2705-Cinema- O Terminal


Tom Hanks em "O Terminal"

Um filme surpreendente, muito mais do que o título sugere e que além de uma atuação de peso de Tom Hanks, conta com o toque mágico do mestre Speilberg, vale a pena assistir
Título original: (The Terminal)
Lançamento: 2004 (EUA)
Direção:Steven Spielberg
Atores:Tom Hanks, Catherine Zeta-Jones, Stanley Tucci, Kenneth Choi.
Duração: 128 min
Gênero: Drama

Filme americano de 2004, dirigido por Steven Spielberg. Tom Hanks interpreta o papel principal. O roteiro foi escrito por Sacha Gervasi e Jeff Nathanson, baseado numa história de Andrew Niccol e Gervasi. Conta a história de um homem preso num terminal de aeroporto, por ter sua entrada nos Estados Unidos negada e, também, não poder retornar ao seu país de origem, a fictícia Krakozhia, devido a uma revolução.Enquanto Viktor Navorski viajava de avião para a cidade de Nova Iorque, o governo de seu país sofre um golpe e seu passaporte perde a validade, deixando-o preso no Aeroporto Internacional John F. Kennedy. Nos nove meses seguintes, Viktor é obrigado a viver num terminal em construção. Ele acaba fazendo amizade com os funcionários do terminal e tem um caso amoroso com a comissária de bordo Amelia Warren, ao mesmo tempo que é vigiado pelo chefe de segurança Frank Dixon, o qual deseja que o “problema Navorski” seja removido do aeroporto.
O filme parece ter sido inspirado na história de Merhan Karimi Nasseri, que tem o apelido de ‘Sir, Alfred’, um refugiado iraniano que vive no Terminal Um do Aeroporto Charles de Gaulle, perto de Paris, França, desde 1988, quando seus documentos de refugiado foram roubados. Todavia, nenhum material publicado, nem o DVD e nem o site do filme na Internet mencionam as desventuras de Nasseri como sendo a inspiração para o filme. De fato, o DVD deixa a entender que a história era tão “incrível” e o público do filme é levado a acreditar ser tudo somente resultado da imaginação do roteirista. Um outro filme, feito em 1993, Tombés du Ciel, tem um tema parecido e se passa no aeroporto de Paris.
Quando Vitor chega no aeroporto, ele fala apenas algumas poucas palavras em inglês; porém com o passar do filme, ele aprende a falar inglês por imersão e comparando uma versão em inglês e outra em russo de um guia da cidade de Nova Iorque. A língua e a localização da Krakozhia são apresentadas de forma vaga no filme, passando a idéia de que Viktor é proveniente do Leste Europeu. Ao longo do filme, Krakozhia é apresentada como fazendo fronteira com a Rússia e que a língua do país é uma espécie de dialeto do russo. A linguagem que Tom Hanks usa no filme para caracterizar o personagem é, de fato, búlgaro – o qual Hanks fala com um razoável sotaque graças às aulas de sua esposa, Rita Wilson, cujo pai é búlgaro. Quando ele vê as notícias sobre seu país natal na TV do aeroporto percebe-se que o canal seria o Bloomberg. Dolores Torres, personagem de Zoe Saldaña, aparece lendo revistas sobre Jornada nas Estrelas durante o trabalho. A mesma atriz, mais tarde, atuou como a personagem Uhura no reboot de Jornada nas Estrelas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s