AIDS, as facetas do Mal


Apesar de avanços a síndrome continua sendo fatal e misteriosa. O primeiro caso diagnosticado foi no início dos anos 80, mas ainda não se sabe como e onde o mal surgiu, havendo só hipóteses. Também se desconhecem fatores que levam o vírus a desenvolver rapidamente a síndrome em alguns indivíduos e incumbar-se durante alguns anos em outros. O certo é que é causada pelo HIV, um vírus isolado em 1983, pelo cientista francês Luc Montagnier, do Instituto Pasteur de Paris. Algum tempo depois o mesmo afirmou que o vírus não era o único causador , isso porquê haveria outros micróbios que com ou sem auxílio também levariam ao esfacelamento do sistema imunológico, detonando a doença. O HIV não seria a única fonte transmissora do mal, tendo sua ação condicionada a outros fatores. A notícia não chega a ser boa. Micróbios como o micoplasma poderiam ter a propriedade de atuarem como catalisadores. Foi constatado que até 20% das células do sistema imunológico de um indivíduo portador do vírus HIV e também infectado com outros micróbios, passaram a adotar essa programação equivocada. Uma pessoa sadia, portanto, estaria salva do vírus . Porém os especialistas tradicionais tendem a refutar essas especulações. A AIDS tem perfil parecido com males causados por bactérias, que atacam sobretudo , onde há pobreza, fome e precárias condições de higiene e saúde. Esse é o caso por exemplo do bacilo da cólera e segundo a teoria, tudo o que as pessoas sabem sobre a doença está errado e a presença de HIV no sangue seria no máximo um indicador de comportamento de risco e segundo ele a doença seria causada por uma combinação de maus hábitos, como o uso de drogas, promiscuidade sexual, consumo abusivo de álcool e etc. Ao expor publicamente suas teorias em 1987, foi taxado de louco e exibicionista.

Superpopulação e miséria – O Berço da Pobreza


Por Carlos Rossi

Superpopulação e miséria – O Berço da Pobreza

 A Terra deverá abrigar 10 bilhões de pessoas no ano de 2050, praticamente o dobro de hoje. A sombria previsão foi apresentada pela ONU. O perigo da explosão demográfica persiste, mesmo com os programas de planejamento familiar em países desenvolvidos e latino-americanos. O maior problema não é a velocidade recorde em que o mundo cresce, mas o perfil da população que mais crescerá, que será no 3º mundo, onde falta infra-estrutura, saneamento, saúde, educação. A ONU prevê que os gigantescos bolsões de pobreza da África e Ásia ganharão reforços. A América Latina que formava o pelotão incontrolável reduziu seu ritmo de crescimento. A África largou na frente, apesar da mortalidade são hoje 13% da população e em 2050 chegarão a 27%, enquanto a América Latina teve sua taxa de 6,5 nascimentos por mulher na década de 1950 reduzido para 3,2 no início da década de 1990, a África mantém estatística elevadíssima : 6 nascimentos por mulher nas últimas 4 décadas. O fosso entre o 3º mundo e os países desenvolvidos aprofunda-se com a mesma velocidade com que a população cresce. O chamado mundo civilizado vai perder espaço no mapa demográfico do planeta, abrigando apenas 13% das populações em 2050. Além disso, sua população será idosa. A metade da população do continente terá mais de 45 anos. Tal perspectiva promete aguçar 2 grandes focos de tensão. O número crescente de aposentados dependerá de uma população economicamente ativa cada vez menor. Os países do norte da África tentarão exportar mais de 56 milhões de pessoas ao mercado de trabalho europeu. A América Latina parece ter sido poupada do fantasma da superpopulação. No Brasil o crescimento se equilibrou num patamar razoável, de acordo com o último CENSO a taxa é de 1,8% ao ano e a maior parte dos países da Am. Latina acompanhou a desaceleração demográfica do Brasil, caso o ritmo continuasse, as dificuldades seriam ainda maiores.

 ☻ Mega Arquivo –Conhecimento é Poder

Política e Corrupção


Tão difícil quanto colocar um corrupto atrás das grades é identifica-lo a olho nu na escalada do enriquecimento ilícito. A primeira regra é evitar a exposição pública da fortuna. Existem entre as últimas gerações de políticos brasileiros , notável capacidade para formarem empresas de sucesso.
Sucesso em família
O ex. governador Alceu Collares separou-se da mulher Antonia em 1987. No dia seguinte a separação, sua ex. mulher denunciou que Collares saíra da prefeitura de Porto Alegre mais rico do que entrou. No seu segundo casamento, sua mulher apresentava uma declaração de bens com 11 itens em que apareciam uma mansão, um apartamento, cinco terrenos e um lote de 450 m quadrados. Ela era apenas uma ex. professora da cidade de Livramento e casou-se na condição de proprietária de 3 terrenos. O que chama a atenção é o descompasso entre o patrimônio e o salário; ela ganha bem menos, e o patrimônio cresce muito mais rápido. Qual o segredo?
Se todo o ano 2% do PIB for retirado dos cofres do governo para fins de suborno e negociatas o país fica mais pobre. Poderia ser usado por ex. para a construção de 1,2 milhões de casas populares, mas em vez disso, o dinheiro da corrupção engorda o patrimônio de empreiteiros inescrupulosos e faz com que políticos fiquem milionários da noite para o dia ( não estamos nos referindo ao governo atual, corrupção sempre existiu). Casos como o de Magri, no governo Collor já foram esquecidos. Rosane Color viu-se as voltas com um conjunto de denúncias documentadas e devastadoras sobre sua passagem como presidente da extinta LBA. O já falecido PC, com a cabeça a prêmio já no início da década de 1990, declarava-se vítima de uma campanha destinada a atingir o presidente. Ele fora tesoureiro da campanha, quando arrancou 100 milhões de dólares para apoiar Collor e continuou na ativa desde a posse do 1º. Tentou intermediar junto ao então presidente da Petrobrás, negocio camarada para Wagner Canhedo, então dono da VARIG. O mundo paralelo da corrupção nada tem a ver com quadrilhas de bandidos mal encarados, ele tem a suavidade de um clube de golfe. Licitações são limpas através de notas frias. Os grandes empresários brasileiros culpam os políticos por sua presença no baile dos ladrões, mas tal visão é hipócrita. A corrupção é como um casamento, que só ocorre quando ambas as partes estão de acordo. O Estado brasileiro já obrigou o contribuinte a pagar impostos extorsivos e a andar a 80 km por hora nas estradas, mas não obriga ninguém a roubar.

Quércia, sucesso nas empresas
Até o início da década de 1990, o ex. governador de SP nunca havia perdido uma eleição e nem deixado de ficar mais rico. Ele começou a vida como fiscal de rendas entre 1961 e 1963, quando se elegeu vereador em Campinas e comprou uma casa. Foi a largada para cargos públicos e patrimônio crescendo : prefeito, comprou 2 terrenos e 2 casas, senador , uma fazenda, vice governador, um terreno e uma fazenda. Em 1987, ao assumir o governo paulista, disse possuir também um apartamento, carros e uma emissora de rádio. Deixando o governo, estava 3 fazendas mais rico e seu patrimônio engordara em 2 emissoras de TV e a participação no jornal paulista Diário Popular.

Baseado em matérias da Veja e Isto É

☻ Mega Opinião – Minorias exigentes


Feministas, negros e homossexuais fazem reivindicações retrógradas e exigem privilégios—As feministas querem ampliar o conceito de estupro e considera-lo crime de gravidade infinitamente maior do que o real. A definição nova inclui o estupro marital e estende-se ao sexual (molestamento ) . trata-se então de todos os homens contra todas as mulheres, já que na dúvida, condena-se o réu. O estupro é tradicionalmente considerado crime hediondo, embora não cause mais danos que outros tipos de agressão. Tal gravidade era em função de concepções morais de honra feminina e que só se confirmavam no caso de “mulher honesta” ( solteira virgem) , casada fiel ou viúva casta, caso a vítima não preenchesse tais requisitos, persistia o crime, mas perdia a gravidade, nesse vago conceito de honra.
__ Os negros vem exigindo não só a igualdade de direitos, como direitos extras dados só a eles como por ex. a implantação de quotas mínimas nas universidades ou empresas, independentemente dos méritos acadêmicos ou profissionais dos candidatos e querem também uma indenização pelos anos de escravidão de seus ancestrais e por terem sidos seqüestrados da África. Culpam os americanos pela escravidão, mas essa já era praticada pelos árabes, em particular o Islã, centena de anos antes da descoberta das Américas e certos países árabes estiveram entre os últimos a aboli-la. Durante séculos, nativos foram capturados escravizados e vendidos aos traficantes brancos, principalmente por outros negros. Parte substancial da população das
Américas chegou após a abolição e além disso, os proprietários de escravos eram classe pequena e restrita.

Comportamento- Homossexualismo
Poucos grupos foram maltratados e humilhados quanto tais de ambos os sexos . Sua conduta é considerada imoral e depois de séculos de vilipêndio, sem direito a resposta é compreensível que tenham sua imagem posta em questão. Sua plena aceitação é quase impossível, mesmo que abolida a discriminação, continuarão constituindo uma minoria á parte, se não vista com preconceito, no mínimo com estranheza. Caso a improvável hipótese seja confirmada, de que os praticantes têm componente genético ou congênito, se verificando através de exames pré-natais, pais heterossexuais poderão optar pelo aborto, já que a maioria preferirá não Ter filhos homossexuais. Eles não podem se contrapor ao aborto e se lhes interessa a vida de uma geração seguinte de homossexuais, terão que arcar com os custos, seja praticando sexualidade reprodutiva, seja financiando bebês de proveta e barrigas de aluguéis.

Droga antidepressiva – Prozac


Em 1992, as vendas mundiais ultrapassaram a marca de 1 bilhão de dólares. No momento da leitura desse artigo, estima-se que 10 milhões de pessoas já tenham tomado Prozac. Desde a década de 1950, as companhias farmacêuticas vêm produzindo um novo antidepressivo a cada 3 anos. O Valium marcou época nos anos 60 e o Prozac, no final da década de 1980. Nos EUA, 70% dos usuários são mulheres, pois o sexo feminino tem mais predisposição biológica. Nos anos 60, o Valium era vendido como panacéia para todos os males. A empresa farmacêutica Lilly&company, sediada em Indianápolis lançou o Prozac em 1987 nos EUA e pouco depois no resto do mundo; 18 meses depois as vendas batiam recorde, atingido em 1989 , trezentos milhões de dólares. Durante 30 anos receitaram-se os tricíclicos, ou inibodores da enzima monoamino-oxidase, com efeitos indesejáveis como sonolência. Já o Prozac tem efeitos mais brandos, mas não está isento; incluindo o desagradabilíssimo e pouco comentado efeito de impotência sexual.

Cosmologia



A luz do objeto celeste BR 1202-07, captada pelos astrônomos, foi emitida quando o universo tinha apenas 7% de sua massa e idade atual. Tal fato vem trazendo inéditas e valiosas informações sobre a infância dos cosmo.
__Choque Cósmico :- O asteróide que teria liquidado os dinossauros há 65 milhões de anos criou vasta cratera, após 10 anos de busca, os cientistas pensavam tê-la encontrado escondida sobre o solo do Caribe.
Mudança no clima de Titã
A Terra não é o único corpo celeste dotado de estações como o verão e inverno, Titã, a maior lua de Saturno, também passa por algo parecido. Foi o que mostrou imagens da sonda americana Voyager, de 1981. Nelas Titã era mais brilhante no hemisfério sul. Uma década depois, imagens do telescópio Hubble revelariam que a lua estava mais brilhante no hemisfério norte, reflexo da mudança da estação.

Mega Notícias – Cuidado com o câncer de pele


Os fatores de risco do Melanoma são : Cabelos louros ou ruivos, sardas grandes nos ombros ; manchas vermelho-escuras na pele após banho de Sol. Pacientes que tenham tido melanoma. Três ou mais queimaduras solares graves na adolescência; três ou mais anos de trabalho ao ar livre.
Produtos cubanos
Cuba é uma ilha famosa por produzir alguns dos melhores charutos do mundo, os habanas , que durante o bloqueio político dos americanos foram disputados a peso de ouro. Têm também grande produção de açúcar, mas um de seus produtos mais procurados é o rum, uma bebida que os colonizadores espanhóis usavam para esterilizar a água dos navios durante travessias oceânicas. Rum e charuto são vendidos a muito tempo no exterior, o 1º, tinha uma embalagem feia, mas foi melhorada.

Planeta Ecológico


O ritmo de 1 bilhão de habitantes adicionais a cada 11 anos é como o tic-tac de uma bomba-relógio prestes a detonar contra a saúde do planeta e das pessoas.
___Efeito estufa, chuva ácida, AIDS, escassez de alimentos, destruição da camada de ozônio, redução da diversidade biológica e das florestas tropicais, tudo faz parte de um grande distúrbio da natureza. Até 1900 cada ano, 80 milhões de novos habitantes são adicionados aos já existentes. A humanidade havia gasto dezenas de milhares de anos para ganhar seu primeiro bilhão de habitantes, fato que ocorreu por volta de 1800, mas a seguir foram necessários apenas mais 130 anos para dobrar o n.º para 2 bilhões, em 1930. Na década de 1990, bastavam apenas 11 anos para se produzir 1 bilhão de pessoas. Se nada for feito, a espécie humana poderá chegar a um beco sem saída, pois não terá um futuro saudável. A eclosão da AIDS e outras epidemias tem uma força que vai muito alem do que imaginavam os especialistas nos últimos anos. Projeções por computador tem indicado que, apesar do tratamento. A doença promoverá uma significativa queda no ritmo de crescimento da população. A fome crônica já afeta 800 milhões de pessoas e talvez venha a se tornar mais aguda onde não é tão grave atualmente. Na África, o fracasso das colheitas, entre outras coisas, levou a morte 5 milhões de crianças. Mesmo que a má nutrição não seja a causa direta , na América Latina, a produção de cereais por pessoas vem caindo desde 1981, num declínio da ordem de 10%. Populações famintas se tornarão um prato cheio para doenças epidêmicas e estas elevarão as taxas de mortalidade. Estatísticas da ONU mostraram que na China a população cresceu 2,2 % entre 1970 e 1975. Controlada, esta taxa caiu para 1,24% entre 1980 e 1985 e 1,19% entre 1985 e 1990. O gasto de água é imenso, mas o consumo por pessoa é pequeno, de cerca de 1/5 do consumo dos EUA. Espera-se a escassez de água em 450 das 644 maiores cidades chinesas por volta de 2010.
O Que são os CFCs?
Trata-se do nefasto clorofluorcarbo, o gás que destrói a camada de ozônio da terra e que o mundo todo está empenhado em banir; mas na prática essa determinação topa com um obstáculo : a falta de um substituto. Na variação da fórmula do CFC conhecido como CFC 123, a nova versão permaneceria apenas 18 meses na atmosfera, diferente dos , capazes de ficar mais de 60 anos mastigando o ozônio.

Mega Notícias – Confrei , erva perigosa


Tabletes e cápsulas feitas de confrei foram retiradas do mercado na Grã-Bretanha, depois que estudos ligaram o consumo do extrato da erva a danos no fígado. Amplamente usado em todo mundo como remédio natural para úlceras e inflamações, as investigações do comitê de Toxicologia do Ministério da Saúde Britânico foram motivadas pela preocupação dos cientistas com os níveis excessivos de certos alcalóides nas raízes e folhas do confrei. No fígado, essas substâncias são capazes de toxinas e trazer problemas para a saúde. Chás e compressas continuam liberados.

Navios – Mastodontes do mar


Após a 2ª guerra mundial, os transatlânticos continuaram sendo construídos e utilizados como navios de linha ainda por 20 anos. Devido aos seus custos exorbitantes, porém, foram depois praticamente colocados fora de serviço. A decadência dos navios como meio de transporte de passageiros foi compensada pelo desenvolvimento nas últimas décadas dos navios destinados ao transporte de mercadorias. Os petroleiros com 500 mil toneladas de porte bruto e comprimento superior a 350 metros. Os superpetroleiros são tão grandes que não podem entrar nos portos. A carga e descarga é efetuada a determinada distância da costa por meio de plataformas flutuantes, as quais chegam as tubulações dos oleodutos . O metaneiro é um navio-tanque no qual, o gás metano é bombeado para os tanques em forma líquida a baixíssimas temperaturas –160ºC. Os containers são grandes recipientes de metal com formato de paralelepípedo e um volume padrão de cerca de 36 metros cúbicos onde as mercadorias são colocadas. Existem ainda os rebocadores, os quebra-gelos, os lançadores de cabos dragas e navios de pesquisa oceonográficas, dos quais, o mais famoso é Glomar Challenger.

Um navio de 7.000 toneladas de deslocamento líquido possui um espaço interno teoricamente aproveitável em sua totalidade de 700 mil pés cúbicos . Navios fluviais com rodas d’água foram as 1ªs embarcações no início do século 19, sistema revolucionário para a época, era de propulsão, por meio de um motor a vapor. O protótipo foi o piroscapo, projetado pelo francês Claude-Fraçois, um marquês. Em 1783, navegou contra a corrente por um pequeno trecho do Rio Saone, perto de Lyon. Sua invenção, porém, ficou totalmente esquecida e foi necessário ficar 24 anos para que o navio vapor começasse a se impor definitivamente como meio de transporte. O mérito deve-se ao americano Robert Fulton (1765-1815). Em 1807, o seu Clemont, de 50m e com rodas d’água subiu pelo Rio Hudson e completou a circunavegação de NY, provando a viabilidade dos navios a vapor. A partir daí, navios invadiram os rios dos EUA, sobretudo o Mississipi , transformado-se no símbolo de uma época que é freqüentemente recordada em filmes de aventura.
Navios de guerra
O porta-aviões Enterprise, lançado no mar em 24/9/1960 é uma verdadeira ilha flutuante, medindo 335,75M de comprimento e 77 m de largura. Transportava 120 aviões e sua pista de vôo eqüivale a 1,82 hectares de superfície. Tem tripulação de 4600 homens e pode viajar por 5 anos ininterruptos sem fazer escala para se abastecer de combustível; o vapor para as 4 turbinas é fornecido por 8 reatores nucleares e uma turbina aciona uma hélice de 6,31m de diâmetro. Freqüentemente as hélices dos navios são feitas de bronze ou manganês e possuem pás muito largas e também alcançam enormes dimensões: alguns superpetroleiros tem hélices de 9 metros de diâmetro, que pesam 58 toneladas. O número de hélices varia de uma para cargueiros, 2 para alguns transatlânticos e 4 para porta-aviões nucleares. Turbinas a vapor e motores a óleo diesel são os principais tipos de motores utilizados para acionar as hélices dos navios. O vapor das turbinas é produzido geralmente em caldeiras que queimam nafta, enquanto navios militares, a fonte de calor é um reator nuclear. Os motores náuticos mais difundidos são os diesel, geralmente de grandes dimensões e muito potentes (2 mil CV por cilindro). Também existem os equipados com turbo compressor em seus cilindros forçando o ar por um compressor, movimentado por uma turbina acionada pelos gases da descarga do motor.

Mega Notícias-A redescoberta do vento


A necessidade de reduzir o consumo dos recursos esgotáveis de energia como carvão e petróleo, está originando um novo interesse pelos navios á vela. Na universidade de Michigam EUA, foi elaborado um projeto de navio de carga á vela que reúne a qualidade dos velhos veleiros e as vantagens da moderna tecnologia. O navio de comprimento superior a 200 metro, pode transportar em seus 6 porões, 45 mil toneladas e possui 7 mastros, cuja a altura máxima chega a 100m. As velas são reguladas automaticamente, conforme a direção e a intensidade do vento, por um computador. Pode manter uma velocidade constante de 11 a 14 milhas horárias e é equipada com um motor auxiliar a óleo diesel que entra em funcionamento quando o vento não está soprando com força suficiente.

Zoologia – Dentista de baleia


Três toneladas de peso, cerca de 50 dentes e um canal danificado com 8cm de profundidade e 4 de largura. São essas as medidas do mais novo desafio de um dentista londrino, uma orca de 10 anos. Ele é especializado no tratamento de animais exóticos, e foi convidado para obturar um dente quebrado da baleia injustamente chamada de assassina. A direção do Zoo resolveu tentar a obturação depois de constatar que o nervo já estava morto e o animal não sofreria nenhum tipo de dor. Com a ajuda de um treinador que persuadiu a paciente a ficar de boca aberta, o dentista pode limpar a gigantesca cavidade, que ficou vedada por curativos que eram trocados diariamente. O canal foi depois o canal será preenchido com material odontológico e encapa-lo com o mesmo tipo de amálgama usado no tratamento de humanos.

Mega Notícias – Átomos na mira da agulha


O Brasil já construiu sua máquina de ver átomos. A UFRJ desenvolveu uma máquina onde não é a agulha que se move sobre o material e sim o contrário. A amostra é colocada sobre 3 tubos móveis presos em um suporte. Para aproxima-la da agulha, os tubos realizam um movimento de rotação, e depois transportaram-na para frente e para trás, a fim de ser feita uma leitura enquanto a corrente elétrica passa entre os tubos e a agulha. As principais aplicações serão a caracterização de novos materiais, o estudo de reações entre metais e semicondutores e análise da corrosão.
Arqueologia – Ossada Imperial – Crânios e pedaços de ossos
enviados a laboratórios ingleses vão dizer se 5 esqueletos encontrados em uma cova na Rússia, são mesmo do Czar Nicolau II e sua família. A polêmica em torno das ossadas vem desde 1991 quando um geofísico encontrou uma sepultura, perto de uma vila onde teria se refugiado o monarca russo ao explodir a revolução russa em 1917.
De certo mesmo existem descendentes da família real na Inglaterra. Os ossos serão agora comparados com amostras de tecidos e sangue para se estabelecer se são de fato do Czar.

Entendendo o Sono


Um conjunto de medidas das atividades corporais mostrou que o sono acontece em ciclos e o cérebro trabalha intensamente para efetuar tarefas possíveis apenas enquanto estamos roncando. Durante 8 horas há 4 ciclos que têm 1,5h a 2h. Cada ciclo se subdivide e 3 estágios. O primeiro, sono ligeiro, lento, faz a transição da vigília. O 2º sono ligeiro e profundo, restaura funções do corpo relacionado com a atividade física: após um dia de ginástica por exemplo, sua duração tende a aumentar. O corpo se repara para o dia seguinte como em uma oficina comandada pelo cérebro. Esse, manda o pâncreas liberar pequenas quantidades de hormônio de crescimento, que favorece o desenvolvimento dos músculos e ossos e ajuda a restaurar tecidos danificados. O último estágio é conhecido como paradoxal. Acordar alguém nessa fase é dificílimo. Uma característica é que os olhos se mexem freneticamente, fenômeno batizado de REM, que é maior após um dia de atividade intelectual intensa. Provavelmente o cérebro recupera a si próprio e algumas de suas regiões ficam mais ativas. A serotonina está ligada ao sono lento; a acetilconina a fase de REM; a noradrenalina e a histamina fazem despertar e a dopamina ativa em todos os períodos. Nós sonhamos no sono paradoxal. Não se sabe a razão, mas 95% das pessoas acordadas nessa fase lembravam de seus sonhos, enquanto apenas 10% os recordava quando despertadas em outro momento. Exceto golfinhos e tamanduás, todos os animais superiores sonham. Os tamanduás teriam o cérebro primitivo demais, já os golfinhos, embora inteligentes, nunca atingem a fase REM. Precisam controlar os movimentos e a respiração para não se afogarem.

O Everest ainda Reina


Everest, ainda é o topo do mundo

Matéria em revista científica do mês de outubro de 1987 afirmou que por irrisórios 11 metros, o monte Everest cuja conquista em 1953 por uma expedição inglesa rendeu manchetes falsas no mundo inteiro, de que teria sido destronado de pico mais alto da Terra. Cientistas da Universidade de Washington , trabalhando em com base em fotos de satélites refizeram contas que parecem verdades tão eternas como as neves do Himalaia na fronteira com o Nepal e a China. Concluíram que o ponto culminante seria o monte K2, da cadeia do Cancoran, que separa a china do Paquistão. Mas a hegemonia não foi mantida, pois as mesmas técnicas de medição que o elevaram a primeiro lugar foram utilizadas para recalcular o Everest.

Nenhum Sinal de Planeta Novo


Marte é o mais próximo depois de Vênus e durante muito tempo alimentou a esperança de ter vida. As 4 primeiras sondas americanas da série Mariner ( 4,6,7 e9) enviaram fotos de tempestades de poeira e satélites já identificados antes. As Viking I e II, também americanas pousaram em 1976 na superfície do planeta analisando seu solo. As soviéticas da série Vênus também pousaram lá. Em 1985, a NASA divulgou que em Marte existe um vasto lençol de água subterrânea. Sua temperatura varia entre -139°C nos pólos e 22°C nas áreas equatoriais. Há calotas polares ao norte e ao sul, constituídas de CO2 sólido (gelo seco) e gelo comum. Ventos deslocam grande quantidades de poeira e areia. O veículo mais veloz á disposição do homem atualmente é capaz de percorrer pouco mais de 40 mil km/h, atingindo Vênus em pouco mais de 1 mês, Marte em 2 meses e Mercúrio em menos de 3 meses. A mesma nave levaria 2 anos para ir até Júpiter, 4 para atingir Saturno, 10 para Urano, 15para passar Netuno e mais de 20 para alcançar Plutão.
Dificilmente será encontrado o tão esperado planeta escondido além de todos os outros corpos do Sistema Solar. Procurou-se um desvio na órbita de Urano, que deveria ser afetado por tal corpo celeste, se ele existisse. Não há sinal disso. Urano vem seguindo fielmente sua rota por mais de 160 anos, desde 1833. A massa de Netuno é 0,5% menor do que se imaginava, conforme mostrou a sonda Voyager 2 em 1989. Netuno também não se afastou de sua órbita desde que foi avistado em 1846. Outra forte evidência negativa vem do satélite IRAS, que mapeou 70% do céu em busca de fontes de calor, entre as quais deveria estar o novo planeta. O fato de não ter sido achado foi um balde água fria na expectativa de que possa existir.

Biologia – A Ótica Cerebral


Há no mínimo 25 maneiras de enxergar o mundo e todas elas se unem para produzir uma única imagem da realidade. O fato de uma banana parecer amarela e uma cereja parecer vermelha é uma questão que mobiliza em torno de 2 mil pesquisadores no mundo inteiro. Os neurônios não erram. As células das áreas visuais do cérebro se comunicam por meio de um código secreto. Tentativas para compreender a rede de transmissão cerebral faz parte de um estudo chamado neurociência. As evidências de que a visão não tinha um único endereço no sistema nervoso central surgiram no início da década de 1970, com experiências usando macacos, realizadas por 2 equipes. Instalando eletrodos no cérebro de animais, para monitorar a atividade elétrica de suas células. A conclusão foi que assim como os símios, o sistema nervoso do homem também separa cores, movimentos e formas na hora de interpretar una imagem. Restava saber se no homem as áreas se situavam na mesma posição do cérebro dos macacos. A resposta afirmativa só foi possível com o desenvolvimento da tomografia de emissão de pósitrons. As últimas pesquisas concluíram que o cérebro tem uma coleção de imagens, dispostas numa seqüência.
Respiração Afrodisíaca
A busca por um afrodisíaco definitivo pode chegar ao fim e o segredo está no oxigênio. Alguns cientistas descobriram que o gás é importantíssimo para a ereção masculina, graças ao seu poder de incentivar a produção de óxido nítrico. Normalmente quando um homem recebe estímulo sexual, as células dos nervos e vasos do pênis sintetizam óxido, substância que ajuda a relaxar os tecidos esponjosos para que se encham de sangue. Feito isso, as veias se contraem e impedem a saída do líquido, levando á ereção. Em quase todos os casos estudados percebeu-se que a variação do oxigênio e do óxido nítrico acontecia em proporções iguais. Alem disso, níveis baixos de oxigênio parecem inibir a síntese de nítrico, o que explica por que problemas de diabetes e fumo em excesso, que impedem a chegada de gás ao membro, podem causar impotência.

Física – Fusão Nuclear a Frio (?)


Anunciada a alguns anos como a maior descoberta do século 20, a fusão a frio tornou-se rapidamente uma frustração. Por mais que se tenha tentado, não foi possível comprovar as experiências originais de autoria dos americanos Martin Fleichman e Stanley Pos , ambos da Universidade de Utah. Mas alguns cientistas nunca se conformaram com o fracasso. Com modesto equipamento, reações nucleares que só ocorrem a quente, no coração do Sol ou por força de uma temperatura de 10 milhões de graus. As infrutíferas investigações subsequentes destruíram a euforia inicial, mas sem descartar totalmente a idéia. Um físico californiano levou quase 4 anos para realizar 38 experiências, assegurando assim que não havia erro na montagem dos aparelhos ou na leitura dos instrumentos de medida. Chegou a conclusão de que obteve mais energia do que gastou. O que espanta é a hipótese de reações nucleares sem violência, afinal para promover a devastadora fusão de uma bomba de hidrogênio é necessário antes explodir uma bomba atômica comum, que funciona por fissão e não por fusão nuclear. Na bomba atômica quebram-se os núcleos do urânio, que são instáveis e por serem grandes escapam com velocidade ao colidir com núcleos vizinhos aceleram sua quebra. Nas bombas H o núcleo de hidrogênio não se quebram, em vez disso tem que ser colados uns nos outros. A fusão arranca 40% de energia estocada nos núcleos, enquanto a fissão só 10. O obstáculo a hipótese da fusão a frio é a ausência de resíduos. Na experiência não houve a emissão de nêutrons, o que deve ocorrer nas fusões.

Mega Notícias – Robótica – Piloto automático


Os viajantes de Pittsburg a Chicago levaram um susto: um caminhão do exército foi visto a 90 km por hora sem ninguém no volante, tratava-se de uma dupla de robôs. Um monitora a rua com câmera e sensor laser e sempre que detecta algo fora de padrão como buracos ou pessoas atravessando entra um outro em ação que julga para onde desviar e quando desacelerar. Criados para uso militar ainda comentem muitos erros, como confundir faróis que vem em sentido contrário, mas os problemas já eram esperados, afinal , principiantes estão sujeitos a barbeiragem.
Megabyte Memória – Você se lembra da chegada do Pentium?
Filho de uma nova geração de microprocessadores da Intel e sucessor da família dos i486, lançado no início da década de 1990 e era 5 vezes mais rápido que o antecessor, com 3 milhões de transistores contra 1,2 milhão do i486. Trazia um novo fôlego para tarefas pesadas como a computação gráfica e a grande novidade era simular 2 processadores, um princípio da paralelização. Mas logo ficaria obsoleto, como veríamos adiante.

Automóveis – Inovações


Ao longo dos anos, tem coexistido automóveis que empregam 2 sistemas diferentes de tração : aplicada ao eixo dianteiro e ao traseiro. Embora os tração traseira superem numericamente os de dianteira, que dá maior rendimento e estabilidade. Em motores transversais o virabrequim gira no mesmo sentido do eixo das rodas, permitindo maior rendimento. Os tradicionais freios a tambor vem sendo substituídos desde a década de 1950 pelos freios a disco, que constituídos por um disco metálico acoplado a roda, sobre o qual atua uma pinça dotado de pastilhas, proporcionam forte atrito quando o pedal dos freios é premido. O sistema permitiu ainda novos aperfeiçoamentos, como a duplicação das tubulações por onde passa o líquido que transmite a ação do pedal aos freios e mesmo que um dos circuitos esteja danificado, a freagem é assegurada. Os pneus do tipo radial revelaram-se mais eficazes. As telas de náilon são sobrepostas paralelamente, colocando-se um cinturão de reforço de matéria têxtil ou metal, entre elas e a camada externa da borracha. Tal pneu é compacto e resistente, tendo grande capacidade de aderência. A crise mundial de petróleo, iniciada em 1973 provocou muitas mudanças de rumo na indústria automobilística. Com aumento no preço da gasolina e riscos de racionamento, impuseram 2 prioridades: criar autos com baixo consumo e pesquisar formas de energia capazes de substituir os derivados de petróleo. No Brasil tentou-se viabilizar o álcool de cana como alternativa em motores a ele adaptados, enquanto passou-se a adicionar álcool á gasolina normal.
A Difusão do Automóvel
Até o final da década de 1920 existiam nos EUA numerosos fabricantes de automóveis. Deles permanecem hoje apenas 3 : Ford , General Motors e Chrysler, todos com fábrica principal em Detroit, no estado de Michigan, e muitas filiais em numerosos países. Outros grandes fabricantes são Alemanha Federal, França, Itália e Japão. No Brasil a indústria automobilística começou em 1956, no município de S. Bernardo do Campo em S. Paulo, atualmente em declínio, mas ainda se encontram as maiores marcas. No município de Betin, próximo a BH em Minas, instalou-se a Fiat. Os automóveis sofreram profundas modificações na parte mecânica e no aspecto exterior. Devido a crise do petróleo e aos problemas de espaço nas grandes cidades, ultimamente tem havido preferência por modelos compactos e motores de baixo consumo.
Breve História do Automóvel
Começou em 1771 na França, quando Nicolas Joseph Cugnot usou um motor a vapor para movimentar um veículo sobre 3 rodas. O grande passo desta história, porém foi dado em 1876 pelo alemão Otto, que construiu no 1º motor de combustão interna de 4 tempos. Dez anos depois outros alemães, Karlz Benz e Gottlieb Daimler, usaram o motor de Otto em 3 carruagens de 3 ou 4 rodas : os primeiros automóveis com o processo de fabricação da era artesanal. Tais veículos demoravam muito para serem montados e custavam muito caro. A situação só se alterou a partir de 1908, quando o americano Henry Ford introduziu o sistema de linha de montagem, permitindo a produção em massa de automóveis a custo reduzidos. Os carros se tornaram um bem de consumo
largamente difundidos.