nós estávamos tentando engravidar há 2 anos quando o médico sugeriu que nós ingressássemos em uma investigação mais profunda. Começamos por mim e logo em seguida o espermograma foi pedido. No dia do exame o Talles estava muito nervoso e quase não conseguiu colher o material para o exame. Ficamos 15 dias esperando o resultado e quando pegamos o papel no laboratório nos assustamos pois ele estava com apenas 2% de espermatozoides presentes no sêmen.
O formato deles também era bem diferente do normal pois alguns tinham 2 caudas, outros 2 cabeças, outros eram achatados e muitos estavam mortos. O médico então sugeriu um tratamento com a eliminação do cigarro, bebidas alcoólicas vitamina E, outro medicamento que ele tomava todos os dias (não me recordo do nome). Cerca de 3 meses depois ele refez os exames e para nossa alegria o resultado do exame estava bem melhor e foi descartada a possibilidade de fertilização in vitro. 4 meses após os resultados e o inicio do tratamento eu engravidei do meu filho Renan que acabou de completar 1 ano. Por isso meninas não deixem de procurar ajuda médica, a opinião de um bom profissional pode ser fundamental par acabar com o sofrimento de um casal. ”
Investigar é a palavra chave para detectar a infertilidade masculina, então a cumplicidade do homem para a gravidez é muito importante. Lembre-se, exames hormonais par o homem também são bem vindos e além do urologista o seu ginecologista também pode solicitar exames para o homem em casos de investigação de fertilidade.
O hipotireoidismo também é um das caudas da oligospermia, esse detectado por exame de sangue e ultrassom especificamente. Casos mais específicos como varicocele também podem ser tratados como oligospermia, porque ela também diminui a quantidade de espermatozoide no homem. Alguns sintomas podem aparecer na oligospermia, homens com baixa quantidade de esperma podem apresentar até mesmo um encolhimento dos testículos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s