2523-O que é a Imunologia?


É o estudo científico da imunidade. O sistema imunológico tem 2 partes principais: as células brancas do sangue e os anticorpos que circulam na corrente sangüínea, estes são proteínas produzidas pelos linfócitos beta, que é um tipo de célula sangüínea branca. Em resposta a uma exposição aos antígenos ( geradores de anticorpos), que são substâncias estranhas como toxinas. Os anticorpos permanecem em estado latente até se fixarem nos antígenos específicos contra os quais são eficientes. Tornando-se ativos podem destruir diretamente o antígeno ou marca-lo para que uma célula branca possa engolfa-lo e destruí-lo. Após ter sido exposto ao antígeno pela primeira vez, uma exposição posterior faz que aumente a rapidez de produção dos anticorpos e também a quantidade. Isso cria imunidade contra vírus nocivos, já que este é eliminado antes de ter tempo de agir. Com isso, expor artificialmente alguém a uma dose segura de antígenos, a protegerá de seus efeitos nos futuro. Os anticorpos produzidos por uma pessoa, podem por meio de transfusão de soro sangüíneo, conferir imunidade temporária a outra pessoa. É possível também, diagnosticar certas doenças, misturando-se anticorpos conhecidos com soro sangüíneo, extraído de um caso suspeito e observando-se a reação.

Imunidade
Mecanismo de defesa do organismo que provê proteção contra substâncias estranhas e potencialmente danosas, que são chamados de antígenos. Podem provir de microorganismos, sangue de transfusão, células de tecidos transplantados ou de qualquer elemento que seja reconhecido como estranho ao organismo, os quais desencadeiam a alergia. É administradas pelas células brancas do sangue e pela produção de anticorpos específicos pelo antígeno. A prática da imunização tem como objetivo aumentar a resistência de um indivíduo contra infecções. É administrada por meio de vacina, imunoglobina ou por soro de anticorpos. As vacinas são usadas para induzir a imunidade ativa; sua administração resulta numa resposta imunológica e na produção de anticorpos. Assim é induzida contra futuras infecções pelo mesmo microorganismo. A imunidade ativa dura muito mais anos; a passiva é induzida pela administração de anticorpos contra uma infecção particular. Os anticorpos colhidos de seres humanos são chamados imunoglobinas e os dos animais soros. A passiva dura apenas algumas semanas. A imunodeficiência é a desordem do sistema imunológico caracterizada pela incapacidade de estabelecer uma imunidade efetiva e uma resposta ao desafio dos antígenos. Qualquer parte do sistema imunológico pode ser afetada. Resulta numa freqüente suscetibilidade a infecções oportunistas e certos tipos de câncer, pode surgir como resultado de uma doença, como a infecção pelo HIV, ou pode ser induzida pela administração de drogas, como no tratamento de doenças auto- imunes ou na prevenção contra a rejeição de um transplante de órgãos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s