6230 – Celular – Uma suspeita no ar


Ele foi acusado de causar câncer nos EUA. Entretanto, a Ciência nunca conseguiu provas suficientemente fortes para condenar em definitivo o seu uso, confirmando as suspeitas de que certas fontes de microondas como fios de alta tensão ou radar possam provocar o câncer. Na dúvida,os médicos recomendam que as pessoas evitem contato contínuo com tais fontes de radiação. O argumento a favor dos celulares é que operam em frequência insuspeita de causar o câncer, entre 840 e 880 Mhz.
A energia emitida por um telefone celular equivale a cerca de 10% da potência de uma lâmpada doméstica e não é suficiente nem para esquentar a pele. Dois usuários de telefone celular de Chicago entraram com um processo contra os fabricantes Motorola e Mitsubish, com o argumento de que não foram avisados sobre os supostos perigos do equipamento. Até o momento, as suspeitas ainda carecem de provas científicas. A grande vítima na ocasião dos boatos foram os produtores dos aparelhos que viram despencar a venda de seus produtos e a momentânea queda das ações na bolsa de valores.