2257- Megabyte:O Pentium 4


Pentium 4, já superado por outros processadores

Em outubro de 2001, o Athlon XP colocou a AMD novamente em uma clara posição de liderança. em seguida, em janeiro de 2002, a Intel lançou o Pentium 4 com um novo núcleo, o Northwood, funcionando a freqüências de 2 GHz e 2,2 GHz. O Northwood combinava um aumento no tamanho da memória cache secundária (de 256 KB para 512 KB) a uma transição para um processo de fabricação em 130 nm (0,13 micrômetros). Sendo construídos a partir de transistores menores, os chips podem funcionar com frequências maiores (ou à mesma velocidade) produzindo menos calor, mas seu desempenho ainda deixava a desejar, pois mesmo com uma frequencia mais baixa o Athlon XP abarrotava o concorrente.

Com Northwood, o P4 chegou perto da AMD. A batalha pela liderança de desempenho permanecia competitiva (com a AMD introduzindo versões mais rápidas do Athlon XP) mas a maioria dos observadores concordaram que o P4 Northwood era normalmente uma fração mais lento que seu rival. Particularmente assim, então no verão de 2002, a AMD ainda estava atrasada em relação a tecnologia de 0,13 micrômetros embora seu desempenho fosse superior, os P4s de 2.4GHz eram claramente piores e os que mais esquentavam alem de consumir mais.

Um P4 2.4 GHz foi lançado em abril de 2002, um 2.53 GHz em maio (quando o “front side bus” foi aumentado do original 400MHz para 533MHz), 2.6 e 2.8 GHz em agosto, e um Pentium 4 de 3.06 GHz chegou em novembro, mais ainda não alcançava a AMD com os seus Athlon XP 3200+.

O processador da intel de 3.06 GHz tinha suporte a Hyper-threading (tecnologia usada inicialmente no Xeon), permitindo o processamento de diferentes tarefas simultaneamente duplicando algumas partes do processador de modo que o sistema operacional pensar que existem dois processadores, pura enganação ao OS que não era nada efetiva.

Em abril de 2003 a Intel lançou novas variantes, com clocks entre 2.4 e 3.0 GHz. A principal diferença das novas versões foi que todas suportavam Hyper-Threading e contavam com um FSB de 800 MHz. Estes processadores foram lançados para competir com a nova linha Hammer da AMD. Contudo, apenas o Opteron foi lançado e a AMD se recusou a adicionar um controlador AGP, tirando o Opteron do alcance do Pentium 4. A AMD ainda aumentou o FSB de 333 MHz para 400 MHz, e isso foi mais do que suficiente para encarar o novo Pentium 4 de 3.0 GHz e terminou massacrando a Intel pelo baixo desempenho do modelo de 3.2 GHz lançado em Junho. Uma versão final de 3.4 GHz foi lançada em meados de 2004 e nunca conseguiu se quer bater um Athlon XP de menor frequencia.

Um comentário sobre “2257- Megabyte:O Pentium 4

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s