2730- Como se faz drenagem no Campo de Futebol?


Giant Stadium em New Jersey

Um cano de cerca de 4 polegadas atravessando o campo antes de ele ser gramado. Desse cano saem outros mais estreitos de cerca de 2 polegadas, direcionados para as laterais do campo, formando desenho parecido com espinha de peixe. São furados para permitir que a água entre e envoltos por uma camada de pedra grandes, cobertas por outras menores e algumas vezes, coloca-se carvão sobre essas camadas de pedras. Acima está o solo e mais acima, o gramado. A água penetra no solo e vai sendo filtrada até chegar nos canos. As camadas de pedra impedem que parte da terra seja carregada junto com a água, entupindo os canos. Para que ela escoe para as laterais, o campo tem uma pequena inclinação para os 2 lados, partindo do centro.
Mesmo que o terreno onde a bola vai rolar seja relativamente plano, tudo começa com um bom nivelamento. Uma prensa passa por cima da área para acertar qualquer irregularidade e compactar o terreno – o que evita que ele afunde mais tarde.
Após o nivelamento, o terreno não fica totalmente plano. Ele ganha uma pequena inclinação. Em um campo com 60 m de largura, as linhas laterais ficam num nível 30 cm mais baixo que o centro do campo. Isso ajuda a drenar a chuva que cair no gramado
Mas só a inclinação não basta. É preciso construir um sistema de drenagem, formado por 100 m de canos. Eles são colocados em pequenas valas, num desenho que lembra uma espinha de peixe. Os canos drenam a água da chuva até ralos fora do campo
Com 10 cm de diâmetro, os canos têm vários furinhos na parte superior. Em volta deles há uma camada de brita e uma manta filtrante. A água que penetra no solo é “filtrada” pela manta e pelas pedras antes de chegar aos canos, evitando que eles entupam com areia
O próximo passo é o sistema de irrigação. Molhar o campo com mangueira não dá certo, porque a água nunca é distribuída por igual. A irrigação é feita com canos ligados à rede de água do estádio.
A água chega ao gramado por aspersores, que lembram os jatos giratórios para molhar jardim. O aspersor fica embaixo da terra para não atrapalhar os jogadores. Quando a água chega aos canos, a pressão empurra a tampa até a superfície.
Antes de plantar a grama, é preciso despejar no terreno uma mistura de areia e matéria orgânica chamada topsoil – a areia favorece o escoamento da água até os canos de drenagem. A grama fixa as raízes sobre uma camada de até 30 cm dessa terra especial.
Acima do topsoil ainda vai um adubo bem nutritivo. É uma camada fina, mas que faz uma diferença enorme no crescimento da grama, pois funciona como um “suplemento alimentar”. Isso garante a sobrevivência da vegetação nos primeiros dias após o plantio.
Para plantar a grama, podem ser usadas mudas ou placas chamadas de tapetes. Com os tapetes, o gramado fica pronto mais rápido, em 45 dias. A grama bermudas é uma das mais usadas nos campos brasileiros.
A grama dos campos cresce rápido. Ela precisa ser aparada até duas vezes por semana para manter uma altura média de 24 mm. Os desenhos no gramado são feitos na hora do corte, pela máquina de aparar.
A máquina tem um cilindro para “pentear” a grama. Dependendo do sentido em que ela atravessa o campo, o “penteado” fica de um lado ou de outro. Com isso, as faixas de grama refletem a luz com intensidades diferentes, criando dois tons de verde.

Um comentário sobre “2730- Como se faz drenagem no Campo de Futebol?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s