11.654 – “Botox” à base de veneno de cobra


botox

Pesquisadores de Minas Gerais desenvolveram um medicamento à base de veneno de cobra cascavel que age como bloqueador neuromuscular, efeito semelhante ao da toxina botulínica (Botox).
Chamada crotoxina, a substância está sendo testada no tratamento do estrabismo, distúrbio que afeta o paralelismo entre os dois olhos.
Hoje, uma opção de tratamento são aplicações de toxina botulínica. Ela causa paralisia transitória do músculo. O relaxamento muscular ajuda a restaurar o equilíbrio nos músculos que controlam o movimento dos olhos.
A pesquisa está sendo desenvolvida por meio de parceria entre a UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), as secretarias de Estado da Saúde e de Ciência e Tecnologia de Minas, com apoio do Sebrae Minas.
Segundo a farmacêutica Ana Elisa Ferreira, foram feitos testes laboratoriais e com coelhos. Agora, a equipe busca mais parcerias para realizar outros testes ainda na fase experimental (como de toxicidade entre outros). O investimento estimado é de R$ 1 milhão. Só depois vão acontecer os testes em humanos.
Ana diz que, nos primeiros testes com animais, a neurotoxina apresentou vantagens sobre a toxina botulínica. “Os efeitos parecem ser mais duradouros, tornando as aplicações menos frequentes.”
Para oftalmologista Geraldo de Barros Ribeiro, da UFMG, a crotoxina pode ser uma opção quando o paciente não responde mais às aplicações da toxina botulínica.
A crotoxina é a principal toxina do veneno da cascavel sul-americana. Já a toxina botulínica é obtida de uma bactéria (Clostridium botulinum).
Um dos tratamentos é para as distonias musculares, distúrbio caracterizado por espasmos musculares involuntários. Quando aplicada em pequenas doses, a toxina bloqueia a liberação de acetilcolina (neurotransmissor responsável por levar as mensagens elétricas do cérebro aos músculos) e, como resultado, o músculo não recebe a mensagem para contrair.

11.653 – Novo equipamento que poderá salvar aviões de explosões


sacola_anti-bomba_-_terrorismo_-_bagagem_-_aviao_-_history_channel
A guerra contra o terrorismo ao redor do mundo não tem descanso. O problema é que a imprevisibilidade dos ataques torna o combate muito difícil. Agora um novo equipamento pode ajudar a enfrentar atentados à bomba em aviões.
O sistema tem a capacidade de resistir a explosões de bombas contrabandeadas para dentro de aviões. O dispositivo, batizado de FlyBag, foi desenvolvido para absorver as ondas de choque e estilhaços causados por explosões. O equipamento funciona como uma espécie de grande sacola projetada para envolver as bagagens na área de carga das aeronaves.
Durante testes em aviões antigos, a sacola foi capaz de conter explosões sem causar danos a bordo. Se uma bomba equivalente fosse explodida durante um voo, possivelmente não haveria vítimas. O equipamento usa uma combinação entre quatro camadas de diferentes materiais, incluindo uma de Kevlar, usado em coletes à prova de balas.

11.652 – Estética – Mais de 80% das propagandas de cosméticos divulgadas são falsas


Um novo estudo norte-americano sobre a publicidade de produtos de beleza feitos em revistas como Vogue, Glamour e Marie Claire, descobriu que a maioria das reivindicações são falsas, com uma quantidade significativa afirmando mentiras de forma absurda.
Pesquisadores da Universidade Estadual de Valdosta avaliaram 289 anúncios de cosméticos a partir das páginas de sete revistas publicadas em abril de 2013, categorizando as reivindicações feitas pelos anúncios. Estas afirmações incluíam declarações ambientais (ex. “Nenhum teste em animais”), reivindicações de endosso (ex. “Recomendado por dermatologistas”), e afirmações científicas (ex. “Clinicamente comprovada”). Anúncios foram adquiridos a partir de um número de categorias de produtos de cosméticos femininos, incluindo maquiagens, produtos faciais, produtos para o corpo, perfumes, entre outros.
Uma vez classificados pelos pesquisadores, as reivindicações de cosméticos dos anúncios foram avaliadas por um painel de juízes e classificadas de acordo com quatro escalas de veracidade: mentira deslavada, omissão, vaga e aceitável. Embora a maioria encare anúncios com ceticismo, os resultados do estudo são assustadores. Em última análise, apenas 18% das reivindicações feitas nos anúncios foram considerados aceitáveis ​​pelos juízes, com mais de 4 das 5 reivindicações do produto sendo avaliadas como vaga ou inverídicas.
Em termos de afirmações científicas feitas por produtos, apenas 14% eram vistos como ‘aceitáveis’. As alegações ambientais foram aceitas com menos cinismo, embora, mesmo assim, apenas metade desses pedidos foram considerados aceitáveis. Reivindicações de desempenho também se saíram mal. Cerca de uma em cada quatro reivindicações baseadas no desempenho foram consideradas ‘aceitáveis’, mas 23% foram consideradas mentiras descaradas.
“A decepção não só prejudica a credibilidade da propaganda como um todo, fazendo os consumidores ficarem na defensiva, como também produz efeitos prejudiciais para os anunciantes que são diretamente responsáveis ​​por fazer as reivindicações”, disse Sarah Knapton, uma das coautoras do estudo.
“O estudo deixa claro que os comerciantes têm grande interesse em defender a verdade na publicidade de cosméticos, porém, mais métodos de regulação precisam ser desenvolvidos”, completou. A pesquisa foi publicada no Journal of Global Fashion Marketing.

11.651 – Mega Sampa – O Túnel da 9 de Julho


belvedere-trianon-e-tunel-nove-de-julho
O Túnel Daher Elias Cutait, mais conhecido por sua denominação de origem, Túnel Nove de Julho, é uma via subterrânea da cidade de São Paulo. Situa-se na Avenida Nove de Julho, às proximidades dos bairros Bela Vista na região central e Jardins, na zona oeste, fazendo o cruzamento subterrâneo desta avenida com a Avenida Paulista. Foi construído no local onde existia a antiga Avenida Anhangabaú.
Inaugurado em julho de 1938, o túnel foi projetado pelo engenheiro italiano Domingos Marchetti para unir o centro da cidade aos bairros da zona sul e possui duas galerias independentes, cada uma com duas faixas de rodagem. No seu interior passam os ônibus do Corredor Santo Amaro-Nove de Julho.
Extensão Centro-Bairro: 1 045 metros
Extensão Bairro-Centro: 1 060 metros
Ano de Inauguração: 1938

9 de julho