10.986 – Música – Depois de Robson, foi a vez de Lincoln passar para o “andar de cima”


lincon

Lincoln Olivetti

(Nilópolis, 17 de abril de 1954 – Rio de Janeiro, 13 de janeiro de 2015)
Músico brasileiro (um dos melhores da era contemporânea) que ficou conhecido pela parceria com o guitarrista Robson Jorge.
Instrumentista, arranjador, compositor e produtor musical, Lincoln Olivetti iniciou-se na música ainda menino. Com 13 anos, já se apresentava em bailes do subúrbio com seu conjunto. Cursou as faculdades de música e engenharia eletrônica, mas não as concluiu . Em meados da década de 1970, conheceu Robson Jorge, com quem viria a manter uma grande parceria musical. Ouvintes desavisados já confundiram algumas de suas músicas (“Squash”, “Pret-à-porter”) com músicas feitas por George Benson.
Lincoln Olivetti fez arranjos para numerosos artistas: Gal Costa, Gilberto Gil, Tim Maia, Jorge Ben, Rita Lee, Roberto Carlos, Caetano Veloso, Maria Bethânia, Ângela Rô Rô, Zizi Possi, Fagner, Wando e Joanna.
Foi apelidado de “o feiticeiro dos estúdios” e “o mago do pop”. Na década de 1990, viveu um período de ostracismo, do qual saiu ao produzir discos para Lulu Santos e Ed Motta.
Lincoln Olivetti faleceu aos 60 anos, de infarto, na cidade do Rio de Janeiro.