5498 – MPB – Roupa Nova


É uma banda brasileira formada na década de 1980 no estado brasileiro do Rio de Janeiro. Ainda hoje encontra-se em plena atividade.
São os atuais recordistas em trilhas sonoras de novelas (mais de 35 temas), sendo “Videogame” a trilha sonora do Jornal da Manchete, da extinta Rede Manchete. As mais famosas são Dona (Roque Santeiro, 1985), A Viagem (A Viagem, 1994) e Coração Pirata (Rainha da Sucata, 1990). O grupo também esteve presente na gravação original de outra trilha bastante conhecida, Tema da Vitória. Usado nas transmissões das corridas de Fórmula 1, o tema virou um verdadeiro hino e imortalizou as vitórias do piloto brasileiro Ayrton Senna.
Algumas novelas tiveram mais de uma música do Roupa Nova em sua trilha sonora. É o caso de Um sonho a mais de 1985 que além do hit Whisky a Go Go que era tema de abertura, tinha também a Chuva de Prata na voz de Gal Costa com participação especial do sexteto. Na novela Corpo Santo, exibida pela extinta Rede Manchete em 1987, o tema de abertura era “Um Lugar no Mundo” do Roupa Nova. Além desta canção o grupo estava presente também em “Amor Explícito” ao lado de Simone e “Um Sonho a Dois” ao lado de Joanna. O fato se repetia em Felicidade de 1991. Desta vez o Roupa Nova emplacaria dois grandes sucessos da sua carreira: “Felicidade”, que era o tema de abertura e “Começo, Meio e Fim”, tema do casal principal “Álvaro e Helena” (Tony Ramos e Maitê Proença). A música “Ibiza Dance” que foi tema de abertura da novela Explode Coração de 1995 ganhou versão remix (Ibiza Dance Remix) que também entrou para a trilha sonora da novela e foi faixa de uma compilação extra lançada no mesmo ano.
Ainda em novelas, a canção “Amor de Índio” gravada pelo Roupa Nova em 2001 para o álbum Ouro de Minas fez parte da trilha sonora de duas novelas da Rede Globo. A primeira em 2001, Estrela Guia, tema dos personagens de Sandy e Guilherme Fontes, e a segunda em 2007 Desejo Proibido, tema de “Laura” vivida por Fernanda Vasconcellos. Outra canção do Roupa Nova que acabou se tornando tema de duas novelas foi Sensual de 1983, que embalou as novelas Voltei pra Você da Rede Globo e O Direito de Nascer, na época exibida pelo SBT.
Os grandes incentivadores da carreira do Roupa Nova são Mariozinho Rocha, diretor musical da Rede Globo que é inclusive o responsável pelo nome da banda, o maestro Eduardo Souto Neto com quem o Roupa Nova gravou o Tema da Vitória e o cantor e compositor Milton Nascimento que homenageou a banda com a canção Nos bailes da vida.
Vários artistas famosos também já regravaram canções compostas pelos integrantes do Roupa Nova, como é o caso de Sandy e Júnior com a canção A lenda, a dupla sertaneja Rick e Renner com as canções A Força do amor e De volta pro futuro, o cantor Eduardo Costa com Linda Demais e Volta pra mim e a dupla sertaneja Victor & Léo com Retratos rasgados. O talento dos integrantes do Roupa Nova como compositores foi reconhecido no Programa Raul Gil, quando eles foram homenageados por calouros e por artistas consagrados no quadro Homenagem ao compositor em 2005.
É a banda brasileira com maior tempo de formação, mais de 30 anos de estrada e com seus membros originais.

5497 – Biologia – Por que homens e mulheres tem cheiro diferente?


É o suor e sua interação com os hormônios, mas a questão – que encerra uma das chaves da atração sexual – envolve uma química mais complexa. O cheiro masculino, por exemplo, é mais intenso devido aos homens terem mais pêlos, que estimulam tanto a produção de suor quanto de odor. Já o aroma feminino característico concentra-se na região genital, por causa da sua lubrificação constante e do fato de o interior da vagina ser mais ácido, para proteger a mucosa. Além disso, existe grande concentração de glândulas sudoríparas na virilha e na vulva. O papel principal nessa história toda é justamente dessas glândulas produtoras do suor. Existem dois tipos: écrinas e apócrinas. As primeiras soltam um líquido que serve apenas para resfriar o corpo. Já as apócrinas liberam uma secreção leitosa, que é a verdadeira responsável pelos cheiros do corpo humano.
As glândulas sudoríparas se dividem em écrinas e apócrinas. As écrinas produzem um líquido incolor e inodoro, cuja composição é 99% água, que serve basicamente para resfriar o corpo – por isso, são uniformemente espalhadas por toda a nossa pele
O líquido leitoso produzido pelas glândulas apócrinas é levado naturalmente para o folículo piloso (base do pêlo) – por isso, regiões do corpo com mais pêlos costumam ter cheiro mais forte. Os feromônios, hormônios aromáticos que regulam a atração sexual, também são liberados por essas glândulas
Diferentemente das écrinas, a maioria das glândulas apócrinas se concentra nas axilas, no rosto, nos mamilos, na genitália e no ânus. Elas liberam uma secreção leitosa, formada por açúcares, gordura, proteínas e amônia – combinação que é um prato cheio para as bactérias, cuja proliferação é a verdadeira responsável pelo cheiro típico do suor
DE MENINO A HOMEM
Os testículos produzem testosterona, o hormônio sexual masculino. É ele que, na puberdade, faz a voz ficar grave, a massa muscular aumentar e os pêlos crescerem. Nessa fase, as glândulas apócrinas (veja acima) também se desenvolvem – o que acontece igualmente nas mulheres, mesmo sem testosterona
DE MENINA A MULHER
Os ovários produzem progesterona, o hormônio sexual feminino. É ele que, na puberdade, faz crescer seios e pêlos e desencadeia a menstruação. Nessa fase, o progesterona avisa o cérebro de que pode iniciar a produção de feromônios, os hormônios aromáticos que atuam na atração sexual. Nos homens, isso também acontece, mesmo sem progesterona

5496 – Tenistas tem um braço maior que o outro?


Não o braço todo, apenas o antebraço, que pode engrossar em até 30%. “Acontece o que chamamos de hipertrofia do lado dominante: o antebraço usado pelo atleta cresce bastante em massa muscular e um pouco em densidade óssea”, afirma o professor de tênis Ludgero Braga Neto, da Educação Física da Universidade de São Paulo (USP). A razão óbvia é a repetição freqüente dos mesmos movimentos, mas pouca gente sabe que os ossos também aumentam junto com os músculos, numa proporção de até 5%. “Isso costuma ocorrer em regiões estimuladas por contrações musculares intensas”, diz o ortopedista Rogério Teixeira, da Confederação Brasileira de Tênis (CBT). Para amenizar a diferença, os fisioterapeutas recomendam, para o outro braço, treinos compensatórios que vão da natação à musculação.
Apesar de ocorrer em praticantes de qualquer idade, a variação é mais visível em tenistas que jogam desde a adolescência, fase de crescimento em que o corpo desenvolve mais as partes que fazem esforço. Basta o atleta parar de treinar para perder gradativamente essa desproporção.
O aumento total do antebraço que segura a raquete pode chegar a 30% – dos quais 25% na massa muscular e 5% na densidade dos ossos rádio e ulna
Todos os músculos do antebraço sofrem a chamada hipertrofia, mas três grupos respondem pela maior massa: extensores, flexores e pronadores
Os músculos extensores (como o bráquio radial, o extensor curto do polegar e o extensor do carpo) e os músculos flexores (como o flexor do carpo e os dos dedos) são responsáveis por abaixar e levantar o punho
Os músculos pronadores (como o pronador, próximo do cotovelo, e o pronador quadrado, ou carpo, próximo do punho) são responsáveis por girar o antebraço, virando a palma da mão para cima e para baixo.

5495 – Mitologia – O que é a caixa de Pandora?


Essa história chegou até nós por meio da obra Os Trabalhos e os Dias, do poeta grego Hesíodo, que viveu no século VIII a.C., diz uma historiadora da Universidade de São Paulo (USP). De acordo com a obra, o titã Prometeu presenteou os homens com o fogo para que dominassem a natureza. Zeus, o chefão dos deuses do Olimpo, que havia proibido a entrega desse dom à humanidade, arquitetou sua vingança criando Pandora, a primeira mulher. Antes de enviá-la à Terra, entregou-lhe uma caixa, recomendando que ela jamais fosse aberta. Dentro dela, os deuses haviam colocado um arsenal de desgraças para o homem, como a discórdia, a guerra e todas as doenças do corpo e da mente – mais um único dom: a esperança.
Vencida pela curiosidade, Pandora acabou abrindo a caixa, liberando todos os males no mundo – mas a fechou antes que a esperança pudesse sair. “Essa metáfora foi a maneira encontrada pelos gregos para representar, num enredo de fácil compreensão, conceitos relacionados à natureza feminina, como a beleza, a sensualidade e o poder de dissimulação e de destruição.

5494 – Psiquiatria – Como pensa um psicopata


Doenças mentais, danos neurológicos e abusos infantis estão presentes na formação de um assassino frio.
É claro que a doença mental, sozinha, não é suficiente para causar a violência – já que a imensa maioria dos doentes mentais não são violentos, assim como inúmeras pessoas que sofreram danos neurológicos. Também é claro que a experiência de ter sofrido o abuso infantil nem sempre basta para acionar a violência. Mas, quando estão juntos, esses fatores minam a capacidade do cérebro de conter os impulsos da violência.
Há pessoas que são neurologicamente sadias e que, ao tomar drogas, ficam alucinadas e matam. Mas esses casos são raros e é preciso investigar com cuidado.
Por que psicopatas não sentem remorso?
Remorso é algo que vem do nosso cérebro, assim como todos os nossos sentimentos e pensamentos. Quando o cérebro está danificado, a capacidade de sentir remorso também fica danificada. Um assassino frio até sabe que está errado. A diferença é que ele não consegue sentir que está errado.
O que fazer?
A sociedade tem um grande papel para evitar o abuso sexual e a violência – identificando pessoas que são violentas com crianças para reeducá-las. Alguns casos são resultado de pura ignorância. Um exemplo é uma mãe segurando um bebê que começa a chorar. Ela troca a fralda da criança e o bebê continua chorando. Põe a mamadeira e a criança não pára de chorar, já que não está com fome. Frustrada, a mãe sacode a criança. Hoje, sabemos que esses atos podem causar danos cerebrais.

5493 – Grande Sampa – Diadema


É um município brasileiro do estado de São Paulo. Pertence à Região do Grande ABC, à Região Metropolitana de São Paulo, além da Mesorregião Metropolitana de São Paulo e Microrregião de São Paulo, distante 19 quilômetros a sudeste da capital do estado. Ocupa uma área de 30,695 km².
Diadema foi emancipada de São Bernardo do Campo no final da década de 1950. A versão de sua etimologia é que o nome seja uma referência ao antigo distrito de Diadema, fundado em 1948, quando ainda era subordinado a São Bernardo do Campo. Com 77 estabelecimentos de saúde, sua principal fonte de renda é o setor de prestação de serviços, tendo o comércio como importante atividade econômica. Diadema é um dos sete municípios paulistas que integram a Região do Grande ABC, região tradicionalmente industrial do estado de São Paulo. Já foi um forte polo industrial, quando havia isenção de impostos, durante um prazo de 10 anos. O cartaz “Cadê o tutu, barão? A prefeitura de Diadema vai cobrar centavo por centavo… fez a evasão dos empresários aproveitadores da mão de obra. O município conta ainda com uma importante tradição cultural, que vai desde o turismo até o esporte Seu principal clube de futebol é o Clube Atlético Diadema, fundado em outubro de 2009. Diadema ainda é sede de diversos eventos anuais, além de possuir alguns pontos turísticos, como o Borboletário, o Jardim Botânico, o Museu de Arte Popular e o Observatório Astronômico.
Os índices de áreas verdes por habitantes em Diadema variam, entre 1m² por habitante no bairro Casa Grande até 6m² no Centro. Segundo a prefeitura, o município possui uma média de dez metros quadrados de área verde por habitante. Na zona sul, encontra-se a maior parte das áreas verdes do município, que estão incluídas na Proteção e Recuperação aos Mananciais (APRM), sendo a média inferior nos demais bairros. A responsável por consolidar a polpitica municipal de vegetação e meio ambiente é a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMA), criada em 2005, que garante a participação comunitária em um processo de gestão ambiental e pesquisas com caráter científico, cultural, educativo tecnológico. Ela também visa o conhecimento e a difusão da preservação do meio ambiente.
O município conta com boa infraestrutura. No ano de 2000, tinha 98 140 domicílios entre apartamentos, casas, e cômodos. Desse total 64 758 eram imóveis próprios, sendo 59 895 próprios já quitados (61,93%), 4 863 em aquisição (4,96%) 22 214 alugados (22,64%); 9 054 imóveis foram cedidos, sendo 721 por empregador (0,73%) e 833 cedidos de outra maneira (8,49%). 2 114 foram ocupados de outra forma (2,15%). O município conta com água tratada, energia elétrica, esgoto, limpeza urbana, telefonia fixa e telefonia celular. Em 2000, 99% dos domicílios eram atendidos pela rede geral de abastecimento de água; 94,13% das moradias possuíam coleta de lixo por serviço de limpeza e 98,71% das residências possuíam algum tipo esgotamento sanitário que não fosse por rio ou lago.

5492 – Biologia – As Macromoléculas


O trabalho da hemoglobina se inicia no pulmão onde se distribui pelos finíssimos vasos sanguíneos que irrigam os alvéolos pulmonares. Ela permite o transporte de 30 a 100 vezes mais oxigênio do que seria possível se estivesse apenas dissolvido. O corpo de um homem de 70 kg contém aproximadamente 750 gramas de hemoglobina.
Uma molécula cuja estrutura somente pode ser desvendada após o aparecimento da técnica da cristalografia por raio na década de 30. Ainda assim foi preciso mais de 20 anos para a equipe da Universidade de Cambridge conseguir montar o quebra-cabeças molecular apresentado em 1959. Os cientistas ficaram atordoados ao descobrir que a hemoglobina não é um simples tanque de oxigênio, mas um verdadeiro pulmão molecular. Muda de estatura cada vez que absorve ou libera o². Da geléia de mocotó aos xampus, tudo hoje em dia parece conter uma categoria muito popular de macro moléculas, as proteínas.
Hormônios, anticorpos, enzimas, genes. Sem enzimas nenhuma reação química seria possível no organismo. Cabelo,pele e unha, por sua vez, são feitos de queratina, uma proteína estrutural. A única fonte de aminoácidos que permite ao organismo sintetizar novas proteínas é uma dieta que também contenha proteínas animais, com carne, leite, ovos e vegetais.

5491 – Medicina – Úlcera é causada por bactéria


Vida agitada e comida apimentada não são os vilões, tais fatores são meros coadjuvantes.
No banco dos réus uma bactéria – a helicobacter pylorum – que não se incomoda de viver em meio de toda a acidez do estômago e do duodeno. A úlcera é uma inflamação que surge quando há um desequilíbrio entre a secreção de ácidos na digestão e a produção de substâncias que protegem as paredes do aparelho digestivo, como a prostaglandina. A culpa por esse desequilíbrio tem sido tradicionalmente atribuída a uma combinação de fatores como hereditariedade, tensão nervosa e ingestão de substâncias (alimentos, bebidas ou remédios) que agridem o aparelho digestivo.
Na década de 90, porém, os pesquisadores notaram que a Campylobacter aparece com mais freqüência no organismo de pessoas com úlcera do que em indivíduos sadios. Além disso, verificou-se que a bactéria, descoberta em 1983, está presente nas próprias úlceras, em até 70% dos casos. ” A questão a saber”, raciocina o gastroenterologista Agostinho Bertarello, da Universidade de São Paulo, ” é se a bactéria provoca a úlcera ou a úlcera favorece o crescimento da bactéria”. Pacientes com úlcera passaram a ser tratados também com antibióticos – uma grande novidade na 2ª metade da década de 90.

5490 – Fique de ☻lho no seu estômago


Cada brasileiro come 25 kg de arroz e 12 kg de feijão por ano, segundo a última Pesquisa de Orçamentos Familiares do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), realizada em 2003. Nosso estômago processa também anualmente 16 kg de carne bovina, 14 kg de frango, 13 kg de pão francês e 12 kg de açúcar cristal. Bebemos 28 litros de leite de vaca pasteurizado e 7 litros de refrigerante de guaraná. Para nos manter acordados ou complementar as refeições, são outros 2,5 kg de café moído.
Os cientistas calculam que, durante toda a vida, um ser humano ingere a bagatela de 22 toneladas de alimentos e bebe 33 mil litros de líquidos para satisfazer suas funções vitais. O aparelho digestivo, um maravilhoso tubo de cerca de 11 m de comprimento que começa na boca e acaba no ânus, administra tudo isso. Entre seus compromissos indispensáveis se destacam a recepção dos alimentos e o fracionamento deles em moléculas simples – um processo conhecido como digestão –, a absorção dos nutrientes esmigalhados até o fluxo sanguíneo e a expulsão dos restos não digeríveis em forma de fezes – ele descarta em média 4 toneladas de excrementos e elimina mais de 40 mil litros de urina.
Se tudo funcionar corretamente, o aparelho digestivo trabalha em total silêncio, violado apenas por arrotos, flatulências e ruídos na barriga tão esporádicos quanto inócuos. Porém, se algo falha, logo se começa a sentir dores abdominais, vômitos, náuseas, cólicas, queimações e diarréias incontroláveis, entre outros sintomas.
Constantemente, o aparelho digestivo está recebendo agressões. Vírus, bactérias, parasitas e outros agentes patogênicos ameaçam se instalar em seu interior. Às vezes, os próprios alimentos que ingerimos – seja por sua composição, seja pelos aditivos industriais ou pela contaminação de algum micróbio – alteram ou danificam perigosamente o mecanismo intestinal. Em outras circunstâncias, algumas peças digestivas apresentam defeitos de fabricação mais sérios, que só podem ser corrigidos na sala de cirurgia. Hoje as patologias do aparelho digestivo são um motivo freqüente de visitas ao médico, relacionadas com disfunções digestivas, como prisão de ventre, apendicite, gastrite, úlcera péptica, gastroenterite, hemorróidas, hepatite, refluxo gastrointestinal e câncer de cólon e reto.
Não menos preocupante é o fato de que os pacientes passam a noite em claro devido às queimações. A atividade dos insones por azia durante o dia é gravemente afetada, pois seu rendimento nas tarefas cotidianas cai 40%. Os especialistas recomendam que os pacientes com essas moléstias noturnas procurem um médico o quanto antes. Eles serão tratados com medicamentos que bloqueiam o ácido nas 24 horas do dia.
Os médicos alertam que a quantidade de algumas doenças intestinais está aumentando por causa de fatores ambientais, como a dieta, o estresse e outros hábitos cotidianos, que possivelmente se somam a determinantes genéticos. É o caso das doenças inflamatórias intestinais (DII): a doença de Crohn, uma inflamação crônica da parede intestinal com ulcerações mais comuns na porção baixa do intestino grosso, e a colite ulcerativa, na qual o intestino se inflama e ulcera, provocando diarréia com sangue, cólicas e febre. Segundo a Associação Brasileira de Colite Ulcerativa e Doença de Crohn (ABCD), não há estatísticas precisas sobre a incidência das DIIs no Brasil. Nos Estados Unidos, estima-se o total de 2 milhões de pacientes, incluindo pelo menos 200 mil crianças com menos de 16 anos de idade.

5489 – Macaco muy amigo


Altruísmo é uma palavra que parece não entrar mesmo no vocabulário da teoria da evolução das espécies: acaba de ser desmentido o que se imaginava ser um raríssimo caso de comportamento desinteressado em animais, citado em todos os manuais de psicologia animal. Acreditava-se que entre os babuínos, espécie primata da África Central, um macho conseguia o generoso apoio de um companheiro quando tentava conquistar uma fêmea já comprometida – e isso era tido como indicio que nem tudo é egoísmo no mundo dos bichos.
No entanto, depois de observar durante dezenove meses as andanças de um bando de babuínos no Quênia, um zoológico da Universidade de Wisconsin, nos Estados Unidos, concluiu que as aparências enganam seus colegas. De fato, dois machos babuínos se aliam contra o parceiro de uma fêmea para derrotá-lo numa luta. Depois, os aliados lutam para ver quem terá o direito de ficar com ela. Conclusão: o que parecia um comportamento amigo de um babuíno macho em apoio a seu semelhante apaixonado, na verdade escondia um objetivo igual ao dele – como tantas vezes acontece entre os humanos.

5488 – O que são os “Paraísos Fiscais”?


São regiões com taxas reduzidas ou nulas. Atrai empresas e pessoas físicas estrangeiras. A Receita Federal considera paraíso fiscal países que tributam tarifa inferior a 20% e há cerca de 80 desses centros no mundo. Qualquer um pode mandar dinheiro para lá. O tramite pode ser feitopor procuração e há escritórios que indicam qual é o melhor país para mandar dinheiro para lá. As remessas de dinheiro são ilegais apenas quando não declaradas ao Banco Central. Quando a procedência é suspeita, os bancos podem quebrar o sigilo.

5487 – Linguística – Em busca de uma língua universal


A ONU (Organização das Nações Unidas) tem cinco idiomas oficiais: inglês, espanhol, russo, chinês e francês; e seus tradutores não dão conta das montanhas de papéis acumuladas sobre suas mesas. Aqueles que, por causa do trabalho, são obrigados a percorrer diversos países, acabam aprendendo vários idiomas. Mas esta circunstância, em geral, implica em um conhecimento muito superficial. Defender-se não é dominar. Por este motivo, é possível escrever até uma enciclopédia com os erros de interpretação cometidos, inclusive na área diplomática.
O inglês, devido ao predomínio político e econômico dos Estados Unidos, se converteu em idioma quase universal. Um em cada quatro habitantes do planeta pode se entender, mais ou menos bem, nesta língua. Mas os chineses (mais de um bilhão de habitantes) e os soviéticos (277 milhões) se negam a acertá-la; e os dois países somam mais do que a quarta parte da população mundial. Esta circunstância levou os filólogos a considerar que somente um idioma novo deixaria de lado conotações políticas e sociais, pois pertenceria a todos e a ninguém ao mesmo tempo.
Além dos idiomas artificiais, surgiram outras tentativas a partir da combinação de línguas vivas. No ano de 1879, o monsenhor alemão Johan Martin Schleyer inventou um sistema original, denominado Volapuk, que, em um primeiro momento, parecia uma revolução. Semelhante em sua estrutura ao húngaro e ao turco, alcançou grande êxito no final do século passado. Foram publicadas 316 gramáticas, traduzidas em 25 idiomas; 25 revistas e 283 clubes se dedicaram à promoção da língua.
Nos Estados Unidos, apareceu a idéia de promover um inglês básico, composto por 850 palavras; a idéia não prosperou porque seus defensores se esqueceram de que se tratava da língua materna de mais de duzentos milhões de pessoas que teriam um vocabulário mais rico, com expressões incompreensíveis para os praticantes da versão reduzida.
Somente o esperanto, um dos idiomas inventados, chegou a superar os cem anos de vida. Criado pelo oftalmologista polonês Ludwig Leizer Zamenhof em 1887, é formado pela síntese de várias línguas européias. Toda a sua gramática se resume a dezesseis regras, o que garante a aprendizagem no prazo de um ano. Pelas experiências comparativas, o esperanto exige um terço do tempo necessário para aprender um idioma como o francês. Atualmente, é empregado, com diferentes graus de perfeição, por dez milhões de pessoas em todo o planeta. Um grande número de romances e peças de teatro foi escrito originalmente em esperanto, para o qual já foram traduzidas cerca de dez mil obras da literatura universal. Emissoras de rádio de Viena, Varsóvia, Pequim, Berna, Roma, Sofia e Zagreb transmitem programas em esperanto. E o sistema internacional de telegrafia o aceita como meio de comunicação junto com as línguas vivas e o latim.
Países que possuem o predomínio econômico e político impõem sua língua nas áreas em que exercem influência. Por isso o inglês se converteu no esperanto do mundo ocidental. Apesar do seu uso estar restrito a determinados países, tamanha é a sua difusão que, dentro de uma década, os jovens de todos os países industrializados do Ocidente já poderão comunicar-se sem problemas neste idioma. De fato, nas nações mais desenvolvidas da Europa, as gerações mais jovens, com um nível cultural médio, o praticam como segunda língua.
O que se pretende porém não é uma língua ocidental, mas mundial. E em grandes regiões da Terra não se percebe nenhuma inclinação pelo inglês. Portanto, ainda está pela frente a tarefa de elegê-lo linguagem universal e assumir o compromisso de ensiná-lo como primeiro idioma estrangeiro a todas as crianças do mundo. Segundo os estudos psicológicos e lingüísticos, a idade apropriada para estudar um segundo idioma é em torno dos seis anos.Apesar disso, as crianças do futuro nunca chegarão a ser bilíngües. Entre outros motivos porque o bilingüismo puro não existe. Nos casos em que o pai fala uma língua diferente ou que a família tenha emigrado para outro país, a criança estabelece inconsciente mente uma separação entre as duas línguas: a materna é recebida com mais emoção enquanto que a paterna ou a do novo país Ihe permite pensar de maneira mais madura e intelectualizada. A possibilidade de um conflito lingüístico entre a primeira e a segunda língua entre o idioma vernáculo e o estrangeiro, pode provocar atrasos na aprendizagem, principalmente se o ensino começa cedo.
O velho sonho da humanidade. Em épocas passadas, a língua cosmopolita foi o latim; com ela se expressavam as pessoas mais cultas, os estadistas, a Igreja. Nos Estados Unidos se dá muita importância ao aprendizado do chinês. O homem conquistou o espaço e ensinou os computadores a falar, mas não superou a história bíblica da torre de Babel.