2123-Microbiologia


Os micróbios vivem em grande quantidade no ar, nas poeiras, águas e organismo de outros seres vivos. Muitos deles, não encontrando condições de vida, transformam-se em esporos que são formas de resistência. Sob essa forma eles passam a vida latente, podendo resistir as condições mais adversas durante até séculos, sem perderem sua capacidade vital. Ao encontrarem novamente as condições propícias voltam a vida em plenas atividades. Um exemplo típico são os bacilos do tétano e da gangrena. Apesar das doenças causadas pelos microorganismos patogênicos, a maioria dos micróbios não parasitam o homem, sendo alguns até úteis. Por exemplo, as bactérias que vivem no intestino humano e que favorecem o aproveitamento de certas vitaminas. Os microorganismos que produzem doenças, a maioria pertencem ao reino animal (protozoários), ou ao vegetal (bactérias e cogumelos), existindo ainda o vírus que não pertence a nenhum dos dois reinos. A fagocitose é o ato de englobar e destruir outras células – phagein = comer, e kitos = célula.

2122-Megacurtíssimas Da Medicina


Psicotrópico – Vem de psyke = alma e tropein = voltar, afinidade – substância que atua sobre a mente, que tem afinidade ou é de preferência estimulante das atividades psíquicas.
Doenças venéreas são aquelas propagadas pelo ato sexual. Entre elas sífilis, gonorréia ou blenorragia e AIDS (já vista e revista), cancro e o linfagranuloma venéreo, menos freqüentes. No Rio de Janeiro, o maior veículo de propagação de tais doenças não são os prostíbulos, que aliás estão agora bastante cautelosos, mas sim as universidades e escolas de 2° grau, segundo os dados fornecidos pela Sociedade de Ginecologia e Obstetrícia do estado.
Alcoolismo – Os nervos do alcoólatra não controlam mais seus músculos, surgindo tremores nas mãos, perturbação na articulação das palavras, músculos da língua, lábios e no próprio equilíbrio do corpo, tornando o indivíduo incapaz para o trabalho. Toda a sensibilidade é afetada, principalmente o tato e a visão. Ao cabo de poucas semanas começam a surgir as perturbações da inteligência e caráter. O alcoólatra aos poucos perde o senso moral, tornado-se triste e irritado e freqüentemente violento e agressivo.
O que é peristaltismo?
São os movimentos sucessivos de contração observados no esôfago durante a deglutição e no estômago e intestinos durante a digestão. Esses movimentos são produzidos por músculos de fibras lisas, que atuam independente da nossa vontade.
A anamnese é o ato de recordar o que parece esquecido. No diagnóstico clínico é o conjunto de informações sobre o princípio e a evolução de uma doença até a primeira observação do médico.
A fisiologia é a ciência que estuda o funcionamento normal dos organismos vivos; o funcionamento anormal, ou seja a doença, é o objeto da patologia.
Pleomorfismo vem de pleos = abundante, numeroso e morphe = forma. É a capacidade que possuem certos microorganismos de mudarem de forma segundo variações do meio em que se desenvolvem.

2121-Doenças


A Doença do Sono é outra produzida pelo Tripanosoma, felizmente não encontrada no Brasil. Trata-se de uma enfermidade endêmica na África tropical; países como Gâmbia, Senegal, Guiné, Costa Do Marfim, Nigéria e Congo; onde a doença é produzida pelo Tripanossoma Gambiente, e na Rodésia, Tanzânia, Moçambique e Angola, o agente causal é o Tripanosoma rodesiense, sem tratamento, a morte do indivíduo infectado é inevitável; no entanto, há medicamentos eficazes no seu tratamento. Kala Azar – Leishmaniose visceral, bastante grave. Atinge milhões de indivíduos, principalmente crianças. Na Índia por exemplo, o agente causal é a Leishmania Donovani. Seu transmissor é um mosquito do gênero phlebotomus.
A Doença De Chagas
É produzida por um protozoário, descoberto em 1909 pelo cientista brasileiro Carlos Chagas. O Tripanosoma Cruzi ( em homenagem a Osvaldo Cruz). È transmitido ao homem por um percevejo do mato, conhecido pelo nome de “barbeiro”. Eles vivem na cobertura de sapé, bem como nas fendas de barro que revestem os casebres dos moradores do interior. Sobre a pele do indivíduo, deixa montículos de excrementos; a pessoa ao se coçar, leva os micróbios ao ponto onde a pele foi lesada, se introduzindo assim no meio interno. As alterações que produzem na musculatura do coração levam geralmente á morte; por parada cardíaca. Muito embora a pessoa possa conviver com a doença por alguns anos, até que o coração inche e a pessoa vai ao óbito.
A Malária
É produzida por esporozoários do gênero plasmodium. É uma das enfermidades de maior disseminação, principalmente nas zonas quentes e temperadas do nosso país; tem caráter endêmico em por causa do baixo nível de educação das populações pobres do interior que vivem em regime de indigência e subnutrição. Os mosquitos transmissores são os dípteros do gênero Anopheles. Combate : A primeira preocupação é a eliminação sistemática dos focos de mosquito no seu habitat natural. As larvas se desenvolvem nas águas estagnadas, nos charcos e pântanos. Com a eliminação dos mosquitos, onde somente a fêmea é hematófaga, torna-se impossível a propagação da doença.