2683-Planeta Biológico- A Competição nas Florestas


Em florestas tropicais é terrível a escassez de nutrientes. Nelas só especialistas em técnicas de sobrevivência podem se dar bem. A raiz do problema está no solo. Sol constante e abundância de água se confrontam com terreno pobre em fosfatos e nitratos, manganês e outras substâncias minerais que os organismos precisam para sintetizar suas moléculas de proteínas. As vegetação criaram estratégias para otimizar os parcos recursos da terra: árvores frutíferas crescem a kms de distância uma das outras, a proximidade provocaria dura competição pelos mesmos nutrientes extraídos do solo. Em 1 hectare de floresta tropical existem cerca de mil toneladas de biomassa vegetal e apenas 35 quilos de biomassa animal. Em minoria absoluta, os animais fazem o que podem para manter a barriga cheia. A preguiça tem o metabolismo incrivelmente baixo. Os cerca de 200 quilos da Sucuri se esticam nos seus 11 metros de comprimento, em média. Seu tamanho permite engolir presas relativamente grandes a fim de Ter estoque de energia relativamente grande para superar longos períodos de jejum, que pode levar meses. Já o Colibri leva vantagem por ser pequeno, suas necessidades são satisfeitas com insetos minúsculos. Batem as asas cerca de 200 vezes por segundo, alcançando velocidade de 70 km/h. Na pele úmida e macia dos sapos depositam-se substâncias tóxicas que afastam não somente os predadores, mas fungos e bactérias que tentem coloniza-las. Para sobreviver é preciso ser egoísta: hospedar espécies, mesmo que micróbios, significa repartir a energia do organismo , como um anfitrião que recebe um convidado na última hora para o jantar e é obrigado a colocar mais um prato na mesa.
Quando se derruba uma floresta, se despeja substâncias de indústrias nos rios, elimina-se gases no ar, é provocada uma alteração no ambiente que pode ser útil para algumas espécies e prejudiciais para outras. Se numa zona agrícola surgir uma cidade, os corvos se afastarão, surgindo os pardais que se favorecem com tal condição. Os gases lançados na atmosfera causam problemas respiratórios e outros que só podem serem avaliados a longo prazo. Em cidades muito populosas, os guardas de trânsito precisam usar máscaras de proteção, sem as quais sua saúde estaria ameaçada. Entre os principais poluentes atmosféricos temos os óxidos de enxofre, lançados pelos motores diesel, os óxidos de carbono (monóxido e dióxido) , os óxidos do nitrogênio além da poeira e microorganismos em suspensão.
A Antártida Até poucos séculos atrás supunha-se que o continente gelado compreendesse apenas grandes extensões de água e gelo. O navegador português Fernão de Magalhães deixou escrito haver avistado terras, á sua esquerda, ao sul da América meridional, mas não lhe deram crédito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s