5825 – Cinema – Os Vingadores


Em “Os Vingadores”, que estreia em São Paulo em 188 salas de cinema, Capitão América, Thor, Gavião Arqueiro, Viúva Negra, Hulk e Homem de Ferro são convocados por Nick Fury (diretor da agência pacificadora S.H.I.E.L.D.) para salvar a Terra da possível destruição.
Produzido pela Marvel Studios e distribuído pela Walt Disney Pictures.Baseado na equipe de super-heróis homônima da Marvel Comics, terá roteiro e direção de Joss Whedon e será estrelado por Robert Downey, Jr., Mark Ruffalo, Chris Hemsworth, Scarlett Johansson e Chris Evans.
O longa-metragem foi anunciado em abril de 2005 e faz parte do chamado “Marvel Cinematic Universe” – um universo ficcional compartilhado por filmes independentes produzidos pela Marvel Studios -, cruzando vários filmes de super-heróis da Marvel, incluindo Homem de Ferro (2008), O Incrível Hulk (2008), Homem de Ferro 2 (2010), Thor (2011) e Capitão América: O Primeiro Vingador ( 2011).
Elenco

Robert Downey Jr. como Tony Stark/Homem de Ferro
Chris Evans como Steve Rogers/Capitão América
Mark Ruffalo como Bruce Banner/Hulk
Chris Hemsworth como Thor Odinson
Scarlett Johansson como Natasha Romanoff/Viúva Negra
Jeremy Renner como Clint Barton/Gavião Arqueiro
Samuel L. Jackson como Nick Fury
Tom Hiddleston como Loki Laufeyson
Cobie Smulders como Maria Hill
Clark Gregg como Agente Phil Coulson
Gwyneth Paltrow como Pepper Potts
Stellan Skarsgård como Erik Selvig
Edward Norton foi substituído por Mark Ruffalo para interpretar Hulk em Os Vingadores, após as negociações entre ele e os estúdios da Marvel não darem certo.
Será o primeiro filme da Marvel distribuído pela Walt Disney Pictures.
Os Vingadores tem um orçamento estimado em US$ 150 milhões.

5824 – De ☻lho no Mapa – A Bulgária


Monumentos

É um país dos Balcãs, limitado a norte pela Roménia, a leste pelo Mar Negro, a sul pela Turquia e pela Grécia e a oeste pela Macedónia e pela Sérvia. Sua capital é Sófia. Faz parte da União Europeia desde 1 de janeiro de 2007.
A Bulgária recuperou sua independência em 1878, como um Principado Autônomo, e sua independência total foi proclamada em 1908. Pouco tempo depois, nos anos 1912 e 1913, envolveu-se na Guerra dos Balcãs. Durante a Primeira Guerra Mundial e, mais tarde, na Segunda Guerra Mundial, combateu ao lado das nações que vieram a ser derrotadas no conflito.
Finalizada a Segunda Guerra Mundial, ficou sob a influência da União Soviética e tornou-se uma república popular em 1946. O governo comunista encerrou-se em 1990, quando o País teve eleições com a participação de diversos partidos.
A Bulgária faz parte da OTAN desde 2004 e aderiu à União Européia em 2007.
O sudoeste do país é montanhoso e contém o ponto mais elevado da península Balcânica, o Musala, com 2 925 m. A cordilheira dos Balcãs atravessa o centro do país de leste a oeste, a norte do famoso vale das Rosas. Há regiões de planície e colinas a sudeste, ao longo da costa do mar Negro e nas margens do rio principal da Bulgária, o Danúbio, a norte.
Nos anos recentes, a Bulgária teve uma das menores taxas de crescimento populacional.O crescimento negativo de população ocorreu desde os anos 1990, por causa do colapso econômico e as altas taxas de migração.
Economia
As sanções económicas da Organização das Nações Unidas (ONU) à Iugoslávia e ao Iraque também prejudicaram a economia búlgara. Os primeiros sinais da recuperação da economia aconteceram em 1994, quando o Produto Interno Bruto (PIB) cresceu e a inflação caiu. Entretanto, em 1996, a economia sofreu uma crise devido às reformas econômicas e à instabilidade do sistema bancário.

Sófia, a capital

Desde 1997, o país passa por um período de recuperação, com o PIB crescendo numa taxa entre 4% e 5%, propiciando uma estabilidade macroeconômica. Estas condições fizeram com que a União Europeia aceitasse o ingresso da Bulgária em 2007.

Varna, outra importante cidade

Música
A música tradicional da Bulgária, tal como a dança e a roupas búlgaras, varia em função da região de onde vem. Geralmente, é difícil um cantor de uma região cantar música de outra região, tendo em conta a diversidade e a variação de sons e a sua emissão específica.
As músicas retratam os acontecimentos históricos e urbanos, o que tem ajudado a “descobrir” e a estudar a história e os costumes do povo búlgaro, de há muitos anos e séculos atrás. As canções não têm autores, visto que são passadas de “boca-a-boca”, de geração em geração, e foram inventadas ao longo dos acontecimentos. Os textos das músicas, em si são como histórias, narrando problemas, “festas”, guerras, sentimentos.