2595-Mega Notícias – Abelhão peruano anda no chão como formiga


Pesquisadores americanos anunciaram que um tipo raro de abelhão, habitante da floresta Amazônica no Peru, além de voar, anda no chão. Encontrada ás margens do rio Tambopoata mora em ninhos, em vez de colmeias, feitos de folhas e pedaços de raízes. A colônia estudada tinha cerca de 350 operárias e uma única rainha. Enquanto parte delas saia durante o dia para escolher o pólen das flores, outras 35 ficavam encarregadas de abrir caminho no solo, em busca do material para a construção da colônia. Em trilhas de até 2 metros de comprimento os abelhões andarilhos vão e vêm, parando apenas para investigar se há material útil pelo caminho. O ninho crescia 2,8 milímetros por dia.
“vendo” o calor
A partir da próxima década muitos telescópios espaciais vão captar calor em lugar da luz visível. Os cálculos mostram que a luz refletida por um planeta é 10 bilhões de vezes mais fraca do que a de uma estrela. Já em termos de calor a diferença é menor, de 10 milhões de vezes, ou seja, é mil vezes mais fácil detectar um planeta pelo calor do que pela luz. Astronomia – Somos poucos É provável a existência de criaturas fora da Terra, mas o contato entre elas é improvável, pois os possíveis seres pensantes são raros e estão separados por imensas distâncias. Astronomia – Limite de tempo Agora é preciso contar as civilizações que existem nesse momento. A nossa existe há um período de 100 milhões de vezes menor que a idade do universo. Dividindo esse número por 100 milhões chega-se a conclusão que só restam 4 ou 5 possibilidades de existir civilizações contemporâneas a nossa. Astronomia – O Sol é o modelo O nosso Sistema solar ajuda a entender os novos sistemas porque suas estrelas (51 do Pégaso, 47 da Ursa maior e 70 da Virgem), são parecidas com o Sol. E seus planetas são semelhantes
Ave parente do cuco
A cigana que vive na floresta amazônica, é muito esquisita: é a única ave que fermenta, num enorme papo, as folhas que engole. Seu processo digestivo é semelhante ao das vacas. Por isso, ela cheira a mofo. Até hoje era classificada como galiforme, ou seja, um frangão. Mas por incrível que pareça, seus parentes mais próximos são os cucos. Um zoólogo americano chegou ao parentesco comparando os genes das duas aves.
Paleoantropologia – O chimpanzé é o primata mais próximo do homem O homem faz parte da superfamília de primatas chamada de Hominoidea, que inclui-se somente grandes macacos, como o gibão, o orangotango, o gorila e o chimpanzé. Em comum com o homem esses macacos tem porte desenvolvido, capacidade de rotação do braço no ombro, ausência de rabo e certas características dentárias (32 molares com 4 pontas). Pela classificação os gibões são os mais afastados do grupo. Embora os dados genéticos não sejam 100% seguros, sabe-se que gorila, chimpanzé e homem são semelhantes. Em termos de evolução a separação entre eles ocorreu em tempo relativamente curto. O chimpanzé tem 98% do DNA em comum com o homem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s