10.583 – Pesquisa mostra que mamíferos podem ter surgido bem antes do que se imaginava


Pesquisadores acreditavam (baseados em anos de pesquisa) que os mamíferos surgiram no período Jurássico Médio, entre 176 e 161 milhões de anos atrás. Mas um estudo recente feito com fósseis de três espécies parecidas com os esquilos atuais sugere que os mamíferos podem ter se originado há muito mais tempo que isso: há cerca de 208 milhões de anos, no período Triássico (período mais antigo da era mesozoica). A conclusão é de paleontólogos do Museu Americano de História Natural e da Academia Chinesa de Ciências.
As três espécies – Shenshou lui, Xianshou linglong e Xianshou songae – foram descritas a partir de seis fósseis completos encontrados na China e foram reunidas em um novo grupo, chamado de Euharamiyida. Os pequenos “esquilos” pesavam entre cerca de 28 g e 283 g e se alimentavam de insetos, nozes e frutas.
Os cientistas encontraram uma grande diferença entre os dentes dos esquilos atuais e os dessas espécies: estes têm dentes “esquisitos”, com relevos e partes pontiagudas, confirmando que houve uma grande evolução de lá para cá. De acordo com os pesquisadores, os animais também tinham rabos e pés que indicavam que eram moradores de árvores.
“Eles eram ótimos alpinistas e provavelmente passaram mais tempo em árvores do que os esquilos de hoje”, disse o co-autor do estudo, Jin Meng, curador da divisão de Paleontologia do Museu Americano de História Natural. “Seus pés e mãos foram adaptados para agarrar galhos, mas não eram tão bons e rápidos quanto os esquilos ao caminhar ou correr no chão”.