9345 – Neurociência – Sistemas Cognitivos


A capacidade de Cognição é a capacidade de compreender e conhecer o processo mental através dos processos de interpretação. O termo é oriundo do latim Cognitione, e significa adquirir conhecimento por meio da percepção. Os Sistemas Cognitivos fazem parte da Cognição, que é um conjunto de técnicas e percepções, pré-estabelecidas pelos organizamos, cuja capacidade é a de lidar com o ambiente externo e determinadas ações. Os sistemas são uma resposta a interação com os demais seres humanos e ambiente, baseado no princípio de que cada indivíduo tem a sua identidade. A ciência que estuda os sistemas cognitivos é denominada de Ciências Cognitivas, e analisam todos os comportamentos com o objetivo de entender qual o processo de imaginação, pensamento e ação humana; através dela é possível compreender e simular as ações e reações, geradas pela percepção e raciocínio lógico do cérebro. A área da Medicina responsável por este tipo de estudo é a Linguística, Psicologia, Filosofia, Neurociência e também a Inteligência Artificial.
Os Sistemas Cognitivos são compostos por diversas partes, como o Pensamento, onde se concentram as ideias e a capacidade de reflexão sobre determinados assuntos, conhecimento e percepções. São também formados pelas denominadas Propriedades Cognitivas, relacionadas e explicadas abaixo, totalizando seis características: a Atenção, o Juízo, o Raciocínio, o Discurso, a Memória e a Imaginação.

Atenção – Capacidade de se concentrar sobre as situações e assuntos diversos. É formada de maneira involuntária por reações externas, de forma involuntária e também voluntária, quando pré-determinada.
Juízo – Responsável pelo ato de conscientização, ou seja, pelo que a pessoa julga ser a sua verdade.
Raciocínio – Combinação do desenvolvimento correto do pensamento com a capacidade de se chegar a uma conclusão coerente.
Discurso – Capacidade de se comunicar e colocar em palavras o pensamento lógico, utilizando a voz e demais capacidades de comunicação.
Memória – São imagens, expressões e conhecimentos, ou até mesmo situações e vivências passadas, capturadas durante a vida que são gravadas no cérebro.
Imaginação – Desenvolvimento mental, composto de memórias e percepções gravadas (denominadas de Imaginação Reprodutiva) e outras imagens (chamadas de Imaginação Criativa). A Imaginação Criativa é classificada como Fantasia, tida como incontrolável e geralmente expressas por manifestações artísticas, ou como Imaginação Construtiva, controlada por objetos e bastante estudada pela Filosofia.
Existem ainda os chamados Distúrbios Congnitivos Comportamentais, que são disfunções cerebrais que afetam o raciocínio lógico e a capacidade de percepção da realidade. Psicólogos e Especialistas indicam o tratamento por meio de Terapia Cognitivo Comportamental, a qual procura desvendar quais ações propiciaram a consequente falta de conexão dos sistemas cognitivos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s