9269 – Medicina – A chave genética para frear o envelhecimento


O mistério em torno do mecanismo da vida, do envelhecimento e da morte vai aos poucos sendo desvendado. Um dos assuntos relacionados a este enigma é o processo de cicatrização: por que ele ocorre de maneira mais rápida em animais jovens do que nos mais velhos? A chave para responder esta pergunta, de acordo com um estudo da Escola de Medicina de Harvard, pode ser o gene Lin28. A diminuição da sua atividade, ao longo da vida, estaria associada à perda da eficiência do processo de cicatrização na medida em que o corpo envelhece. A identificação e a possibilidade de isolamento deste gene poderia representar um grande passo para o desenvolvimento de medicamentos para tratamento de tecidos em seres humanos. A eficácia desse gene já havia sido testada em jovens camundongos, nos quais a ativação do Lin28 acelerou o crescimento do pelo cortado e ajudou na recuperação de ouvidos e dedos lesionados. De acordo com George Daley, principal autor do artigo publicado na revista Cell, “isso soa como ficção científica, mas o Lin28 poderia fazer parte de um coquetel de cura que poderia ser oferecido a adultos para a recuperação de tecidos superiores”, ou seja, ao que tudo indica poderia ser uma receita para a juventude eterna.