Exercício contra o câncer


Praticar atividade aeróbica faz bem para o coração. Agora está provado que é bom também contra o câncer. Uma pesquisa universitária feita em Alberta, EUA, concluiu que pacientes com a doença que se exercitam regularmente têm mais força muscular e uma qualidade de vida melhor em relação aos que não se exercitam.

Emoções demais atrapalham – Tanto que doentes cardíacos vulneráveis a gangorraemocional têm 4 vezes mais chance de sofrer uma isquemia, do que os mais equilibrados.

Depressão causa 1 milhão de suicídios por ano


Segundo a OMS

O problema é tratado como de saúde pública e aumentou em 60% comparado a anos anteriores. Países do leste europeu lideram atualmente as estatísticas coma Lituânia, ex república báltica, vindo a seguir a Estônia, Rússia, Letônia e Hungria. Especialistas relacionam o fenômeno á falta de perspectiva da população, a partir de mudanças econômicas ocorridas com o fim da União Soviética. China e Índia são responsáveis por 20% dos suicídios do planeta. O número já é superior ao de vítimas de conflitos armados e acidentes de carros, outro problema preocupante.

Genética – A Conclusão do Projeto Genoma


Poderá trazer novas espécies Humanas

Uma vez que a humanidade tenha aprendido a manipular seus genes com segurança, as pessoas começarão a adicioná-los e apagá-los, na busca pelo aperfeiçoamento. Diferentes tipos de ser humano surgirão. Tal assunto vêm causando debates. Há prós e contras. Se uma infecção global atingir o mundo todo, a humanidade poderia ser salva, implantando-se resistência á doenças em células germinativas, entretanto, como garantir igual acesso entre ricos e pobres ao melhoramento da inteligência?
O esforço foi momumental: sequenciar 3,1 bilhões de pares de “letras químicas”, que compõesm o DNA humano e é um grande evento na história da humanidade. Agora resta a ciência saber ler essas informações que foram decifradas. Seria como se um arqueólogo encontrasse uma enciclopédia produzida por uma civilização antiga, escrita num idioma indecifrável. Ainda serão necessários muitos anos de pesquisa até que se tire proveito de tudo isso. A eletricidade demorou também para ser usada, após a sua descoberta. Ao todo, o trabalho envolveu mais de mil pesquisadores em 20 países, custando em torno de 3 bilhões de dólares. Manipular o código genético sempre foi tarefa difícil. O ácido desrribonucléico, o DNA é a molécula que guarda todas as informações codificadas na forma de genes. Sendo uma estrutura colossal. Compactado dentro do núcleo celular, em 23 pares de cromossomos. Se fosse retirado da célula e desenrolado, formaria um filamento de quase 2 metros. A descoberta da estrutura do DNA, em 1953, marcou o início da genética moderna. Apenas uma ínfima parte do Genoma é formada por genes. O restante é uma sopa de letrinhas que, acredita-se não fazer sentido. Estima-se que em nosso organismo seja codificados 1 milhão de proteínas. O que é preciso fazer agora é ligar essas substâncias aos genes que as produzem, localizando-os corretamente no genoma e descobrindo como é o processo de codificação. Isso permitirá corrigir os casos de mau funcionamento genético, evitando doenças. A estimativa mais otimista é que demore uns 50 anos para a realização desse trabalho. Tal processo não poderá contar com a ajudo dos computadores. As máquinas são incapazes de apontar em quais regiões da fita de DNA estão os genes. A farmacogenômica começa a produzir medicamentos com base nas ferramentas descobertas com o estudo do Genoma. Em 1999, a indústria farmacêutica investiu 9,7 bilhões de dólares em biotecnologia. Estima-se que o mercado farmacêutico cresça dos atuais 500 bilhões de dólares para mais de 3,2 trilhões com novos medicamentos até 2020. Já foram listadas 11.700 alterações genéticas no homem que podem levar a doenças graves, como o câncer.

A Máquina de fazer Big Bang


Trata-se de um acelerador de partículas, o LHC, com o qual se pretende desvendar os mistérios do nascimento do universo. É um túnel de 27 km de extensão, construído a 100 metros de profundidade na fronteira entre a França e a Suíça, onde feixes de prótons se colidem numa velocidade próxima a da luz. Foi um projeto que demorou 24 anos e consumiu 8 bilhões de dólares, bancados por um consórcio de 8 países. Vários já foram construídos, o primeiro deles na Califórnia em 1931 e tinha apenas 30 cm de comprimento. Quando ocorre o choque entre os feixes, a energia se converte em massa, adquirindo energia equivalente a um trem de 400 toneladas viajando a 150 km/h. Cada colisão produz milhares de outras partículas, analisadas por 4 enormes detectores. A partícula que mais desperta a curiosidade é o bóson de Higgs, que na teoria explicaria o surgimento da matéria no universo. O caminho de descobertas espetaculares foi aberto.

Radiação para o coração


Radiação para o coração

Angioplastia – Alimentação inadequada, sedentarismo, predisposição genética e outros fatores levam ao acúmulo de placas de gordura nos vasos que irrigam o coração.

As placas de gordura causam uma estenose (estreitamento do vaso), dificultando a circulação do sangue. quando a obstrução ultrapassa 70% é feita a operação.

Um cateter é introduzido a partir de uma incisão no braço ou na virilha e guiado até o local da estenose.

  • Um pequeno balão na ponta do cateter é inflado até atingir o diâmetro do vaso. A pressão exercida pelo balão quebra as placas de gordura em pedaços.Um tratamento pós-operatório com radiação, remove a capacidade das células de se reproduzirem, o que limitaria a capacidade de reobstrução do vaso.

Mega Massacre – Negligência no mundo desenvolvido permitiu genocídio na África


Em 1994 os presidentes Hutus de Ruanda e de Burundi foram mortos por um míssil que atingiu o avião que viajavam. Apesar da autoria do ataque ser desconhecida, o governo ruandês identificou seu inimigo e lançou uma intensa campanha de acirramento de ódio racial que culminou em 7 de abril com a conclamação da população em dizimar seus rivais étnicos, os tutsis, e os hutus moderados que se opunham ao uso da violência. Cerca de 1 milhão de pessoas foram mortas, a maioria a golpes de facões e clavas desferidos por civis. Há indícios que os principais governos mundiais sabiam da iminência do conflito, mas não tomaram providências.

Mega Byte – Ligações Perigosas


Cronologia de vírus famosos

Morris, novembro de 1988 – Multiplicou-se velozmente, engarrafando o tráfego na Arpnet do Pentágono.

Miguelangelo – Março de 1991- atacou no dia do aniversário do artista, apagando discos rígidos no mundo inteiro.

World Concept, agosto de 1995 – Não causava estragos, mas foi o mais conhecido.

Wazzu – Junho de 1996 – Por razões conhecidas apenas por seu criador, tal vírus incluía essa palavra nos textos e documentos.

Melissa – Março de 1999 – Prometia acesso a um website pornográfico. Ao abri-lo, o usuário infectava as primeiras pessoas de sua lista de endereços eletrônicos. Um milhão de PCs podem ter sido infectados.

Chernobyl – Abril de 1999 – Apareceu no aniversário do desastre nuclear em Chernobyl e destruiu os chips e softwares em milhares de computadores que operavam com Windows.

Explore.zip – Junho de 1999 – Apagava arquivos nos discos rígidos dos PCs e depois aumentava o estrago usando o correio eletrônico para fazer novas vítimas.

Bubleboy – Novembro de 1999 – Um novo tipo de vírus que chegava na forma de e-mail, sem nenhum anexo. Bastava ler para se infectar.

O vírus do amor – Maio de 2000 – Trata-se de uma variação do Melissa e se espalhou mais depressa do que qualquer outro e causou danos nunca vistos antes. Mutações dele também surgiram. Outros hackers editaram seu código e reintroduziram na Internet causando ainda mais confusão. Versões como FWD: joke = piada, outros como confirmação do pedido de dia das mães ou ainda, “alerta de vírus perigoso”. A mensagem dizia eliminar vírus e era o oposto. A Internet congrega pessoas que se dedicam a criação e ao aperfeiçoamento de vírus. A prisão do responsável não impedirá a ação de outros hackers. Todas as leis do mundo não evitarão que um garoto de 12 anos faça a mesma coisa.

Mega Byte – Dicas para se proteger dos vírus


Não abrir e-mails de estranhos ou anexos que não esteja esperando, principalmente com extensões exe.

Fazer um back-up de arquivos importantes.

Instalar programas anti-virus recentes. Embora tenhamos citado alguns num capítulo anterior, rapidamente eles ficarão obsoletos, atualize-se.

Pouco amor e muita guerra » Chegando em forma de e-mail, o vírus se apresentou com as palavras I Love You e um documento anexado. Basta clicar 2 vezes para ativar o sistema. A popularidade do Windows, utilizado em 9 a cada 10 computadores no mundo faz com que os PCs sejam alvos preferenciais de quem usa o Outlook Express, cada vez que mandar um e-mail ou se conectar a Internet, o vírus se multiplicará. Instalando-se no disco rígido ele infecta o sistema operacional que controla o Windows, produzindo cópias de si mesmo e atacando arquivos como fotos e músicas. Ele modifica também a página do Internet Explorer criando uma nova home page para o browser, roubando senhas. Envia cópias de si mesmo mandando e-mails infectados ou contaminando as salas de bate papo.

Um esterco energético


Já está em plena atividade uma usina elétrica capaz de abastecer até 80 casas com energia barata gerada por um combustível natural, barato e menos poluente que o carvão: o esterco de galinha. Com um consumo diário de 500 toneladas do adubo ela funciona como uma unidade á carvão: o produto é queimado, o calor ferve a água dos reservatórios e cria vapor para movimentar as turbinas. Como a combustão é feita a 800 °C, a temperatura alta elimina tanto a matéria orgânica quanto o mau cheiro. Além disso, as cinzas são reaproveitadas como fertilizante e a emissão de ácido sulfúrico é 5 vezes menor. Outra vantagem é que o sistema elimina um antigo problema: a liberação do gás metano, um dos causadores do efeito-estufa, pelo esterco estocado ao ar livre.

Mega Byte – Vírus I Love You – Amor só no nome


Tal vírus se escondia atrás das palavras I Love You, mas não tinha nada de amoroso. Criado nas Filipinas, paralisou computadores do mundo todo, atrapalhando atividades de grandes empresas e alterando a rotina de governos. Ele mostrou que a Internet ainda não conta com um sistema imunológico seguro. Centenas de milhares de computadores foram atingidos, provocando um prejuízo de 10 bilhões de dólares, se contado o número de horas se paralisação nas empresas. Ele deu a volta ao mundo em 2 horas. Na Alemanha, administradores se sistema de um jornal de Hamburgo assistiram horrorizados a destruição de mais de mil fotografias digitais do arquivo. Caixas eletrônicos foram temporariamente desativados na Bélgica. Nem a Microsoft conseguiu escapar. O Departamento de Defesa Americano também foi afetado, com 4 sistemas de correio eletrônico contaminados.

003 – Mega Byte – Os vírus estão chegando


Eles vêm via Internet e podem contaminar milhões de computadores. Há programas que dão razoável proteção, mas precisam de constantes atualizações.

Mcafee Clinic http://www.macafee.com da Network Associates é um serviço de proteção on line que pode ser testado gratuitamente por 2 semanas e promete atualização automática contra vírus e oferece ferramentas para melhorar o desempenho do micro.

Zone Alarm 2.1 http://www.zonealarm.com da Zone Labs, trata-se de um fire wall, programa que dificulta o acesso de intrusos ao micro, gratuito para usuários domésticos, fácil de instalar e configurar. Mas a proteção não é total. Mas existem diversas outras empresas.

Estima-se que o número de caixas postais na Internet seja de 3 bilhões. Desde 2001 o crescimento anual médio é de 100% e a Internet tem se popularizado, inclusive no 3° mundo.

Nutrição – Massas


Existem mais de mil tipos diferentes de macarrão. Os cereais em geral são responsáveis por 80% de todas as calorias consumidas pela humanidade. Quase a metade delas corresponde ao trigo, que ocupa nada menos que 2/5 das terras agricultáveis destinadas aos grãos. O macarrão nasceu de uma espécie intermediária abundante nos arredores do mediterrâneo desde o levante dos fenícios. O aventureiro veneziano Marco Pólo não tem a mínima responsabilidade na descoberta. O explorador viveu entre 1254 e 1324 e cita em seu livro II Milione uma pasta que lhe ofereceram, mas que não se usava farinha de trigo em sua composição. A palavra macarrão significa achatar ou esmagar.

Abelhas Alcoólatras


Uma pesquisa australiana chegou a conclusão que as abelhas também se embriagam. Se elas não controlarem as condições de umidade e calor dentro da colméia, o néctar que é composto também de açúcar, sofre um processo de fermentação e se transforma numa solução parecida com o hidromel, uma bebida feita por povos da antiguidade. Assim como entre os homens, na organização social de uma colméia, as abelhas que se entregam ao álcool são marginalizadas.

Pesquisa Pró Silicone


Proibido nos EUA após uma controvérsia em 1991 sobre sua ação cancerígena e inflamação, o gel de silicone foi estudado em Campinas pela Unicamp e a conclusão foi a de que além de não migrar para outras regiões ou órgãos como acontecia com o silicone líquido, o gel causou inflamação em só um dos 34 ratos da experiência. Mas é preciso cautela. A ausência de complicações no estágio laboratorial não esgota a investigação sobre o material.

Observatórios Primitivos


Os povos primitivos, embora não tivessem desenvolvido instrumentos como a luneta, aprenderam a observar o céu a olho nu. Os astecas que habitavam o México entre os séculos 14 e 16, costumavam observar o zênite, o ponto mais central do céu, para conferir a cada 52 anos se as plêiades estavam ali. Os maias do sul do México, Guatemala e Honduras, chegaram a registrar por escrito, posições e órbitas de estrelas e planetas. Um observatório era chamado Caracol dos Maias pelos espanhóis por ter uma escada com esse formato. Os índios pueblos, do estado do Novo México, nos EUA faziam suas medições astronômicas utilizando monumentos de pedra por eles construídos. Círculos de pedra foram localizados na Inglaterra no norte de Stonettenge. O principal círculo têm pedras de até 60 toneladas, transportadas ao que se presume, ao longo de muitos quilômetros, em trenós de madeira puxados á corda. Para os trenós passarem, centenas de árvores precisaram ser derrubadas numa área densamente florestada. Foi um trabalho de Hércules. Em 1938, 12 homens recolocaram na posição original uma pedra de 8 toneladas, para tanto, gastaram 5 dias, mesmo com cabos de aço. Avebury deve ter mobilizado sucessivas gerações até ficar pronta. Sua finalidade permanece um mistério.

Morcegos


Trata-se de uma das ordens mais bem sucedidas do planeta, depois do homem e dos roedores, tendo representantes e dos roedores, tendo representantrecedidas do planeta, depois dos em todo o globo, exceto regiões árticas. São mamíferos voadores. Os morcegos frugívoros, durante o dia, dormem em galhos de árvores de cabeça para baixo. Nutrem-se de frutos, podendo danificar pomares e frequentemente aparecendo em grandes bandos. Tem também os insetívoros e os hematófagos. O radar lhes permite orientação no escuro. A espécie hematófaga têm caninos grandes que usam para picar vasos sanguíneos de cavalos, gado e eventualmente o homem, transmitindo raiva, cujo vírus podem ser portadores. Recentemente foi derrubada a hipótese de que seriam primatas voadores.

Evitando a morte súbita de bebês


Nenhum bebê com menos de 6 meses deve ser deixado de bruços no berço. Essa foi a constatação de uma associação americana que combate a morte súbita de bebês. Tal posição aumenta em 67% o risco por falta de respiração durante o sono. Ao divulgar esse dado, eles imitam o exemplo de outros países. Na Nova Zelândia, uma campanha semelhante reduziu a incidência de 6,3 casos para 1,3 a cada mil bebês. Na Inglaterra, clínicas pediátricas distribuíram folhetos explicando qual a melhor posição para os bebês dormirem, que é de barriga para cima. As ocorrências de morte súbita caíram pela metade.

África e Vacinas


Os chimpanzés são a provável fonte animal do vírus da AIDS; se um animal infectado tivesse sido usado para a produção de vacinas, estas poderiam ter sido contaminadas. Entre 1957 e 1960 a Chat foi testada em mais de 1 milhão de africanos, exatamente nas regiões em que a AIDS posteriormente adquiriu proporções epidêmicas. Ainda não se sabe ao certo onde foram preparadas tais vacinas aplicadas na África. A Klebsiella é uma bactéria normalmente inofensiva, mas se torna virulenta nos HIV positivos, especialmente na África e nos primatas que sofrem de AIDS símia. O vírus SV 40, o que pode causar câncer, foi descoberto em 1960 em rins de macacos Resus. Não foi o primeiro, mas o quadragésimo vírus contaminador descoberto apenas entre os macacos. A maioria dos cientistas é favorável á teoria de que a AIDS chegou á humanidade por meio de um corte ou arranhão ou lesão num caçador que consumiu um chimpanzé. A AIDS é uma doença antiga, que se manifesta esporadicamente no ser humano, e que anteriormente acabava por desaparecer como o vírus do ebola. A expansão acelerada da urbanização, a promiscuidade sexual, o barateamento das viagens a longa distância, guerra e registros médicos teriam se combinado para transformar uma infecção até então esporádica numa pandemia global.

Doação de órgãos – Não há estrutura Médico- Hospitalar para captação de material


Pelo menos em 10 estados. O Brasil tem aproveitado apenas 30% dos órgãos dos doadores. Apesar do número recorde de transplantes contabilizados pelo governo federal, o que é um dado positivo, o desperdício ainda é de 70% de órgãos, resultado da falta de estrutura para a captação, anos depois da aprovação da lei de doação, além é claro, dos casos de contra-indicação médica.

Globalização – Bom só para o clube dos ricos


Globalização – Bom só para o clube dos ricos

Os países ricos atraem com melhores salários profissionais de ponta formados em países em desenvolvimento

São engenheiros, médicos, profissionais em informática, professores ou economistas e vêm da África, América do Sul ou Ásia. O fenômeno é motivo de preocupação para especialistas. Segundo a ONU, quase 100 mil diplomados africanos trabalham em países do Hemisfério Norte; quase 1/3 da mão de obra qualificada do continente. Em meados dos anos 90, uma enfermeira em Manila (Filipinas) ganhava 140 dólares por mês. Se fosse trabalhar nos EUA poderia ganhar 3 mil dólares, Resultado: 3 mil enfermeiras filipinas deixam seu país a cada ano. Na Índia, os países desenvolvidos vão até lá para atrair os profissionais de informática formados no país, com isso, 40 a 50% dos diplomados vão para o exterior. Os países menos desenvolvidos estão perdendo um precioso fator de desenvolvimento. Trata-se de uma concorrência injusta e não de um simples mecanismo de oferta e demanda de empregos qualificados.