9327 – Geologia – Como se forma uma ilha?


Depende do tipo: as vulcânicas surgem pelo acúmulo de lava e as continentais podem surgir pela erosão do solo ou pelo acúmulo de sedimentos. Também existem outros tipos menos comuns, como os atóis, que são formados quando recifes de coral se fixam sobre rochas submersas. Esses são os tipos mais comuns, definidos na escola como “pedaços de terra cercados de água por todos os lados”, embora esse conceito não seja exato – nos continentes, por exemplo, existem pedaços de terra cercados por rios e lagos, mas que não são considerados ilhas.

VULCÂNICA TRADICIONAL
O solo do fundo do mar é cheio de pontos quentes, locais em que o magma do interior da Terra pressiona a superfície do fundo do mar, formando vulcões. Esses vulcões no solo marítimo entram em erupção e, ao longo de milhões de anos, expelem lava, que se acumula e, ao ultrapassar a linha da água, forma uma ilha.

VULCÂNICA MONTANHOSA
O magma do interior da Terra também pode aproveitar brechas nas placas tectônicas para pedir passagem. Conforme o magma é expelido, ele forma cadeias montanhosas submarinas que vão crescendo e dão origem a ilhas. Essas cadeias submarinas, chamadas de dorsais meso-oceânicas, se estendem por todo o globo, mas formam poucas ilhas. A mais famosa é a Islândia.

VULCÂNICA DE CHOQUE
No fundo do mar, há áreas em que placas se chocam e uma desliza para baixo de outra. São as chamadas zonas de subdução. Conforme isso acontece, a pressão da placa que desce faz com que lava seja forçada para fora na placa que fica. Isso forma vulcões, que formam ilhas. Como o movimento das placas nas zonas de subdução é constante, as áreas onde elas ocorrem estão altamente sujeitas a terremotos e até tsunamis. O Japão foi formado por meio desse processo, que rola até hoje.
Um pedaço de terra do litoral do continente começa a sofrer erosão, provocada pela ação de correntes marítimas no local. O solo vai se desgastando e, com o tempo, o buraco é tão grande que um dos pedaços de terra se distancia do outro na superfície, apesar de continuarem unidos no fundo do mar

9326 – Geopolitica – O que são “direita” e “esquerda”?


São ideologias originadas nas assembleias francesas do século 18. Nessa época, a burguesia procurava, com o apoio da população mais pobre, diminuir os poderes da nobreza e do clero. Era a primeira fase da Revolução Francesa. A Assembleia Nacional Constituinte foi montada para criar a nova Constituição, mas as camadas mais ricas não gostaram da exaltação das mais pobres, e resolveram não se misturar, sentando separadas, do lado direito. Por isso, o lado esquerdo foi associado à luta pelos direitos dos trabalhadores e o direito ao conservadorismo e às classes altas. Segundo o filósofo político Noberto Bobbio, os dois lados hoje lutam por reformas, mas a esquerda busca a justiça social e a direita, a liberdade individual.