7185 – Medicina – O Aneurisma Intracraniano


É uma dilatação que ocorre em alguma artéria do cérebro em função do enfraquecimento das paredes. O risco e a ruptura e a consequente hemorragia.
Trata-se de uma ocorrência grave, fatal para quase a metade dos pacientes. Com novos exames têm aumentado o numero de pessoas que descobrem por acaso ter aneurisma intracraniano. Estima-se que entre 2 e 3% da população tenha auneurisma, no entanto, a maioria vai conviver com ele e morrer de outras causas. Uma pequena parcela vai ter que se submeter a uma cirurgia de cateterismo cerebral. Tal cirurgia envolve riscos, por isso, a opção deve ser criteriosa. O procedimento convencional consiste em uma pequena abertura no cranio para a colocação de um clipe que fecha o aneurisma. Outra técnica é introduzir um cateter na arteria femoral e a colocação de uma pequena mola para obstruir o aneurisma. Nao requer a abertura do crânio, mas envolve riscos.

Hospital Albert Einstein