9094 – Odontologia – Placa bacteriana cresce no Espaço


Como os especialistas da NASA bem sabem, longas temporadas no espaço podem trazer conseqüências desagradáveis à saúde dos astronautas. São conhecidos os relatos de americanos e soviéticos que mencionam enjôos, vertigens, atrofia muscular e até irregularidades cardíacas. Como se isso não bastasse, o odontólogo americano John Suzuki, da Universidade de Maryland, constatou que os astronautas sofrem mais do que na Terra de doenças periodontais causadas pela placa bacteriana formada entre a gengiva e os dentes. Suzuki, que participou do XIII Congresso Internacional de Odontologia do Rio de Janeiro, explicou o problema pela ausência de gravidade, “que diminui a circulação sanguínea e conseqüentemente a capacidade imunológica, deixando o organismo assim mais exposto a doenças causadas por bactérias”.